Coluna Bernadete Alves - dia 18/03/2018

Beleza natural, o encanto das aves!

A Mãe Natureza agraciou algumas aves com plumagens de belo e surpreendente colorido. Desde brilhantes tons de azul e vermelho, passando por verdes e amarelos até luminosos lilases e belíssima plumagem multicolorida. Lindos, exóticos, raros, fofos e valiosos.Quando a gente vê as imagens publicadas pela nationalgeographic.com é um puro encantamento de tanta beleza e magia. Uma verdadeira cartela de cores.

Dos pássaros mais fantásticos do mundo a ave-do-paraíso é magnífica. A plumagem em tons verde, laranja e amarelo em contraste com as penas pretas, a íris amarelo e as contas azul. O macho tem um rosto verde iridescente e um glosado amarelo com coroa de prata iridescência, cabeça e nuca. O restante da plumagem do corpo é marrom-brown. A maior ave-do-paraíso é o maior membro do gênero Paradisaea, com os machos medindo até 43 cm (17 polegadas) (excluindo os fios longos cauda twin). A fêmea é menor com 35 cm (14 pol). A plumagem desta espécie também é dimorfismo sexual. Existem 40 espécies dessa ave. Todas vivem nas montanhas da Nova Guiné, na costa norte da Austrália e em algumas ilhas da região.

A natureza é mesmo uma força incansável e poderosa. Quando pensamos não haver mais nada de novo para ser visto, ela ainda consegue nos surpreender como o Pombo-de-nicobar, o primo vivo mais próximo do extinto Dodô, aquele que ficou amplamente conhecido na cultura popular após fazer parte de Alice no País das Maravilhas. O dodô possui duas outras aves com parentesco genético próximo: o solitário-de-rodrigues e o pombo-de nicobar.

Segundo relatos do século dezessete, era uma ave rechonchuda com um tufo de penas na cauda, plumagem cinza-acastanhado, pata amarela, cabeça acinzentada sem penas e com bico preto, amarelo e verde. Possui penas mais longas, principalmente ao redor do pescoço, com pigmentação multicolorida metálica e vibrante, num degradê harmonioso com asas e cabeça azul-aveludadas. Além de ser bem menor e mais leve que seus parentes acima. Medindo 41 centímetros e pesando cerca de seiscentos gramas.Vive nas pequenas ilhas da Indonésia e as Ilhas Nicobar. É a única espécie viva do seu gênero.

O pato mandarim ou marreco-mandarim tem uma espetacular combinação de cores. Apenas os machos possuem plumagem colorida, as fêmeas são mais discretas, predominantemente marrons, com um anel e uma faixa branca ao redor dos olhos. O macho adulto é uma ave marcante e inconfundível com uma diversidade de tons que incluem o laranja, o amarelo, o verde e o castanho. Possui uma crista pendente na parte posterior da cabeça, e uma listra branca e espessa a envolver a região do olho. A nuca é verde, a região das patilhas é castanha e a zona dos flancos é alaranjada. As asas formam duas ‘velas’ cor de laranja, erguendo-se a partir da região dorsal. A fêmea é parda com os flancos malhados e apresenta uma cabeça cinzenta. Exibe uma listra supraciliar branca e fina. A crista da cabeça é mais pequena que a do macho.

O tucano é inconfundível com seu bico enorme e curvo. Há mais de 40 espécies com cores brilhantes. Ele se alimenta principalmente de frutas, mas, em algumas ocasiões, pode comer pequenos lagartos e insetos.

O aracari de crista encaracolada pertence à família dos tucanos e recebe seu nome devido às penas distintivas de sua cabeça, que se assemelham a fitas enroladas.

O pombo azul-coroado é um grande pombo azul-cinza com cristas de cores azuis rendadas sobre a cabeça e uma máscara de penas azul-escuras ao redor dos olhos. A espetacular plumagem azul é igual nos dois sexos e os machos são maiores que as fêmeas. Eles podem ficar do tamanho de um peru. Vive em terras baixas de florestas da Papua Indonésia, Nova Guiné e ilhas vizinhas.

Por ser caçado para comida e por suas exuberantes plumas, o pombo-coroado é avaliado como vulnerável na Lista Vermelha da IUCN de espécies ameaçadas.

A carriça franjada australiana é um pássaro de plumagem azul brilhante que habita na maior parte do continente australiano. Os machos têm plumas de tom “azul elétrico”, que mudam após o primeiro ano para chamar a atenção das fêmeas (com plumagem marrom).

O cardeal do norte é uma ave de plumagem vermelha brilhante que vive em florestas e pântanos do Canadá, México e Estados Unidos. Tem crista vermelha e se assemelha a um moicano.

A plumagem do cotinga celeste transformou-o em um alvo dos caçadores na floresta amazônica. Estes pássaros não cantam, mas são conhecidos por fazerem um silvo com suas asas ao voarem.

O diamante de Gould é notável por com suas belas “estampas” coloridas. Estes pássaros vivem no nordeste da Austrália e são protegidos por um projeto de conservação que estima a existência de apenas 2.500 aves em estado selvagem.

O motmot marrom-turquesa tem uma deslumbrante plumagem e uma distintiva cauda em forma de dardos. Estas belas aves são nativas da AméricaCentral e consideradas pássaros nacionais de El Salvador e Nicarágua.

A galinhola púrpura é encontrada nos pântanos do sudeste dos Estados Unidos. Sua plumagem exibe tons iridescentes de índigo e violeta e ela é onívora, alimentando-se de uma variedade de plantas, peixes e insetos.

O martim-pescador é o representante mais comum no Brasil. É conhecido também pelos nomes de ariranha-pequeno e Martim-cachaça.Vive ao longo de rios, lagos e orla marítima, mangues, embocaduras de rios, em florestas ou áreas abertas, onde haja árvore e é por isso que podem ser encontrados nos trópicos e nas regiões temperadas.

Mede 24 centímetros e pesa entre 40 a 60 gramas. O macho adulto apresenta a testa e os lores na coloração verde escuro com alguns pontos vermelhos e uma fina linha alaranjada.Já a coroa, face e nuca na cor verde escuro brilhante. O belo e pequenino pássaro está presente desde o estado do Texas e do México até a Argentina e Brasil. O martim-pescado-verde é a ave símbolo do município de Florianópolis.

A carruíra lilás é uma das aves mais bonitas do mundo. Elas vivem em florestas ou florestas abertas com vegetação rasteira na África Subsaariana e são consideradas pássaros nacionais do Quênia e Botswana.

Vários pássaros do nosso Brasil estão na região do Pantanal, existem milhares de espécies de aves. A Juruva é uma das aves mais espetaculares do Pantanal pelo colorido e pelo formato único das penas da cauda. O verde brilhante da plumagem é amarelado na barriga e peito. Ao redor dos olhos, vermelhos, grande máscara negra, terminando em duas pontas. Bordejando toda a máscara, azul cobalto intenso, mais claro e extenso na fronte. Alto da cabeça negro. Asas e cauda com ponta azulada. Macho e fêmea são idênticos, com o mesmo bico forte, negro e todo serrilhado. No peito, duas penas negras parecem uma gravata borboleta. O canto é semelhante ao de uma coruja, emitido mais frequentemente no clarear e escurecer, embora possa ser escutado a qualquer hora do dia e da noite.

Após este colírio para os olhos, evidencia-se a necessidade urgente de preservação da enorme diversidade das espécies, todas importantíssimas para o meio ambiente e para o homem. A natureza é bela e deve ser conservada como está. Vamos fazer a nossa parte!

 
RocketTheme Joomla Templates