Coluna Bernadete Alves - dia 09/04/2018

Futebol: a paixão nacional e as preferências estaduais

O Domingo foi de festa para o futebol brasileiro. Foram definidos os campeões dos Estaduais de 2018. Entre as decisões mais aguardadas, destacam-se as finais do Campeonato Paulista, Gaúcho, Carioca e Mineiro.Teve decisão também no Paraná, onde o Atlético-PR sagrou-se campeão ao vencer o Coritiba por 2 a 0. Em Santa Catarina, o título foi para o Figueirense, que ganhou do Chapecoense por 2 a 0. Na Bahia, o vencedor foi o Bahia, depois de vencer o Vitória por 2 a 0. No Ceará, o Ceará venceu o Fortaleza por 2 a 1. Em Pernambuco, quem levantou a Taça foi o Náutico, campeão sobre o Central de Caruaru por 2 a 1 e o campeão paraense foi o Remo, que venceu o Paysandu por 1 a 0. No Distrito Federal, o campeão do Candangão foi o Sobradinho que venceu o Brasiliense nos pênaltis.

No Rio Grande do Sul, a semana foi de suspense sobre o destino de Renato Portaluppi, técnico e ídolo do Grêmio. O Tricolor não precisava vencer para ser campeão gaúcho. Mas venceu por 3 a 0 o Brasil de Pelotas com gols de Alísson, Cícero e Léo Moura, no segundo tempo, no estádio Bento Freitas.

Mesmo com a vitória que deu ao Grêmio o 37º título gaúcho e acabou com um jejum de sete anos sem títulos estaduais, o treinador foi o centro das atenções da torcida e da imprensa. A taça estava ali a alguns passos, mas o que importava mesmo era o que estava na cabeça do técnico: a resposta para a pergunta se ficava no Grêmio ou se aceitava o convite do Flamengo.

Renato Portaluppi manteve a suspense até o final. Quando acabou o jogo ele foi ao encontro de seus jogadores, no meio do gramado abraçou um a um, falou ao pé do ouvido e sorriu. Repeti o gesto com Alexandre Mendes, seu braço direito e o preparador de goleiros Rogério Godoy. Depois, calmamente, balançou a bandeira do Grêmio e a colocou sobre os ombros, como uma capa. A capa do super-herói idealizado e idolatrado pelos gremistas.

Em 17 meses no comando do Grêmio, Renato conquistou a Copa do Brasil de 2016, a Libertadores de 2017, a Recopa e o Gauchão de 2018. O grupo e a torcida querem mais. Nada muito complicado para quem tem um super-herói no banco de reservas. O Grêmio conquistou a taça do estadual pela 37ª vez e Renato respalda projeto do tricolor e faz ideia de buscar Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores parecer possível em 2018.

“Agradeço muito, todo mundo sabe do meu sonho de treinar o Flamengo. Quem sabe no futuro eu possa ter a oportunidade. Hoje estou no Grêmio muito bem”, declarou Portaluppi que ficará no Tricolor, pelo menos até o final do ano. Ainda bem que a nação gremista tem um técnico de confiança.

O Corinthians ganhou o Campeonato Paulista no Allianz Parque lotado. Na casa do Palmeiras, ele fez um gol no tempo regulamentar e conquistou o bicampeonato nos pênaltis, com vitória por 4 x 3, com Cássio defendendo duas cobranças. Antes dos jogadores do Corinthians chegarem ao vestiário do Allianz para a disputa do Campeonato Paulista, o clube redecorou o local com símbolos e frases de apoio para ‘jogar em casa’, a estratégia deu certo. Nesta segunda-feira o Corinthians do super técnico Carrille, divulgou um vídeo com os bastidores da 29ª conquista do Campeonato Paulista.

O Botafogo, de Alberto Valentim, derrotou o Vasco por 1 x 0, ontem, no Maracanã no último lance da partida deixando os vascaínos desolados e levando a decisão para os pênaltis. O herói da vitória foi o goleiro paraguaio Gatito Fernández, que defendeu duas cobranças. O Fogão encerrou um jejum de cinco anos sem título do Campeonato Carioca.

Em Minas Gerais a festa foi do Cruzeiro que derrotou o Atlético por 2 a 0, no Mineirão e conquistou o Campeonato Mineiro 2018. O Atlético de Thiago Larghi repetiu a escalação da vitória por 3 a 1 no Independência. O Cruzeiro aproveitou a empolgação do torcedor e os jogadores entraram à pé no estádio. Com um a mais o Cruzeiro conseguiu o que precisava para voltar a ser campeão após três edições de Campeonato Mineiro: vencer o Atlético-MG por dois gols de diferença. Reverteu a vantagem e faturou o seu 37º estadual. A equipe celeste não era campeã desde 2014. Arrascaeta e Thiago Neves marcaram os gols da vitória diante de 49.906 pagantes para alegria de Mano Menezes.

Parabéns a todos os campeões estaduais de 2018 e aos que lutaram com ética, honestidade, responsabilidade,lealdade, respeito ao esporte e aos adversários. No mundo esportivo, social ou corporativo, estes valores são colocados à prova a todo o momento. Chega ao êxito quem comunga destes princípios.

Curtas

Papa critica a alegria consumista e individualista em sua terceira exortação apostólica intitulada Gaudete et Exsultate, publicada nesta segunda-feira pelo Vaticano."Não podemos planejar um ideal de santidade que ignore a injustiça deste mundo, onde alguns festejam, gastam alegremente e reduzem sua vida às novidades do consumo, ao mesmo tempo que outros só olham desde fora, enquanto sua vida passa e acaba miseravelmente", declarou o Papa Francisco.

Dyogo Oliveira assume BNDES, no lugar do economista Paulo Rabello de Castro. A posse do novo presidente foi hoje e ele disse que é preciso reinventar o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social dando mais corpo e velocidade às mudanças feitas últimas duas gestões. O ex-ministro do Planejamento prometeu que o BNDES tratará quem bate à sua porta, não como beneficiário, e sim como cliente, que "merece ser recebido e atendido com rapidez e eficiência".

Obesidade aumenta risco cardiovascular, garantem pesquisadores do Imperial College London e da Universidade de Cambridge que analisaram dados de mais de 500 mil pessoas de 10 países europeus. Depois da comparação entre os magros e os “obesos saudáveis”, os cientistas chegaram à conclusão de que o sobrepeso expõe a problemas cardíacos. “Ter a composição corporal adequada, é fundamental para a saúde do coração”, concluem os pesquisadores.

Adasa-DF recebe nota máxima em transparência ambiental do Ministério Público Federal. A classificação considera disponibilidade, atualização e detalhamento de dados na internet. A ideia é repetir a avaliação periodicamente para medir o nível de transparência ambiental no Brasil. Além da Adasa, os classificados em primeiro lugar são: Agência Nacional de Águas (ANA); Instituto de Águas do Paraná; Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-BIO); Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais (IEF); e o Instituto Mineiro de Gestão das Águas.

 
RocketTheme Joomla Templates