Coluna Bernadete Alves - dia 15/04/2018

Catar recebe Tom Brady e Gisele Bündchen com honras de chefes de estado

O astro Tom Brady está com a mulher Gisele Bündchen e os dois filhos, Vivian e Benjamin, no Catar. Moradores de Boston, eles viajaram na quinta-feira para o país árabe em voo privado da Qatar Executive (subsidiária da Qatar Airways) a convite das autoridades de lá e em razão da parceria do astro do futebol americano com a Best Buddies International, ONG que atua em mais de 50 países no auxílio a pessoas com deficiência intelectual.

O jogador e a família ganharam um tour privée por Doha, a capital do emirado, cuja “guia” foi a sheikha Al-Mayassa bint Hamad bin Khalifa Al-Thani, que geralmente só reserva esse tipo de tratamento vip para chefes de estado. Com apenas 35 anos, ela é irmã do Emir do Catar, Tamim bin Hamad al-Thani, e é considerada por experts do ocidente como uma das mulheres mais influentes do Oriente Médio.

Neste domingo, Brady participou de um evento no Khalifa International Stadium, também conhecido como Estádio Nacional no Catar, que será usado na Copa do Mundo de 2022 da FIFA. Na ocasião, ele lançou um programa de inclusão com oportunidades para trabalhar na organização do mundial voltado para pessoas que sofrem com o problema.

Daniel Ricciardo vence GP da China

O australiano Daniel Ricciardo acerta estratégia e venceu na madrugada deste domingo, o Grande Prêmio da China de Fórmula 1. O piloto da Red Bull surpreendeu a Ferrari, que largou na pole position com Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen em primeiro e segundo lugar, respectivamente. Ricciardo largou na sexta posição e com duas paradas para troca de pneus, uma a mais que os rivais da Ferrari, conquistou em Xangai, a primeira vitória da temporada 2018 e a sexta da carreira.

"Foi uma prova agitada. Eu vi que o Safety Car foi chamado. Foi tudo muito rápido. Isso permitiu que eu me aproximasse na relargada. Nós não esperávamos que fosse durar tanto assim, mas os pneus corresponderam bem e nós tivemos um bom ajuste. Quando vi que podíamos, eu não poderia deixar escapar. Toda vitória que eu tive foi em circunstâncias parecidas. Sempre foi doido, muito divertido”, disse o australiano da Red Bull sobre o Grande Prêmio da China.

O finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, garantiu o segundo lugar no pódio , seguido de seu compatriota Kimi Raikkonen, da Ferrari. O atual campeão da competição, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, terminou na quarta colocação. Já Sebastian Vettel, da Ferrari, que havia garantido a pole do circuito, terminou em oitavo lugar depois de sofrer um choque com o carro de Max Verstappen, da Red Bull.

A próxima temporada será no dia 29 em Baku, Azerbaijão. No dia 13 de maio os pilotos se encontram em Barcelona e no dia 27 de maio em Monte Carlo, Mônaco. O GP do Brasil está marcado para 11 de novembro.

 
RocketTheme Joomla Templates