Coluna Bernadete Alves - dia 27/06/2018

Aliança Oncologia e Home firmam parceria

Os médicos Gabrielle Scapollin, Márcio Paes e Marcos Trindade, sócios da Aliança Instituto de Oncologia, receberam convidados no Lago Sul, para anunciar a parceria com o Hospital Home, da Asa Sul, para atendimento oncológico diferenciado aos pacientes de câncer.

O empresário Nabil El Haje, ao lado da filha Susie El Hage, do genro Dr. Paulo Lobo, Diretor do Instituto Paulo Lobo, da neta Dra. Gabriela Lobo, e da esposa Elenita Salomão El Haje, anunciou que o Hospital terá uma nova unidade da Aliança Instituto de Oncologia dentro das dependências do Hospital Ortopédico e Medicina Especializada.“Me orgulho do que fiz e compartilhei com a cidade”, declarou El Haje.

A renomada médica Dra. Luci Ishii falou da importância de um tratamento humanizado aos pacientes de câncer. A oncologista fundou o ABAC Luz, um exemplo de voluntariado organizado, vem há anos apoiando os pacientes durante todo o processo de tratamento.

Os fundadores da Aliança Oncologia informaram que em setembro vão lançar o Centro Médico Aliança no Pátio Capital Shopping, em Taguatinga e um centro de manipulação e distribuição de antineoplásicos, medicamentos usados para destruir células malignas, com a finalidade de inibir o crescimento de tumores.

Segundo os médicos Gabrielle, Márcio e Marcos, tudo com o objetivo de oferecer modernos conhecimentos médicos aplicados no combate e cura do câncer. Ideia aplaudida pelas integrantes da ONG Vencedoras Unidas.

O apresentador de televisão, Antônio de Castro, foi o responsável por dar as boas-vindas aos convidados. O encontro foi prestigiado pelo empresário Paulo Octávio, Bertha Pelegrino, Odilon e Sandra Costa, Rose Saboya, Elen Souza, Igor Morbeck, Cícero André, Marcelo Uchôa, Michelle Ruback, Alessandra Leite, Victor Hugo Cordeiro, Patrícia Schorn, Darleny Costa Daher e César Augusto Daher, Luiz Gustavo Guimarães, Priscila Mussi,Raquel Saraiva, Marcelo Chaves, Clayton Camargos, Caio Mendonça e Sergio Morum.

O requintado jantar foi no Buffet Renata La Porta lindamente decorado por Maria Tereza Cavalcanti.

Mike Pence visita abrigo de imigrantes venezuelanos em Manaus

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, esteve na manhã quarta-feira em Manaus, acompanhado da esposa Karen Pence, para conhecer à Casa de Acolhida Santa Catarina, na capital amazonense, onde estão abrigados 79 venezuelanos. O local é administrado pela Cáritas Arquidiocesana de Manaus em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

Os venezuelanos abrigados no local chegaram a Manaus pelo processo de interiorização promovido pelo governo brasileiro. O vice-presidente dos Estados Unidos foi recebido pelo padre Orlando Barbosa, vice-presidente da Cáritas. Pence fez um pequeno discurso no local e voltou a criticar o regime do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, que acusou de “ditadura brutal” e de provocar o êxodo de 2 milhões de pessoas “obrigadas a fugir do país”. Pence ficou cerca de 1h30 na Casa de Acolhida Santa Catarina. Para garantir a segurança dos ilustres visitantes toda a área ao redor do centro humanitário foi fechada e a passagem de carros ficou proibida por cerca de 2 horas.

A visita de Pence ao Brasil foi iniciada ontem por encontro com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto. Após reunião bilateral com o presidente da República, Michel Temer, o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, anunciou que o país destinará mais US$ 10 milhões para o suporte de imigrantes venezuelanos, sendo US$ 1 milhão diretamente para o Brasil.

“Obrigado por apoiar mais de 50 mil venezuelanos que chegaram ao País para escapar da crise que ocorre em sua terra natal”, disse Pence a Temer, em declaração à imprensa, nesta terça-feira (26). De acordo com o vice-presidente dos EUA, o valor integra os mais de US$ 60 milhões de recursos repassados para os países que atuam na crise humanitária.

Pence elogiou a força-tarefa do Governo do Brasil para acolher os imigrantes e a atuação do País na relação com a Venezuela, como no movimento de suspender o país do Mercosul. “O Brasil é um aliado forte de todas as nações que querem a liberdade […] Obrigado pelo apoio aos venezuelanos e pela liderança ao enfrentar regimes autoritários”, defendeu o vice-presidente estadunidense.

O vice de Donald Trump cobrou de Michel Temer uma postura de maior firmeza contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.Para Temer, o assunto é ponto de convergência entre os países, que defendem a retomada da democracia no país vizinho. “Ambos lamentamos a crise humanitária que atravessa a Venezuela. Falei sobre os venezuelanos que buscam melhores condições de vida no Brasil e sobre nosso empenho em recebê-los com muita dignidade.

A visita de Pence ocorre no momento em que os Estados Unidos pretendem reforçar as relações com o Brasil, ante o avanço da China nas relações com a principal economia da América Latina.

Os serviços pastorais do Migrante Nacional e da Arquidiocese de Manaus divulgaram nota manifestando indignação e tristeza com a visita do vice-presidente norte-americano. Para as entidades, Mike Pence “representa um governo que constrói muros, separa crianças de seus pais e que pretende se apresentar ao mundo como defensor de migrantes e refugiados”. A nota afirmou ainda que “esse gesto do governo Trump está longe de ser humanitário e de preocupação com os direitos humanos e que remete a uma política de controle e colonialismo constante dos Estados Unidos com a América Latina”.

 
RocketTheme Joomla Templates