Coluna Bernadete Alves - dia 04/05/2018

DF tem primeira mulher como Defensora Pública Geral

O Palácio do Buriti foi palco da posse da nova Defensora Pública- Geral do Distrito Federal, Maria José Silva Souza de Nápolis, para o biênio de 2018/2020. Ela assinou o termo de posse acompanhada da mãe, Maria Soledade da Silva Souza e do governador de Brasília Rodrigo Rollemberg. Maria José é a primeira mulher a assumir a direção da Instituição.

Maria José falou da alegria de assumir tão importante função, agradeceu ao governador por tê-la escolhido, e a gestão anterior, comandada pelo defensor público Ricardo Batista. Ela se colocou à disposição dos cidadãos que, porventura, necessitem dos serviços da instituição.“Como é grande minha satisfação em poder conduzir essa instituição que, dia após dia, declara guerra, enfrenta e combate o muro invisível da exclusão. É essa a árdua tarefa que nós defensores públicos escolhemos”, afirmou a defensora pública-geral.

“Me sinto muito feliz, a Defensoria é uma instituição essencial para a defesa da população carente do DF e é uma honra poder conduzir esse órgão tão importante para o nosso DF. Nós temos muitos desafios pela frente, como melhorar nossas condições de trabalho, modernizar o atendimento à população e melhorar o orçamento. São desafios bons porque a gente sabe que é em defesa da população do DF”, declarou Maria José.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, reconheceu a importância da Justiça e pontuou a relevância do órgão na tarefa de garantir os direitos da população mais vulnerável.“Sei da dificuldade que as pessoas mais pobres têm de acessar a Justiça no nosso País. Daí a importância da Defensoria Pública para fazer com que aqueles que não tenham voz sejam ouvidos e, sobretudo, possam ser defendidos”, declarou Rollemberg.

Maria José nasceu no Acre em 1981, é bacharel em direito pelo Centro de Ensino Superior de Jataí (CESUT), pós-graduada em Direito Civil e Constitucional e já foi professora de Direito Processual Penal. Profissionalmente, também atuou no Ministério Público do Estado do Goiás como assessora de Promotor de Justiça e de Procurador de Justiça. Em 2007, ela começou a trabalhar na Defensoria Pública do DF, sendo eleita duas vezes para integrar o Conselho Superior da Instituição. Atualmente trabalha no Núcleo de Execução Penal. Maria José assume o comando da Defensoria Pública do DF com o compromisso de enfrentar os desafios na defesa dos vulneráveis do DF.

Paola Aires, que é procuradora-geral do DF e foi a primeira mulher a ser nomeada para o cargo, revelou estar muito feliz com a nova gestão da Defensoria Pública do DF. “Fiquei muito satisfeita com a nomeação da primeira mulher no cargo de defensora geral. Da minha parte, nós vamos fazer uma gestão compartilhada, de muito entrosamento. Desejo a ela muito sucesso nesses dois anos de gestão”.

A solenidade foi muito prestigiada e contou com a presença do presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto, que ocupou a tribuna da solenidade de posse. Para Costa Couto, é muito importante ter uma mulher como defensora geral, pois demonstra um avanço o ingresso de mulheres em cargos de chefia. “Sabemos que Maria José possui todos os predicados para exercer brilhantemente a função. Desejamos que a nova defensora geral tenha êxito em seu cargo e que tenha uma gestão voltada aos interesses da advocacia e dos cidadãos menos favorecidos”.

Já para a presidente da Associação dos Defensores Públicos do Distrito Federal, Mayara Lima Tachy, o objetivo final é tornar a instituição uma entidade de destaque no DF. “Precisamos crescer e dar um atendimento bom para a população. Precisamos de uma sede própria e de profissionais para movimentar a Casa porque os nossos atuais 240 defensores estão muito sobrecarregados e ainda tem áreas que não conseguimos atuar por falta de profissional”.

A nova defensora geral terá ao seu lado os defensores, Danniel Vargas de Siqueira Campos e João Carneiro Aires que ocuparão os cargos de subdefensores-gerais. João Carneiro Aires é graduado em direito pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), é defensor público do DF desde 2007 e, atualmente, chefia a Defensoria Cível do Gama. Danniel Vargas de Siqueira Campos estudou direito no Centro Universitário de Brasília (Ceub). Atua como defensor público do DF desde 2007 e, hoje, é titular da 1ª Defensoria do Núcleo da Saúde.

Festival do Futebol leva crianças a Arena do Grêmio

Meninas e meninos da Comunidade TRI, nome dado pelo clube aos bairros do entorno da Arena do Grêmio, participaram da 21ª edição do CBF Social, em parceria com Conmebol e pelo Departamento de Responsabilidade Social do Grêmio (DRS).

As crianças foram recebidas pelo jogador Jael, centroavante gremista e se "concentraram" na zona mista do estádio, onde receberam coletes para a divisão de equipes por idade. Após a organização, os grupos seguiram para a entrada em campo, com o Mosqueteiro, mascote do clube, puxando a fila ao lado do centroavante Jael.

Jael foi recebido aos gritos pela criançada, que logo rumou ao gramado para uma série de atividades, como aquecimento, alongamento e jogos em espaço reduzido. E com a participação do camisa 9. “É uma sensação inexplicável. Acordar, vir pra cá e receber esse carinho das crianças foi muito importante. Espero que eu possa alegrá-los ainda mais aqui nesse evento e que a presença deles aqui seja um incentivo em busca do sonho de quem quer se tornar jogador de futebol – afirma o atacante. Ao fim do evento, os pequenos ainda aproveitaram para tirar fotos no estádio e ganharam um lanche.

A parceria entre o projeto Festival do Futebol e o Grêmio foi costurada no ano passado, quando a Seleção atuou em Porto Alegre, com vitória por 2 a 0 sobre o Equador, na Arena, pelas Eliminatórias da Copa de 2018. Na ocasião, o Grêmio se colocou à disposição para sediar o evento e desde lá o evento tem sido planejado.

“Todas essas crianças que estão aqui hoje são oriundas da Comunidade TRI, associações de bairro, escolas e instituições do entorno da Arena. Mas o objetivo não é só a brincadeira, o projeto também conta com palestras e workshops voltado à área da infância e adolescência, saúde e formação de atletas. Um grande evento que conseguimos trazer para cá e é uma alegria para o Grêmio, crianças, pais e da nossa torcida”, disse um dos diretores do Departamento de Responsabilidade Social do Grêmio, Rodrigo Kandrik.

Curtas

Ana Hickmann inaugura rede de escolas. A apresentadora e empresária recebeu convidados na noite de ontem ao lado do marido, Alexandre Correa, no bairro da Lapa, em São Paulo. “Educação e trabalho. Esse é meu grande sonho e meu objetivo”, declarou a modelo gaúcha. A rede de escolas terá aulas com cursos profissionalizantes especializados nas áreas de beleza, como os de cabeleireiro, maquiagem, fotografia e moda sustentável. Ana é craque em tudo que faz e esta será uma ótima oportunidade para as pessoas adquirirem novos conhecimentos e profissões.

Sírio-Libanês Brasília oferece 500 vagas de empregos para enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas e auxiliares administrativos. Os benefícios incluem assistência médica e odontológica, seguro de vida, vales alimentação, refeição e transporte e convênio farmácia. Para candidatar-se às vagas, é necessário enviar o currículo para Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. (colocar no campo assunto “Sírio-Libanês Brasília”).

Morre Marcelo Pimentel, ex-presidente do TST, aos 92 anos. Pimentel estava internado no Hospital Brasília por conta de uma pneumonia. Ele deixa a mulher Eliana, os filhos Sérgio e Patrícia e netos. O velório será amanhã na sede do Tribunal Superior do Trabalho, no saguão do Bloco B, a partir das 10 horas. O capixaba era também jornalista e foi presidente do Conselho Editorial dos Diários Associados, grupo a que pertence a TV Brasília e o Correio Braziliense. Ele também exerceu o cargo de Ministro do Trabalho durante o governo Itamar Franco e desde então atuava como advogado em Brasília. Nosso pesar aos familiares, amigos e colegas do digno defensor da Justiça do Trabalho.

Villa Mix é a grande atração na capital federal no sábado, às 13 horas, no Mané Garrincha, com Jorge & Matheus, Matheus & Kauan, Simone & Simaria e os brasilienses Cleber & Cauan. Completam o time o novo fenômeno do sertanejo, Jefferson Moraes e Luan Santana, além de Wesley Safadão, Jonas Esticado e Xand Avião com muito forró. Considerado um dos maiores festivais de música do Brasil, o Villa Mix, vai mostrar nomes consagrados no eletrônico com Alok e os duos Jetlag e Sevenn, eleitos entre os melhores DJ’s do mundo. "Todo ano a gente tem o desafio de criar uma cenografia diferente, de criar uma história diferente, trazer novos artistas e novas culturas. Esse ano com o tema ‘O Mundo é Mix’ queremos mostrar a grande mistura de estilos e ritmos que o nosso Brasil possuí", explicou o produtor geral do evento, Marlus Marcelus.

 
RocketTheme Joomla Templates