Coluna Bernadete Alves - dia 14/08/2018

Marcos Pacco toma posse como deputado federal

O professor Marcos Pacco, primeiro suplente da coligação que elegeu Rogério Rosso, deputado federal em 2014, tomou posse como deputado federal, em 13 de agosto, durante Sessão Deliberativa Extraordinária no Plenário da Câmara dos Deputados, presidida pelo deputado federal Carlos Manata (PSL-ES).

Pacco, do Podemos, assume a cadeira deixada pelo deputado federal e candidato ao Palácio do Buriti Rogério Rosso (PSD). Ao se licenciar do mandato, Rosso disse ser difícil a conciliação da agenda parlamentar com a de candidato majoritário. “Ou se dedica ao Congresso ou à campanha. Seria incorreto com a sociedade fazer os dois ao mesmo tempo”, declarou.

Pacco concorrerá, a uma das oito cadeiras do Distrito Federal na Câmara federal.

Alonso anuncia aposentadoria da F1

O piloto espanhol Fernando Alonso, da escuderia britânica McLaren, anunciou nesta terça que deixará a Fórmula 1 no final da temporada 2018. A F1 está de férias e retorna no dia 26 de agosto, no Grande Prêmio da Bélgica e termina no dia 25 de novembro no GP de Abu Dhabi.

O bicampeão mundial anunciou a decisão por meio de um vídeo em sua conta no Twitter. “Após 17 anos incríveis, chegou o momento de fazer uma mudança e virar a página”. Ele diz que a decisão foi tomada de forma convicta. Alonso agradece pela Fórmula 1 tê-lo ensinado "tantas culturas, costumes, idiomas, pessoas maravilhas e ter sido minha vida”. "Hoje tenho outros desafios maiores dos que me pode oferecer", disse Alonso à F1.

"Você me deu muito e eu acho que te dei o máximo. Juntos passamos muitos bons momentos, alguns inesquecíveis, outros realmente ruins", disse o piloto de 37 anos em vídeo publicado em sua conta no Twitter.

O grid de largada do torneio perderá um de seus quatro campeões ainda em atividade no circuito. Em 17 anos Alonso venceu dois título, em 2005 e 2006, ainda pela Renault, e somou um total de 32 grandes prêmios conquistados, além de 97 pódios.

A saída do espanhol deixará a F1 com menor número de campeões desde 2009: o inglês Lewis Hamilton (campeão em 2008, 2009, 2014, 2015 e 2017), o alemão Sebastian Vettel (campeão em 2010, 2011, 2012 e 2013) e o finlândes Kimi Räikkönen (campeão em 2007). Ainda não existe uma definição em torno de quem irá substituir o espanhol na McLaren. Dois nomes, o espanhol Carlos Sainz, atualmente na Renault, e o inglês Lando Norris, reserva da equipe, devem disputar a vaga.

O espanhol das Astúrias, não é só o primeiro campeão da Espanha na história da Fórmula 1, mas também um dos esportistas mais populares do país. Aos 37 anos Fernando Alonso põe fim a etapa mais importante da sua vida para alçar novos voos. Como ele já venceu o Grande Prêmio de Mônaco e as 24 Horas de Le Mans, falta conquistar, em 2019, as 500 milhas de Indianápolis, para conseguir a tão desejada Tríplice Coroa (as três provas mais famosas de corrida do mundo). Também estão nos planos do piloto a Fórmula Indycar e o Mundial de resistência da Toyota.

 
RocketTheme Joomla Templates