Coluna Bernadete Alves - dia 10/03/2018

Padrão de placas adotado pelo Mercosul passa a valer no Brasil

O novo formato do emplacamento de veículos brasileiros foi publicado pelo Departamento Nacional de Trânsito, no Diário Oficial da União do dia 15. A medida tem por objetivo melhorar a fiscalização e o controle de trânsito de veículo entre os países vizinhos. O modelo comum de placas de automóveis para o Mercosul foi apresentado em 2014 e teve sua implantação no Brasil adiada por duas vezes. Uruguai e Argentina já adotam o novo modelo.

A nova placa para veículos brasileiros no padrão Mercosul passa a valer para os modelos zero quilômetro, veículos que passarem por processo de transferência de município ou propriedade, ou quando houver a necessidade de substituição das placas. Os veículos usados terão até 31 de dezembro de 2023 para mudar a placa.

Um dos argumentos do Denatran para a unificação das placas entre os países do Mercosul, é para facilitar a fiscalização nas fronteiras. Com um sistema unificado, será possível o intercâmbio de informações entre os países e a unificação do sistema de consultas das placas.

As placas terão chip eletrônico e código de barras bidimensional (QR Code). O dispositivo eletrônico conterá informações do veículo, que poderão ser acessadas por órgãos como as polícias Federal, Rodoviária Federal e estaduais e a Receita Federal, segundo o Ministério das Cidades, ao qual o Denatran é vinculado. Outra possibilidade é que esse sistema servirá para permitir o acionamento automático de portões e cancelas.

O credenciamento das empresas autorizadas para a fabricação do novo modelo de placa será feito pelo Denatran. Atualmente, esse controle é feito pelos departamentos estaduais (Detran). Com isso, o valor será padronizado nacionalmente. Segundo o órgão público, a expectativa é de que o custo de fabricação seja menor que o atual.

Festival Teen apresenta a “Nova Jovem Guarda”

Com o objetivo de oferecer um palco para os artistas consagrados na Web e proporcionar o contato pessoal com os fãs, a Fibra Entretenimento idealizou o Festival Teen. Neste sábado doze artistas que tem capacidade de mobilização, com milhões de seguidores, se revezaram em festa matinê em clube de São Paulo. Com patrocínio da Samsung e do YouTube, o festival aproximou os fãs de seus ídolos digitais, com 12 shows e 10 horas de duração.

Os cantores que têm público cativo nas redes sociais e que se apresentaram em São Paulo foram: Iza, carioca de 27 anos descoberta no YouTube; João Guilherme, 16 anos, filho caçula do cantor Leonardo, tem 7,5milhões de seguidores no Instagram e 170 milhões de visualizações no YouTube; as youtubers Mariana Nolasco e Sofia Oliveira; Dani Russo; Zé Felipe, Vitor Kley, Ana Gabriela e Gabriel Elias; Mharessa Fernanda; Maria Antônia Cavalcante; Giovanna Chaves, Pedro Pascual, Trio Yeah. Depois de “alimentar” uma amizade digital com seus clipes, eles agora se abasteceram de aplausos.

“É impossível ignorar esse movimento de celebridades do mundo digital, que está crescendo de maneira orgânica, cada dia mais forte. Nosso pioneirismo está em juntar várias delas”, declara Victor Nunes, idealizador do festival. A intenção é levar o festival para outras cidades do Brasil em 2018 e realizar a segunda edição em São Paulo.

Curtas

Reservatório do Descoberto chega a 61% do volume total. É o maior índice já registrado desde agosto de 2016. A intensa chuva que cai nos últimos dias no Distrito Federal foi a responsável por esta boa notícia. Mesmo assim o racionamento de água, que teve inicio em janeiro de 2017, vai continuar até a inauguração do Corumbá IV. Já os produtores rurais estão autorizados pela Caesb a retirar água bruta do Descoberto todos os dias das 6h às 9 horas.

Presidente Michel Temer esteve neste sábado na residência da ministra Cármen Lúcia, presidente do STF. Na saída do encontro,Temer disse que foi tratar de segurança pública e sobre a intervenção no Rio de Janeiro. A oposição diz que a visita foi para tratar da inclusão de seu nome em inquérito para apurar repasses da Odebrecht ao MDB em 2014. Não é a primeira vez que Temer visita Cármen Lúcia em momento de desgaste entre Executivo e Judiciário. Em janeiro ele foi a casa da ministra após ele ter concedido liminar impedindo o bloqueio das contas do RJ em função de uma dívida com a União.

Maria Aparecida Veras, delegada aposentada, lança no dia 15 o livro “Vida de Delegada”, no Carpe Diem às 18h. O livro, com prefácio do delegado Luiz Juliano Ribeiro, mostra o dia a dia de mulheres policiais, seus sacrifícios e vitória. A chefe adjunta da Deam, trabalhou por 18 anos desvendando crimes, comandando investigações em uma época com mínimos recursos tecnológicos. “A profissão é um constante desafio, porque você precisa se manter atualizada, ter o feeling policial e capacidade de investigação, mas, ao mesmo tempo, separar as histórias para não chorar junto com a vítima”, declarou em entrevista ao Correio Braziliense.

 
RocketTheme Joomla Templates