Coluna Bernadete Alves - dia 05/04/2018

Brasília ganha primeiro Hospital Veterinário Público

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, inaugurou na manhã de hoje, o primeiro Hospital Veterinário público, A unidade tem 540 metros quadrados e fica no Parque Largo do Cortado, em Taguatinga. A estrutura foi construída pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram) com recursos de compensação ambiental. O investimento previsto para o primeiro ano de atividade do hospital é de R$ 1 milhão.

Rollemberg disse que o hospital é importante por uma questão de zoonose e também emocional. “Esta é uma reivindicação antiga que vai beneficiar a população, especialmente as famílias carentes, que não têm poder aquisitivo e não tinham para onde levar seus animais para tratamento”, declarou o governador.

O hospital é o maior da América Latina e vai atender cães e gatos, com foco àqueles pertencentes às famílias de menor renda ou inscritos em programas sociais locais ou federais, além dos que estão na Zoonose e em abrigos da cidade. Hoje alguns animais foram atendidos.

Igor Torkarski, secretário do Meio Ambiente, explicou que, como se trata de um hospital público, se dará prioridade às famílias que não têm condições de pagar por uma consulta ou tratamento privado. “Isso não quer dizer que outros animais não poderão receber atendimento, mas apenas que a prioridade é para a baixa renda”. Igor também informou que haverá também atendimento a animais vítimas de maus-tratos, e serão dadas orientações à população sobre boas práticas, higiene e normas, contribuindo para a promoção da guarda responsável de seus animais.

A partir de segunda-feira, dia 09, as senhas serão entregues das 8 às 10 horas. Casos de emergência serão atendidos até as 15 horas. O dono do animal vai precisar apresentar CPF, carteira de identidade e comprovante de residência em seu nome. A previsão é que sejam atendidos inicialmente cerca de 30 a 50 animais por dia até chegar aos 400 diários quando o serviço estiver consolidado. São oferecidos serviços gratuitos de clínica, cirurgias, exames laboratoriais e outros tratamentos em cães e gatos, sobretudo pertencentes a famílias de menor renda ou inscritas em programas sociais. Também serão recebidos bichos sob a guarda do Centro de Controle de Zoonoses ou de abrigos instalados na cidade, além daqueles vítimas de maus-tratos.

Ali serão oferecidos serviços gratuitos de consultas, medicações, exames laboratoriais e de imagem, cirurgias, internação e ambulatório, entre outros. Torkarski destaca que o hospital está equipado com consultórios, medicamentos, salas de cirurgia, aparelhos de anestesia inalatória, monitor multiparamétrico, cilindros de oxigênio, baias de internação, raio-x, ultrassom e canis.

O Hvet será administrado pelos profissionais da Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais. Segundo o governador, a Anclivepa foi a instituição que melhor pontuou no chamamento público nacional feito pelo governo de Brasília no início deste ano. A entidade tem sede no estado de São Paulo, onde administra outros quatro hospitais públicos veterinários.

Wilson Grassi, diretor-geral da Anclivepa, informou que por enquanto, o hospital funciona de segunda a sexta-feira, até as 15 horas, com funcionários trazidos de São Paulo. “A equipe é provisória. Vamos contratar veterinários aqui de Brasília e treiná-los”, explicou Grassi.Segundo ele, só serão feitos exames e cirurgias em animais atendidos no próprio serviço e não os encaminhados por clínicas privadas. Outras normas sobre o funcionamento da unidade, como organização dos atendimentos e documentação exigida, ainda serão definidas.

A consolidação do Hospital Veterinário é fruto do esforço coletivo dos servidores da Secretaria do Meio Ambiente e do Ibram. Desde 2015, o Ibram conduz o Programa de Manejo Populacional de Cães e Gatos. A cada ano, são castrados, gratuitamente, cerca de 2,6 mil animais. A meta para 2018 é alcançar 7 mil. Parabéns ao secretário do Meio Ambiente, Igor Tokarski, ao presidente do Ibram, Aldo César Vieira Fernandes e a Coordenadora de Fauna do instituto, a médica veterinária Ana Junqueira.

Senac lança concurso de moda em Brasília

Senac realizará o primeiro concurso de moda da instituição no Distrito Federal. O Destaque Moda Senac-DF 2018 premiará três novos estilistas com uma produção completa dos desfiles, sendo um de cada categoria: moda feminina, moda masculina ou unissex. O desfile dos ganhadores ocorrerá no dia 24 de maio, na rampa do Museu Nacional de Brasília.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo portal do Senac até dia 10 deste mês em uma das três categorias. É imprescindível que o candidato apresente uma coleção inédita e exclusiva. O candidato deverá entregar seu material no endereço indicado no edital com um texto explicativo e a proposta conceitual da coleção em até 20 linhas, junto com croquis de 20 looks da coleção. Os estilistas escolhidos contarão com apoio e a participação de alunos do Senac dos cursos de Costureiro, Personal-Stylist, Cabeleireiro e Maquiagem. O edital completo está disponível no portal.

Kátia Corrêa, diretora executiva da Divisão de Educação Profissional do Senac-DF,diz que a ideia é trazer a realidade do mercado de moda para dentro das salas de aula da instituição. “Nossos alunos de costura, por exemplo, terão a oportunidade de vivenciar um planejamento de coleção, do desenho à passarela. Os de personal-stylist participarão das oficinas de consultoria de estilo e do backstage dos desfiles. As turmas de cabeleireiro e maquiagem entrarão em ação, assinando a beleza das modelos”, explica Kátia.

Curtas

Assistir apresentação de música ao vivo aumenta expectativa de vida. A conclusão é de estudo realizado pela Universidade de Goldsmith, em parceria com a arena britânica O2. O pesquisador Patrick Fagan, diz que os resultados mostraram aumento de 25% em amor próprio e proximidade com os outros, além de 75% a mais de estímulo mental. “Ver pelo menos 20 minutos de um artista no palco eleva o bem-estar em 21% e quem vai a shows com certa frequência pode viver nove anos a mais. Comparecer a apresentações ao vivo regularmente é a chave para viver mais”, garante Fagan.

Governo Temer é reprovado por 72% dos brasileiros aponta pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria, divulgada hoje. A pesquisa foi realizada entre 22 e 25 de março em 126 municípios brasileiros. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Eunício Oliveira, presidente do Senado, confirmou a candidatura de seu filho, o engenheiro civil Rodrigo Oliveira, 25 anos para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. A informação é do site de notícias Ceará News 7.

Debora Morais e Kadu Fonseca apresentam a coleção “Palazzo”, no dia 11 no Hípica Hall, inspirada nos palácios da Itália. Débora que está no mercado de noivas há 15 anos apresenta looks de festa em parceria com o estilista Kadu.

A designer Vânia Ladeira lança no dia 12, às 19h no Museu Nacional de Brasília, no Conjunto Cultural da República, a primeira coleção de joias masculinas. A coleção composta por 40 peças inspiradas nos monumentos de Brasília é em homenagem ao cerimonialista César Serra. Os convidados vão também conferir a exposição fotográfica assinada pelo renomado Bruno Stuckert.

 
RocketTheme Joomla Templates