Saúde para Todos
O Ministério da Saúde adverte:

 
Atendimento para Síndrome de Down

Desde abril deste ano, o HRAN – Hospital Regional da Asa Norte – disponibiliza um centro de tratamento e cuidado especial para os portadores da Síndrome de Down do DF. No primeiro centro especializado do Distrito Federal, a assistência é completa, interligando as várias especialidades necessárias.

Adultos e crianças portadores da síndrome recebem assistência interdisciplinar de profissionais como fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, neurologistas, cardiologistas, nutricionistas, pediatras e fisioterapeutas. Segundo a coordenadora do CRIS Down (Centro de Referência Interdisciplinar em Síndrome de Down), Moema Arcoverde Bezerra, além dessas especialidades, a psiquiatria e a psicologia também são oferecidas aos pacientes que as solicitam.

  

 
Ajuda para deixar de fumar
A Secretaria de Saúde do DF em parceria com o Ministério da Saúde e o Instituto Nacional do Câncer disponibiliza um tratamento eficaz para aqueles que desejam parar de fumar. Em 2012, segundo o coordenador do programa, Celso Antônio Rodrigues, das 5.501 que buscaram ajuda, 3.501 abandonaram o vício.

O Programa Antitabagismo funciona em 64 Centros de Saúde com profissionais treinados e medicamentos disponíveis como antidepressivos, pastilhas e adesivos de nicotina.

A duração do curso é de aproximadamente um ano. Os grupos formados por um número máximo de 20 pessoas reúne-se semanalmente no primeiro mês do tratamento. Depois, as reuniões passam a ser quinzenais. Do quarto mês em diante, os pacientes começam a frequentar reuniões mensais de manutenção.

A psicóloga Maria Fernanda de Carvalho explica que um dos pontos fortes do programa é a troca de experiências. “Compartilhar é fundamental, por isso, estamos sempre convidando ex-fumantes que submeteram-se ao tratamento para vir contar suas histórias de conquista e superação. Assim, os pacientes sentem-se mais motivados.”

Era desse empurrãozinho que a secretária executiva Verônica Kessler precisava. Ela já fumava há dezesseis anos, quando o filho com idade de 4 anos insistiu para que ela abandonasse o cigarro. “O vício era tão grande que cheguei a fumar na gravidez. Atendi aos apelos do meu filho, contei com o apoio do meu grupo e hoje me sinto uma nova mulher”, comenta.

 
 
Cirurgia é vitória contra câncer de mama

Maria Elizabete Muniz é a primeira mulher do Distrito Federal a ser beneficiada pela cirurgia para retirada de câncer de mama com reconstrução mamária imediata. A cirurgia bem sucedida de Elizabete foi realizada no HRAN, no último dia 30 de abril, pela dupla de médicos Farid Buitrago, mastologista, e Marcelo Gêa, cirurgião plástico.

  

 
Saúde para Todos: Doar leite é um ato de amor e solidariedade

Quando a advogada Janaína Oliveira, 30 anos, realiza a coleta semanal do seu próprio leite, logo após amamentar João Paulo, de 5 meses, ela o faz com a consciência de quem tornou-se responsável pela alimentação de muitos recém-nascidos que encontram-se internados na UTI Neonatal e nas enfermarias do Hospital Regional de Taguatinga (HRT).  “Desde o nascimento do meu filho, nasceu também em mim um amor muito grande e essa é a razão que me faz querer compartilhar o meu leite. Li muito sobre o assunto e resolvi ajudar outras mães”, conta.

 

 
Atenção Integral à Saúde do Homem

Donizete Costa trabalhava como conferente de mercadorias. O percurso de casa para o trabalho era feito de carro, o que pesava muito no orçamento mensal. Então, Donizete decidiu trocar o carro por uma moto. Mas foram poucos os meses de economia de tempo e combustível e quase um ano de recuperação do grave acidente que sofreu, quando sua moto foi fechada por um carro em alta velocidade. Donizete quase perdeu a vida. 

 

 
UPAs agilizam atendimento médico no DF

Referências no atendimento médico de urgência para a população, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) estão ajudando a desafogar as emergências dos hospitais públicos regionais. Atualmente há três em pleno funcionamento: Samambaia, Recanto das Emas e São Sebastião. Elas atendem, diariamente, 450 pessoas. Assista ao vídeo e saiba como essas unidades funcionam.

 

 
Vacine-se antes de viajar

Passagens, hospedagem, alimentação e um bom roteiro. O pacote básico para quem pretende viajar para qualquer lugar do mundo. Porém, para alguns destinos, é preciso pensar também na imunização. O Hospital Regional da Asa Norte (Hran) lançou o Ambulatório do Viajante, onde é possível saber todas as informações sobre que vacinas tomar em viagens para determinados países.

 

 
Ministro Padilha fala sobre campanha de vacinação contra o HPV

 
Todos na luta contra a Dengue

Com a chegada da época das chuvas, as equipes de vigilância sanitária do GDF intensificaram as visitas nas residências para informar aos moradores os perigos da Dengue. Em relação aos últimos anos, os números mostram uma queda de cerca de 70% nos casos da doença, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Assista ao vídeo e veja que com cuidados simples você estará ajudando a reduzir ainda mais esses casos.

 

 
Atendimento exclusivo para hemofílicos

Um novo serviço do ambulatório da Fundação Hemocentro de Brasília está atendendo pacientes com coagulopatias hereditárias hemorrágicas, como a hemofilia. Lá, os pacientes contam com total atenção e podem realizar diagnósticos, tratamentos e ainda recebem os medicamentos em suas casas. A Fundação tem, atualmente, mais de 200 pacientes cadastrados, sendo 152 hemofílicos residentes no DF e entorno.

 
Programa de transplantes salva vidas no DF

O programa de transplantes no DF vem salvando vidas e se tornando referência em saúde pública. Até setembro deste ano, foram realizadas mais de 300 cirurgias, 189 a mais em relação ao mesmo período de 2011. No ranking nacional, o Distrito Federal está em quarto lugar. Assista ao vídeo e conheça a história de pessoas que receberam novos órgãos e as que aguardam, com esperança, um doador.

 

 
Samu amplia atendimento no DF

Prestar socorro urgente com rapidez e qualidade é o objetivo do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do DF (Samu-DF). Para manter esse padrão, o GDF vem investindo desde o atendimento ao cidadão, até novos equipamentos e treinamentos para seus funcionários. Como a nova central inaugurada em agosto e a aquisição de dois helicópteros, que torna o Samu-DF um dos únicos do país a ter esses recursos.

 

 
A importância do leite materno

O GDF iniciou uma campanha incentivando o aleitamento materno. Com o lema "Amamentar hoje é pensar no futuro", várias atividades vêm sendo realizadas em todas as regionais de saúde do DF para incentivar as mães a dar o peito a seus filhos. Conheça mais sobre esse trabaho assistindo ao vídeo:

 

 
Atenção para pacientes graves

Um programa lançado pelo GDF está humanizando o tratamento de pacientes graves na capital. É o programa Atenção Domiciliar, que conta com médicos especializados em cuidar de doentes com quadro clínico mais delicado, porém estável, e que exija cuidados mais complexos. A iniciativa também já mostrou reflexos nos hospitais públicos, que puderam ter mais leitos vagos.

 

 
<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>

Página 1 de 2
RocketTheme Joomla Templates