Coluna Bernadete Alves - dia 19/05/2018

Os votos matrimoniais do príncipe Harry com a atriz Meghan Markle

O enlace do príncipe Harry, sexto na linha de sucessão ao trono do Reino Unido, com a atriz americana Meghan Markle neste sábado, na capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, nos arredores de Londres, foi mais que uma festa. Foi o assunto mais comentado no mundo todo. Afinal reuniu a realeza britânica com o mundo da sétima arte.

A Banda da guarda real fez uma linda apresentação antes do casamento de Harry e Meghan Markle, no exterior do castelo de Windsor. O príncipe Harry chegou à capela usando o uniforme do regimento de cavalaria Blues & Royals, do exército britânico e acompanhado do seu irmão príncipe William.

Meghan chegou à capela em um Rolls-Royce Phantom IV, que a buscou no Hotel Clividen, perto da cidade de Windsor, e onde passou a noite com sua mãe, Doria Loyce Ragland. John e Brian Mulroney ajudam Meghan Markle com seu véu. Meghan, de 36 anos, usou um elegante e sóbrio vestido branco da estilista britânica Clare Waight Keller, da casa francesa Givenchy. O véu é fixado por uma tiara de diamantes emprestada pela rainha Elizabeth II. A aliança da noiva foi projetada com ouro de Gales pela joalheria Cleve & Company, e a de Harry é de platina.

Marcada por quebras de tradições, a cerimônia chamou a atenção pela modernidade que trouxe para a família real britânica. Em gesto feminista e sem precedente, a noiva caminhou sozinha pela capela até o último percurso quando o príncipe Charles, herdeiro do trono e pai do noivo, a conduziu até o altar.

O príncipe George e a princesa Charlotte estavam entre as damas de honra e pajens. Os filhos de William e Kate Middleton, roubam a cena no casamento de Meghan Markle e do príncipe Harry. A rainha Elizabeth II e o príncipe Philip ficaram orgulhosos dos bisnetos. Kate Middleton, duquesa de Cambridge e Jessica Mulroney, amiga de Megan Markle, estilista de moda canadense com as damas de honra.

Os noivos trocaram os votos matrimoniais e as alianças diante de cerca de 600 pessoas, entre elas membros da família real britânica. A cerimônia religiosa foi oficiada pelo deão de Windsor, o referendo David Conner. O arcebispo da Cantuária e primaz da Igreja da Inglaterra, Justin Welby, foi o responsável por celebrar a união.

O arcebispo da Cantuária casou os agora duques de Sussex depois que o primaz da Igreja Episcopal dos Estados Unidos, Bispo Michael Curry, pronunciou um apaixonado discurso sobre o poder do amor para "ajudar e curar". "Há poder no amor. O amor pode ajudar e curar quando nada mais pode fazê-lo", disse o reverendíssimo afro-americano.

Em seguida, a música "Stand by me" foi cantada por um coro formado principalmente por cantores negros.Os noivos assinaram o registro matrimonial ao som de peças tocadas pelo violoncelista Sheku Kanneh-Mason, de 19 anos. Kanneh-Mason venceu o prêmio de Jovem Músico da BBC de 2016 e estava acompanhado da orquestra Nacional de Wales da BBC.

Após a cerimônia na Capela de São Jorge,Príncipe Harry e Meghan Markle, agora duque e duquesa de Sussex, fizeram um passeio de carruagem Ascot Landau por Windsor onde 100.000 fãs da monarquia estavam. O modelo é usado pela rainha em sua visita à corrida de cavalos. O percurso durou aproximadamente 25 minutos.

Por não ter sangue real, Meghan não será conhecida como princesa Meghan e, assim, segue a tradição de Kate Middleton que, após se casar com príncipe William, ganhou o título de Duquesa de Cambridge. Além de duque e duquesa de Sussex, Harry e Meghan também receberam os títulos de conde e condessa de Dumbarton e barão e baronesa de Kilkeel, atribuídos pela rainha Isabel II.

Elegância, discrição, leveza e muita emoção com homenagem a princesa Diana, marcaram a cerimônia do casamento do príncipe Harry com Meghan Markle. O chapéu foi o item obrigatório para todas as mulheres que comparecem ao casamento da realeza britânica. A Rainha Elizabeth II ao lado do príncipe Philip e do neto príncipe William e demais membros da família real, acenam para público após casamento de Príncipe Harry e Meghan Markle. O príncipe Charles e a duquesa da Cornualha, Camila Parker Bowles, acompanharam Doria Ragland, mãe de Meghan Markle, nas escadarias da Capela de São Jorge.

Além da família real, também marcaram presença na celebração do casamento do príncipe Harry e de Meghan Markle na capela de São Jorge, celebridades, socialites e outros membros da realeza como os filhos de Elizabeth II: a princesa Ana e o príncipe Edward, conde de Wessex, acompanhado da sua esposa Sofia, a prima de Harry Kitty Spancer, conde Spencer, irmão da princesa Diana, acompanhado de sua terceira esposa, Karen Spencer. O duque de Iorque acompanhado de suas filhas Eugenia e Beatriz e Sarah Ferguson, ex-mulher do duque de York e mãe das princesas.

Carole Middleton e Michael Middleton, pais da duquesa de Cambridge, Kate Middleton, Pippa Matthews acompanhada de seu marido, James Matthews. Também participaram da cerimônia as ex-namoradas do príncipe: a advogada Chelsy Davy com um vestido azul marinho e chapéu. Ele namorou Harry de 2003 e 2010. E a atriz, dançarina e modelo Cressida Bonas, com quem ele namorou entre 2012 e 2014. Harry e Meghan começaram a namorar em outubro de 2016 e o noivado foi oficialmente anunciado em novembro do ano passado.

O melhor amigo do príncipe Harry, Tom Inskip, e sua esposa Lara; o atleta britânico Dave Henson; a atriz britânica Carey Mulligan acompanhada do músico Marcus Mumford, seu namorado; a cantora e compositora inglesa Joss Stone, amiga de Harry; o ex-treinador e ex-jogador britânico de rugby, Clive Woodward, e Jayne Williams; o jogador de futebol inglês James Haskell e Chloe Madeley; o ex-primeiro-ministro britânico John Major acompanhado de sua esposa Norma; a apresentadora britânica Chloe Madeley e James Haskell; e o jogador argentino de polo Nacho Figueras e sua esposa Delfina Blaquier.

As celebridades que estiveram no casamento de Meghan e Harry: a empresária, produtora e apresentadora Oprah Winfrey; o ator e amigo de Meghan, Patrick J. Adams, e sua esposa Troian Bellisario; Amal e George Clooney; atriz, produtora e cantora Priyanka Chopra, estrela de séries como Quantico, Miss Mundo 2000 e embaixadora da Boa Vontade do UNICEF; Gabriel Macht, amigo de Meghan, e sua esposa Jacinda Barrett; Sabrina Dhowre e o ator Idris Elba Jonny Wilkinson e Shelley Jenkins.

A atriz Sarah Rafferty, que foi companheira de Meghan na série Suits, e seu marido Santtu Seppala; a tenista Serena Williams, grande amiga de Meghan Markle, e seu marido Alexis Ohanian; Vitória e David Beckham; o cantor James Blunt e sua esposa Sofia Wellesley, dentre as tantas celebridades. Harry e Meghan juntam Hollywood e aristocracia europeia em um só dia.

Este foi um dia muito especial para Harry e Meghan mas, também, para muitos negócios no Reino Unido. E ainda mais para a economia do país. O casamento real fez os britânicos celebrar com efusividade. À semelhança do que aconteceu em 2011 com o príncipe William e Kate Middleton e, em 1981, com o príncipe Charles e Diana.

O país e o mundo pararam para assistir à cerimónia que uniu Harry e Meghan e os sinos tocaram para anunciar mais uma união na realeza britânica, uma das doze que ainda se mantêm em território europeu. O eco se alastrou às ruas de Londres, onde milhões de pessoas aplaudiram o novo casal Real. Após o cortejo o casal se dirigiu até o castelo de Windsor, onde a rainha Elizabeth II ofereceu um banquete para cerca de 600 convidados.

Amigo pessoal da princesa Diana, o cantor britânico Elton John cantou durante o almoço de recepção oferecido pela rainha Elizabeth II, após o casamento. No cardápio uma variedade de canapés doces e salgados e pratos para serem degustados em bowls, como fricassé de frango e risoto de ervilha e hortelã. Além disso, será oferecido o champanhe Pol Roger Brut Réserve Non Vintage, vendido por cerca de 40 euros (aproximadamente 176 reais), e uma seleção de vinhos, de acordo com o site do palácio. Serviram-se algodão doce e hambúrgueres, cocktails de rum em homenagem a Harry ao som do DJ Sam Totolee.

No final do dia o casal trocou de roupa para a recepção oferecida pelo príncipe Charles para cerca de 200 convidados. A atriz americana escolheu vestido da estilista Stella McCartney e anel que pertenceu a princesa Diana, Herry trocou o traje militar por um smoking preto com gravata borboleta. Por volta das 19 horas eles foram até o palácio rural Frogmore Hause em um Jaguar E-type zero, azul ano 1968.

A americana Claire Ptak, dona da loja Violet Bakery, em Londres, foi a responsável pelo Bolo. Na receita, o doce leva xarope de flor de sabugueiro feito na própria residência da rainha na região de Sandringham, na Inglaterra. Já o recheio é feito de limões de Amalfi e creme de manteiga de sabugueiro. Para decorar, a sobremesa recebeu uma cobertura de creme de manteiga de merengue suíço e cerca de 150 flores frescas, incluindo peônias e rosas.

Harry ganhou da Rainha Elizabeth II o Palácio de York Cottage, em Sandringham, a cerca de 180 quilômetros do Palácio de Kensigton, onde o casal vive agora. A propriedade de cerca de 8.000 hectares, está sob a posse da família real britânica desde 1862.

 
RocketTheme Joomla Templates