Coluna Bernadete Alves - dia 15/12/2017

Yolo Club lança em Brasília passaporte para melhores restaurantes

Os empresários Nilvo Salvatori e Victor Thomé, representantes da franquia Yolo Club, recebem convidados no dia 18 na Steak Bull, para apresentar o 1º Passaporte Gastronômico de Brasília. O lançamento do método inovador para clientes desfrutarem os melhores restaurantes da capital do país será apresentado pelo ator Rainer Cadete. A proposta vai surpreender os apreciadores da boa mesa.

Nilvo Salvatori, que possui restaurantes em Cuiabá-MT, conta que Brasília foi escolhida devido ao grande mercado gastronômico. Os restaurantes Abbraccio, Dudu Bar, Sallva, Manzuá, Mormaii, Steak Bull, Santé 13, Dona Lenha, Nazo, Don Durica, Taco Pep, Sumo, Torteria di Lorenza, já são parceiros do Yolo Club. As vendas serão realizadas através do site www.yoloclub.com.br a partir de hoje.

O empresário Victor Thomé,diz que os benefícios do passaporte são bons tanto para consumidores quanto para os restaurantes. Em restaurantes, os clientes têm 100% de desconto no segundo prato, ou seja, consomem 02 pratos e pagam apenas 01. Ao todo são 60 vouchers com atraentes benefícios. “Em posse do passaporte, as pessoas tendem a sair mais de casa, frequentar locais em que ainda não conhecem, aumentando consideravelmente o fluxo de pessoas nos estabelecimentos parceiros. Isso movimenta a economia e a geração de emprego”, declara Thomé.

O nome Yolo, foi inspirado na frase You Only Live Once, que pode ser interpretada como "aproveite a vida, pois você vive apenas uma vez".

Márcia Rollemberg entrega milhares de brinquedos a entidades

A campanha de arrecadação de brinquedos do Governo de Brasília, com o apoio de diversos órgãos e da sociedade civil, arrecadou mais de 23 mil brinquedos neste ano. Destes, 17 mil foram entregues para entidades cadastradas pelo Banco de Alimentos da Ceasa-DF. A cerimônia de entrega dos brinquedos foi ao som de músicas natalinas cantadas por crianças da Creche São José do Operário, da Estrutural, no Setor de Indústrias e Abastecimento e teve a presença de representantes de cerca de 120 instituições assistenciais.

A primeira-dama de Brasília, Márcia Rollemberg, entusiasta da campanha, enalteceu o envolvimento da sociedade civil nas ações do governo e ressaltou a importância da defesa dos direitos das crianças. “Não podemos ser omissos. Temos que assumir as crianças como prioridade da nossa cidade”, declarou a colaboradora do governo.

Aurélio de Paula Guedes Araújo, secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, elogiou o trabalho da esposa do governador com o Criança Candanga e o Portal do Voluntariado. O envolvimento dos voluntários foi primordial. É uma corrente gigante que envolve todo o governo e a sociedade. São milhares de pessoas. Acredito que o DF está mostrando o potencial que tem para doar, ajudar e contribuir”, declarou Aurélio de Paula.

O evento foi prestigiado pelo embaixador da República Dominicana, Alejandro Arias e representantes das embaixadas da Alemanha e da Bélgica, parceiros do Governo de Brasília no projeto “Embaixada Portas Abertas”.

OAB Nacional faz homenagem a CCJ da Câmara dos Deputados

Claudio Lamachia, presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, homenageou durante a sessão do Conselho Pleno, os deputados que votaram pela aprovação do Projeto de Lei 8.347/2017, que criminaliza o desrespeito às prerrogativas profissionais da advocacia, na Comissão de Constituição Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados.

O presidente Lamachia disse que era um momento de reconhecimento e de agradecimento aos 45 votos dos deputados da CCJ, presidida por Rodrigo Pacheco. Ele também exaltou o trabalho conjunto e abnegado dos representantes da advocacia, que se dedicaram a esclarecer aos deputados os propósitos do projeto.

“Em nome do deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), presidente da CCJ, deputado Wadih Damous (PT-RJ), relator do texto na CCJ, e deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), coordenador da bancada da advocacia na Câmara, que estiveram conosco deste o primeiro momento, agradeço a todos que compreenderam a importância deste projeto para a advocacia, mas acima de tudo para a cidadania. Na medida que fortalecemos a atuação profissional das advogadas e dos advogados estamos fortalecemos o cidadão”, disse Lamachia.

O presidente da OAB lembrou da disposição com que o presidente da CCJ tratou a advocacia quando procurado a debater sobre o tema. “Rodrigo Pacheco esteve desde o primeiro momento sintonizado conosco neste processo. A apreciação deste projeto na CCJ, desde que chegou do Senado Federal, teve a condução exemplar do deputado. Ex-conselheiro desta Casa, que honra a advocacia por tudo que tem feito e também presidindo atualmente a CCJ. Seu telefone esteve aberto para a advocacia”, afirmou Lamachia.

O presidente da CCJ destacou o trabalho do vice-presidente nacional da OAB, Luís Claudio Chaves, que é seu conterrâneo. “Minha homenagem muito especial é ao Luís Cláudio Chaves. Só sou deputado em razão de minha profissão e da militância que tive na OAB. A gratidão, que deve morar em cada um de nós, deve se expressar e se materializar em gestos”, afirmou Pacheco.

“Esse episódio do projeto que criminaliza o desrespeito às prerrogativas revelou algo muito importante. A OAB e os advogados não podem prescindir da representação política nas casas legislativas. Foi isso que permitiu que, ao se abrir a votação naquela tarde na CCJ tivesse lá 45 votos contra três votos, depois de uma pressão que eu sinceramente, em meu um ano de presidência da CCJ, nunca tinha visto. Pressão contra o projeto. Então isso revelou a força de nossa entidade, da nossa classe, numa causa que é nossa, mas que vai para muito além dos interesses corporativos para ser uma defesa legítima da cidadania”, declarou o presidente da CCJ.

Arnaldo Faria de Sá reforçou seu vínculo com a OAB ao falar durante a sessão do Conselho Pleno. “Quero cumprimentar o Lamachia e todos os membros do Conselho Federal. A OAB é extremamente importante para a cidadania. Somos da bancada da OAB lá no Congresso. Wadih, Rodrigo e eu. Nosso primeiro partido é a OAB. Essa luta é importante e mostrar que a OAB tem cara, que luta pelas prerrogativas e pelos diretos do cidadão. Dessa maneira firme e decidida. Com faz um advogado na defesa de seu cliente. Essa luta foi muito importante. A luta da OAB é extremamente importante”, afirmou o parlamentar.

 
RocketTheme Joomla Templates