Coluna Bernadete Alves - dia 12/03/2018

Municípios aderem programa Internet para Todos

O presidente Michel Temer e o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, assinaram nesta segunda-feira o termo de adesão ao programa Internet para Todos, que pretende levar acesso à banda larga para locais remotos sem conectividade, durante evento no Palácio do Planalto com a presença de governadores e prefeitos.

Estiveram em Brasília cerca de dois mil prefeitos e prefeitas para assinar o termo de adesão ao programa que oferecerá conexão à internet com preço reduzido. No Internet para todos,as prefeituras indicaram as localidades passíveis de atendimento, que receberão antenas para a distribuição do sinal de internet. A conexão será feita por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), que recebeu R$ 3 bilhões em investimentos. Em órbita desde maio de 2017, o equipamento tem vida útil de 18 anos.

Após a assinatura da adesão, a previsão é que os primeiros municípios beneficiados recebam a partir de maio as antenas que permitirão a conexão. O Ministério espera que sejam instaladas 200 antenas por dia. Segundo o Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, até esta segunda feira, quase metade dos municípios brasileiros (2.766) cidades concluíram o cadastro na plataforma e foram consideradas aptos para formalizar a adesão ao programa.

A internet em banda larga nas escolas era prevista desde 2005 e só agora o governo federal leva para todos os municípios brasileiros. Além dos convênios com as prefeituras, o Ministério da Ciência já firmou parcerias com o Ministério da Defesa, para monitoramento das fronteiras brasileiras; com o Ministério da Educação, para levar banda larga a todas as escolas públicas do país – 7 mil devem ser beneficiadas este ano; e com o Ministério da Saúde, para implantar internet em hospitais e postos de saúde.

“Vamos entregar para o cidadão a possibilidade de ver consultas pelo celular, lugar na fila. Quando o cidadão chegar no posto e usar a biometria, os médicos terão acesso a todo o prontuário dele. Vamos economizar R$ 20 bilhões dos R$ 246 bilhões investidos na saúde por Estados, municípios e União apenas por não repetir exames e compra de equipamentos”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP).

Temer também sancionou o projeto aprovado no Congresso Nacional que libera R$ 2 bilhões para os municípios desenvolverem ações nas áreas de educação, saúde e assistência social. Isto vai auxiliar as finanças de municípios.

O Internet para Todos, vai promover mais conhecimento, compartilhamento de informações e diversão à população, bem como melhorar a comunicação e a atuação das gestões municipais. O programa vai democratizar o acesso à internet buscando a inclusão social.

Morre o lendário estilista Hubert de Givenchy

O icônico francês Hubert de Givenchy, faleceu aos 91 anos no dia 10 deste mês, 66 anos depois de fundar a Maison que hoje tem Clare Waight Keller à frente da direção de estilo. Ele também foi pioneiro da beleza da marca francesa na perfumaria em 1958.

O pioneiro e clássico L’Interdit foi a primeira fragrância da história em homenagem a atriz Audrey. Depois em 1959 ele lança o masculino Monsieur, traduzindo a elegância impecável e a sedução do homem francês. Na sequência criou o intenso Givenchy III, o primeiro perfume feminino distribuído em grande escala. Visionário, fundou em 1989 a linha de beleza Givenchy Beauté.

A mente criativa não parou por aí. Em 1991 inaugurou um templo de beleza e estética perto de Paris. Um embaixador da arte de bem viver. A Givenchy tem três spas luxuosos: um no Hotel Le Mirador, na Suiça; no Hotel Sahai, no Marrocos; e no Metropole Montecarlo, em Mônaco.

Seja membros da realeza, personalidades políticas ou celebridades do teatro, cinema e televisão, possuía uma cartela de clientes de dar inveja, construída com muito trabalho ao longo dos anos.

O designer de moda francês Hubert de Givenchy fazia sucesso desde 1953 com Audrey Hepburn, estrela do filme ‘Sabrina’. E também com a primeira-dama dos Estados Unidos Jacqueline Kennedy Onassis, em 1960 e depois em 1961 durante visita à Rainha Elizabeh II e Príncipe Phillip no Palácio de Buckingham, em Londres, Reino Unido.

Relembrar algumas das celebridades que foram vistas trajando suas elegantes criações é manter vivo o seu legado. O Conjunto Coktail constituído por um vestido e um colete em Chantilly (Leavers), usado por Audrey Hepburn no filme Bonequinha de Luxo. Atrizes como Elizabeth Taylor, Joan Collins e Audrey Hepburn, durante um evento em homenagem a Hubert de Givenchy em Beverly Hills, Estados Unidos.

Sua última coleção High Fashion Autumn, em Paris, na França - 11/07/1995 é lembrada até hoje, assim como a "Hubert de Givenchy" em "Cite de la Dentelle et de la Mode" em Calais, na França - 15/06/2017.

O couturier contribui muito com a moda, cinema, beleza, perfumaria e bem estar. O lendário estilista, criador do ‘pretinho básico’ deixa um grande legado para várias gerações. Givenchy viverá para sempre em nossos corações e no nosso dia-a-dia com os clássicos que marcaram era: Monsieur de Givenchy, Ysatis e Givenchy III.

Curtas

Beyoncé irá sair em turnê ao lado do marido Jay-Z, o anúncio foi feito hoje por meio das redes sociais da cantora, com vídeos e fotos. Intitulada On the Run II, a turnê servirá como uma continuação, já que ambos já realizaram uma série de shows juntos na On the Run, em 2014. A pré-venda acontece a partir do dia 14 de março, com a venda geral no dia 19. Ainda não foram anunciadas datas e nem locais das apresentações.

Luiz Navarro, ex-ministro da Controladoria-Geral da União, tomou posse nesta segunda-feira, como presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República, para um ano de mandato. Ele havia sido eleito em fevereiro, durante a última reunião do órgão, pelos demais conselheiros. Navarro era integrante da comissão desde 2016. Navarro é advogado, formado e pós-graduado na UnB. Ingressou no serviço público como consultor legislativo do Senado e trabalhou por dez anos na CGU, tendo passado pela secretaria-executiva e por cargos de corregedoria.

Vigilantes retornam ao trabalho após 12 dias de greve. A decisão foi tomada após assembleia do final da tarde de hoje. A volta ao trabalho dos mais de 20 mil vigilantes foi um pedido da desembargadora Maria Regina Machado Guimarães, do TRT, entre a Corte, os trabalhadores e patrões. Ainda bem porque a greve deles causou muitos problemas nas unidades de saúde, Zoológico e bancos.

 
RocketTheme Joomla Templates