Coluna Bernadete Alves - dia 02/03/2018

Rio de Janeiro completa 453 anos com muitas comemorações

A cidade maravilhosa completou ontem 453 anos. Em 1º de março de 1565, Estácio de Sá fundou oficialmente a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, com o intuito afastar tentativas de invasões deste território por parte de nações estrangeiras, como os franceses e espanhóis. Para comemorar tão importante data só com muita festa e alegria.

A prefeitura preparou o 'Rio Baila Rio', com shows no Centro e Padre Miguel, que vão até sábado. Para abençoar a Cidade Maravilhosa, a Arquidiocese do Rio promoveu uma missa em Ação de Graças, às 18h, na Igreja dos Frades Capuchinhos, na Tijuca, celebrada pelo arcebispo do Rio, o cardeal Dom Orani Tempesta.

O tradicional bolo de aniversário, de 5 metros, foi servido às 10h, ao lado do Edifício Avenida Central. A Confraria do Garoto que organiza a comilança. No Largo da Carioca, teve festa das 17h às 21h, com o baile da Orquestra Bianchinni. Shows ao vivo, exposições e inúmeras atividades culturais foram algumas das atrações que os cariocas aproveitaram durante todo o dia. Tudo organizado pela prefeitura do Rio de Janeiro.

Para os fãs da black music, o ponto de encontro é na Praça Mauá, com o Charme Black Bom, de 18h às 22h. A música foi comandada pelo Coletivo Consciência Tranquila. Na Zona Oeste, a festa será no sábado, na Praça Guilherme da Silveira, em Padre Miguel. A Banda Black Rio vai comandar o agito a partir das 18h, com ritmos de MPB, como Tim Maia, Sandra de Sá e Luiz Melodia.

O prefeito Marcelo Crivella parabenizou o 453º aniversário do Rio e participou de uma ação para a promoção da saúde e bem-estar, na sede da prefeitura, na Cidade Nova. Parabenizou o Rio pelos seus 453º aniversário e disse que o povo carioca é capaz de enfrentar adversidades com criatividade e inteligência. Crivella disse que os "desafios são enormes", mas que os problemas não intimidam os moradores. "Pelo contrário, motiva ainda mais o carioca a encontrar solução", declarou o prefeito.

"Quero celebrar esse Rio de Janeiro pujante, extraordinário. Nós temos muitas razões para celebrar nosso aniversário. Como prefeito, me sinto cada dia mais animado, mais fortalecido e com mais desejo de enfrentar e superar cada uma das nossas dificuldades. Parabéns ao povo do Rio de Janeiro, que está mostrando ao Brasil e ao mundo como vencer as mais difíceis crises nesse processo de aperfeiçoamento econômico, social, cultural e até espiritual das civilizações", afirmou Crivella.

Para nós que não moramos na cidade maravilhosa, uma boa maneira de celebrar os 453 anos é nos deslumbrando com as belezas incomparáveis da antiga capital do Brasil. A vista aérea do Rio de Janeiro, com o Pão de Açúcar e a Baía de Guanabara ao fundo; o Museu do Amanhã, projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava; o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a orla da praia de Ipanema e seus icônicos mosaicos, o bairro de Copacabana e o Leme vistos de cima; as montanhas desenhadas atrás da neblina, vista aérea da Lagoa Rodrigo de Freitas; barcos na Baía de Guanabara; o fim de tarde na Praia do Arpoador, em Ipanema; a cadeia de montanhas do Rio de Janeiro durante o crepúsculo, momentos antes de anoitecer.


“O crime não é mais forte do que o Estado brasileiro”, diz Galloro

Rogério Galloro tomou posse como novo diretor-geral da Polícia Federal e afirmou que vai valorizar os servidores, integrar mais as unidades e reforçar a equipe da Lava Jato. “Essa é uma condição basilar. O crime não é mais forte do que o Estado brasileiro. Iniciei minha carreira em uma unidade descentralizadas em São Paulo. Elas devem ser objeto de nossa dedicação, porque é lá que entendemos estar o desafio de ser da Polícia Federal”, ressaltou Galloro, após citar uma frase atribuída ao líder sul africano Nelson Mandella: “Coragem não é falta de medo, mas triunfo sobre ele”.

“As conquistas dos últimos anos são marcantes para a PF e indeléveis para a história da instituição. Essa responsabilidade só será respeitada com dedicação, fidelidade constitucional e coragem", disse o novo diretor.

O delegado federal Galloro convidou para formar a cúpula da instituição delegados que são especialistas em combate ao crime organizado. A expectativa na corporação é de que, com o novo comando, a PF consiga ser protagonista na atuação contra as organizações criminosas ligadas ao narcotráfico e a desvios de dinheiro público dentro da nova formatação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública, pasta à qual está subordinada a PF. A Diretoria Executiva será ocupada por Silvana Helena Borges; o diretor de Combate ao Crime Organizado será Elzio Vicente da Silva; a Diretoria de Inteligência Policial (DIP) ficará a cargo de Umberto Ramos Rodrigues; a Diretoria de Gestão de Pessoal terá no comando Delano Bunn, e a Diretoria de Logística fica sob a responsabilidade de Fabricio Kelmer.

Galloro exercia a função de secretário nacional de Justiça do Ministério da Justiça desde 24 de novembro de 2017. Entre as atribuições da Secretaria Nacional de Justiça está a de coordenar a Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA) e, também, as políticas nacionais de migrações e sobre refugiados. A política pública de classificação indicativa também é uma competência da Secretaria.

O ex-superintendente da Policia Federal no Maranhão, Fernando Segóvia, comandou a Policia Federal por pouco mais de três meses, agradeceu ao ministro da Justiça, Torquato Jardim e disse que as pessoas passam e a instituição permanece. Segovia disse ainda que haja “maturidade” e “profissionalismo” para dar continuidade ao trabalho de “mudar e aperfeiçoar a gestão e fortalecer a nossa Polícia Federal”. O agora ex-diretor-geral agradeceu aos comandantes militares que “sempre apoiaram a Polícia Federal” e ao agradecer a família citou o imperador romano Júlio Cesar:”vim, vi e venci”.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, defendeu que, a exemplo das áreas de saúde e educação, a segurança tenha também uma previsão mínima no Orçamento. De acordo com ele, essa é uma forma de se avançar no sentido de “universalizar o direito à segurança”. “Embora pertença à área social, a segurança pública não faz parte da área de seguridade social, onde está a saúde e educação. Todos esses setores encontraram formas de regular e ter piso garantido ou leis que asseguram a cada um deles um mínimo para o seu funcionamento”, disse. “Isso não acontece com a segurança pública, que é o patinho feio da área social de nosso país. Não há regulamentação para garantir a estabilidade da segurança. Mas isso é um problema da Constituição”, acrescentou.

Raul Jungmann criticou o fato de 80% das atribuições da ordem da segurança pública estar com os governos estaduais, quando, segundo ele é a PF que "responde por basicamente a totalidade com a ordem da segurança publica da União”.

Curtas

Claudio Lamachia, presidente do Conselho Federal da OAB, é incansável na luta pelos mais relevantes interesses da advocacia e da cidadania brasileiras. Ele quer que os prazos processuais em dias úteis sejam padronizados, estendendo-se aos juizados de todo o Brasil.

A empresária Heloisa Hargreaves é a aniversariante de hoje. Ela festeja ao lado do marido Henrique Hargreaves, ministro chefe da Casa Civil do governo Itamar Franco, e dos filhos e netos. O casal é muito querido em Brasília e Minas Gerais. Parabéns, vida longa e abençoada.

Portugal recebe cada vez mais estudantes brasileiros. O motivo é que Portugal e Brasil firmaram em 2014 uma série de convênios para que a nota do Exame Nacional do Ensino Médio seja considerada para ingresso em instituições de ensino superior portuguesas. Já são 28 universidades e institutos que aceitam a nota do Enem. Os brasileiros já representam cerca de 30% dos estrangeiros nas universidades portuguesas de acordo com o Consulado Geral de Portugal em São Paulo.

Para Raquel Dodge a corrupção eleitoral e o financiamento ilícito de campanhas precisam ser combatidos ‘com mais rigor’. A procuradora falou isso durante reunião de trabalho da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE). Dodge alertou que “essas práticas acabam privatizando o Estado brasileiro e são a origem de grandes investigações como a Lava Jato”. A reunião com os 26 procuradores regionais eleitorais que vão atuar na fiscalização das eleições deste ano foi no TSE.

Neste Dia Mundial da Oração vamos agradecer a Deus pelas coisas boas da nossa vida, pedir orientação sobre problemas e por aquilo que almejamos.Orar é uma forma de buscar a força divina e, sem discriminação de religião, este ato nos fortalece e eleva nossa alma a Deus. A fé bem sedimentada rende muitas bênçãos, dentre elas a paz. A oração é a chave para as vitórias de Deus na nossa vida!

STF mantém aplicação de Ficha Limpa a políticos condenados antes de 2010 por abuso de poder. O plenário aprovou que os efeitos da condenação transitada em julgado, ou seja, sem possibilidades de recurso,devem ser aplicados “a todos os processos de registros de candidatura em trâmite. A decisão pode fazer com que políticos que estejam no exercício do mandato sejam enquadrados nessas condições.

 
RocketTheme Joomla Templates