Coluna Bernadete Alves - dia 07/07/2018

Ipê roxo:espetáculo da natureza que muda visual de Brasília

Em pleno período seco e frio, os ipês-roxos dão toque especial aos monumentos da capital do país e nas quadras residenciais e comerciais. A cidade está mais bonita e atraente. Desperta na gente a paz, harmonia, criatividade e boas energias. Não tem como não parar e apreciar. As flores transformam o asfalto, calçadas e gramados em grandes tapetes de flores.

O colorido das flores se destaca e contrasta com o azul do céu e a arquitetura de Oscar Niemeyer. A todo momento as pessoas param para fotografar as árvores que embelezam a capital do país. Os fotógrafos e cinegrafistas amam esta época do ano em Brasília. A beleza das imagens é algo de dar inveja a morador de qualquer outra cidade do mundo.

Segundo a Novacap, responsável por arborizar e embelezar a cidade, existem mais de 600 mil ipês no Distrito Federal, dos quais 200 mil estão no Plano Piloto. Os técnicos da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do País dizem que esta é a época dos ipês roxos, apesar de alguns ipês-rosa já estarem florescendo antecipadamente uma vez que a floração destes só se inicia a partir de agosto.

A época da floração dos ipês-roxos vai de junho até o mês de agosto. Mas, até setembro, o brasiliense ainda poderá apreciar as florações nas cores amarelo, rosa e branco. Cada floração tem características próprias, como diferenças no tamanho das árvores e de flores. Segundo os especialistas da Novacap o espetáculo das flores tem tempo curto de duração, em média 15 dias. Os brancos são os mais delicados e duram só uma semana.

 
RocketTheme Joomla Templates