Coluna Bernadete Alves - dia 24/03/2018

Todos juntos contra a Tuberculose

No Dia Mundial de Combate à Tuberculose o Ministério da Saúde conscientiza as pessoas, por meio da Campanha Tuberculose Tem Cura, a procurarem unidades de saúde para o diagnóstico, e o tratamento completo para atingir a cura. Para tanto um novo medicamento para tratar a doença deve chegar à rede pública de saúde em maio. Trata-se de nova apresentação do medicamento isoniazida, de 300 miligramas (mg), que permitirá a substituição de três comprimidos por apenas um. A expectativa é que a mudança garanta mais conforto aos pacientes.

O secretário de Vigilância em Saúde, Adeilson Cavalcante, diz que foram adquiridas 5 mil caixas do remédio, que correspondem a 2,5 milhões de comprimidos. Para o acompanhamento da implantação da isoniazida 300 mg, será financiada uma pesquisa desenvolvida pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Os estudos terão apoio de pesquisadores externos nos estados do Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e no Distrito Federal, que receberão, inicialmente, o medicamento.

“Nosso objetivo é garantir o que há de mais inovador no tratamento da doença. Estamos investindo na cura, mas precisamos garantir que o paciente inicie e conclua o tratamento. Com a nova apresentação, vamos facilitar a vida do paciente que precisará tomar apenas um comprimido por dia”, declara Adeilson Cavalcante.

A tuberculose é uma doença causada pela bactéria Bacilo de Koch (BK) que, geralmente, afeta os pulmões, mas que pode afetar qualquer outra área do corpo, como os ossos, intestino ou bexiga. A doença causa sintomas como cansaço, falta de apetite, suores ou febre, falta de apetite e mal-estar geral, mas de acordo com o órgão afetado, pode ainda causar outros sintomas específicos como tosse com sangue ou perda de sangue.

A tuberculose é considerada pelo Ministério da Saúde uma doença extremamente contagiosa, pois na maioria dos casos, é transmitida pelas vias aéreas por meio da inalação de partículas contaminadas através da tosse, fala ou espirro do paciente com a doença. Qualquer pessoa que tenha tosse por três semanas ou mais deve ser investigada para a tuberculose. O sangue no escarro ocorre em fases mais tardias da doença e pode estar relacionada a complicações.

O tratamento para a tuberculose é gratuito e, geralmente, é feito com a dose diária de comprimidos para combater o bacilo e inclui o uso de antibióticos, como Rifampicina ou Isoniazida por exemplo, durante 6 meses. Porém, o tratamento pode demorar 2 anos ou mais, se não for seguido corretamente, ou se for uma tuberculose multirresistente, por exemplo.

Todos juntos contra a tuberculose!

A brasileira Havaianas estampa carros da Force India

O halo dos carros da equipe Force India, exibe em 2018 a brasileira de chinelos Havaianas. A marca será usada em corridas selecionadas e terá início já no primeiro GP do ano, na Austrália. A expectativa é de que a parceria apareça também nas competições europeias e claro, no Brasil, a penúltima da temporada.

Márcio Utsch, diretor-executivo da Alpargatas, dona da marca Havaianas, disse que é uma grande notícia para as Havaianas. " Nós queremos trazer nossa diversão e vibração positiva para a F1 e a oportunidade apresentada pela Force India realmente chamou nossa atenção. Nas Havaianas , nós nos orgulhamos de ouvir os fãs da nossa marca, e nos últimos meses nós vimos muita gente associar nossos chinelos com o novo halo nas redes sociais”, afirmou Utsch.

Otmar Szafnauer, diretor de operações da Force India, disse em comunicado que a equipe sempre foi aventureira em marketing e, que depois de apresentar a decoração rosa em 2017, espera que a parceria com a Havaianas atraia todos os fãs de Fórmula 1 amantes de diversão em 2018. “Nós estamos muito felizes em trazer a Havaianas para dentro da F1 . Onde melhor que o halo para carregar o famoso logo da Havaianas? É uma jogada inteligente da marca brasileira, que vai trazer um toque de praia ao paddock durante a temporada”.

Curtas

Boletos vencidos acima de R$ 800 poderão ser pagos em qualquer banco a partir de hoje. A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos. A partir de 26 de maio, serão permitidos os boletos acima de R$ 400 e a expectativa é que até setembro deste ano o processo seja concluído. O sistema de boleto de pagamento anterior foi criado em 1993 com o início do procedimento de compensação eletrônica. Após 25 anos, a avaliação do setor bancário é que ele precisava ser modernizado.

Antonio Carlos Drummond, ex-diretor de jornalismo da TV Globo em Brasília, conhecido como Toninho Drummond, morreu neste sábado, aos 82 anos, após falência múltipla de órgãos. O mineiro Araxá dirigiu a sucursal da emissora na capital federal durante 25 anos até se aposentar, em 2012. Casado com a portuguesa Palmira residia em Brasília e Portugal. Deixa os filhos Antonio Carlos Drummond Filho, João Cláudio, Anna Luisa e o genro Elsinho Cascão e os netos João Felipe, Maria Luisa e Maria Clara. Uma perda para o jornalismo brasileiro. Nossa solidariedade a família e amigos.

Cães influenciadores digitais é o mais novo meme do Twitter. Nos últimos tempos as pessoas descobriram como fazer sucesso usando apenas o poder das redes sociais para se tornar ‘celebridade’. Surgiram então os influenciadores digitais. Apesar da fama, os internautas gostam de brincar e zoar deles de vez em quando, e a mais nova ideia foi usar os animais para isso. Com o auxílio de fotos, os pets foram descritos a partir de esteriótipos de pessoas e se tornaram os novos influenciadores digitais.

Lucélia Santos está de volta a TV depois de 11 anos longe de gravações. A famosa atriz que ficou conhecida no mundo inteiro como a escrava Isaura, fará o papel de uma secretaria debochada e disposta a tudo para se dar bem. No seriado para TV paga Lucélia vai contracenar com a célebre chacrete Rita Cadillac.

Governo iniciou vistoria em todos os viadutos do centro de Brasília. A análise das estruturas está sendo feita pela Novacap e deve durar 15 dias. O presidente Júlio Menegotto disse que uma das preocupações é com os parapeitos no Eixão. “É uma estrutura pesada e se passar um veículo e bater pode cair. Por isso estamos fazendo uma minuciosa verificação e se necessário faremos a substituição”, declarou Menegotto.

 
RocketTheme Joomla Templates