Coluna Bernadete Alves - dia 11/12/2017

Troféu Domingão – Os Melhores de 2017

A premiação “Melhores do Ano” celebra o talento na TV, na música, na comédia e no jornalismo, divididos em 15 categorias. O público vota em três artistas e em cantores que brilharam e fizeram sucesso durante o ano na TV Globo. A iniciativa, realizada anualmente, é do programa Domingão do Faustão, da Rede Globo.

Os grandes vencedores da 22ª edição do programa de gala de Fauto Silva foram: Atriz: Paolla Oliveira; Cantor: Luan Santana; Ator Marco Pigossi; Ator de Série: Julio Andrade; Música do Ano: K.O de Pabllo Vittar; Atriz de Série: Marjorie Estiano; Personagem do Ano: Silvana ( atriz Lilian Cabral); Cantora: Ivete Sangalo; Ator Coadjuvante: Emilio Dantas; Atriz Coadjuvante: Débora Falabella; Comediante: Lucas Veloso; Ator Revelação: Jonathan Azevedo; Atriz Revelação: Carol Duarte; Ator Mirim: João Bravo e Jornalista: Sandra Annenberg.

A atriz Paolla Oliveira levou a melhor com a personagem Jeiza, de "A Força do Querer", e ganhou o "Troféu Domingão - Melhores do Ano", como Melhor Atriz. "Estou muito feliz de estar aqui pela novela. Vocês compraram uma mulher forte, cheia de opinião, diferente, e essa é a mulher que a gente quer ver na vida. Essa mulher é bom caráter sim, é guerreira sim. Que a mulher tenha força e voz sempre", declarou emocionada Paolla Oliveira.

Julio Andrade, de 'Sob Pressão', é o Ator de Série de 2017"Queria agradecer minha mulher, que segura uma base, vive sob pressão porque a gente tem o Joaquim, que a gente decidiu criar junto. Essa mulher não existe. Te amo, meu amor!" - Julio Andrade. Marjorie Estiano ganha o troféu Melhor Atriz de Série de 2017 "Esse projeto como um todo é tão especial... Dá tanto orgulho de falar de um lugar tão frágil do país" - Marjorie Estiano.

Ator Coadjuvante Emilio Dantas “Eu fiquei muito feliz porque era um prêmio que eu não tinha ainda. O coadjuvante talvez seja a imagem do trabalho em equipe", declara Emilio Dantas. Atriz Coadjuvante Débora Falabella "Estou me sentindo muito feliz e nem esperava. Nunca tinha feito (uma vilã). Com a Irene eu vi que as pessoas adoravam odiar a personagem", diz Débora.

Na Categoria Especial - Personagem do Ano: para SILVANA, interpretada pela fabulosa atriz Lilia Cabral. "Estou emocionada mesmo. Me dediquei muito a essa personagem porque tive uma responsabilidade muito grande. Queria agradecer também a toda a equipe do Papinha. Estou muito feliz!" diz Lilia Cabral. A Cantora Ivete Sangalo disse que não esperava receber o troféu. "Eu queria agradecer aos fãs, tenho 24 anos de carreira na companhia deles. Também queria dedicar esse prêmio à minha família e ao meu filho Marcelo, que será o irmão mais lindo e poderoso deste mundo", declara Ivete Sangalo.

Consumidor vai resgatar créditos de compra de medicamentos em 2018

Com o intuito de ajudar os segmentos mais necessitados, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, lançou nesta segunda-feira o programa Saúde Nota Legal. O incentivo do governo de Brasília vai estimular os consumidores a pedirem o CPF na nota fiscal e isso vai ajudar no combate à sonegação, melhorar a arrecadação tributária e aumentar a competitividade das empresas.

No chamado Nota Saúde Legal, a apuração do crédito será feita a cada 4 meses. O governo terá 60 dias para devolver o crédito. O limite de ressarcimento por consumidor será de 7,5%. Os créditos poderão ser resgatados para abatimento de impostos (IPTU ou IPVA) ou para depósito do dinheiro em conta corrente ou poupança. Para isso, é importante manter o cadastro do programa atualizado, em especial as informações bancárias. O saldo mínimo para resgate em conta — válido para quem não possui imóvel ou veículo vinculado ao CPF, é de R$ 25. Os créditos prescrevem após dois anos do lançamento.

O governador Rollemberg considerou a mudança um ato de justiça com os segmentos mais necessitados. “Isso significará a devolução de R$ 24 milhões [no primeiro ano do programa] para quem compra medicamentos. Beneficiará sobretudo a população mais idosa, que utiliza mais medicamentos”, disse o chefe do Executivo local.

Serão válidas para a contagem apenas notas fiscais eletrônicas ao consumidor (NFCe), e somente podem se beneficiar aqueles que não têm nenhum débito tributário com o governo local. O programa só aceitará documentos fiscais de medicamentos adquiridos em farmácias. Não são permitidas notas de distribuidoras. Nas compras, serão considerados somente os valores referentes aos medicamentos — que possuem um código de cadastro. Não contam produtos de higiene, alimentícios e de perfumaria, por exemplo.

O secretário de Fazenda, Wilson de Paula, disse que o avanço tecnológico é que permitirá um cronograma mais rápido de retorno dos créditos no caso dos remédios. Como só serão aceitas as notas fiscais eletrônicas ao consumidor (NFCe), o processamento é diferente. “É instantâneo. No momento que a pessoa adquire, nós já temos a nota”, explica o secretário.“Estamos buscando um Nota Legal mais justo. Quem mais gastava, mais recebia. Agora, ele está mais uniforme”, declara Wilson de Paula.

O senador José Reguffe defendeu a ideia durante a campanha de Rollemberg ao governo de Brasília em 2014. O parlamentar reconheceu a proposta como um avanço: “Ninguém compra remédio porque quer, é uma necessidade. Não é justo a população pagar impostos sobre remédios”, disse em defesa do fim da tributação.

Ministro do Trabalho visita Grupo Guararapes/Riachuelo no RN

O industrial Nevaldo Rocha, fundador do Grupo Guararapes, e Flávio Rocha, vice-presidente do Grupo e presidente da Riachuelo, receberam a visita do ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira, do governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, e líderes das principais instituições representativas do setor produtivo do Rio Grande do Norte, e empresários convidados, nas instalações da empresa, no município de Extremoz. A comitiva visitou, em mini carros movidos à bateria, todos os setores da fábrica, que hoje emprega mais de 8 mil trabalhadores.

Também participaram da visita o secretário de Desenvolvimento, Flávio Azevedo, o secretário extraordinário de Gestão de Projetos, Vagner Araújo, o presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, e os Diretores Heyder Dantas e Silvio Torquato, o presidente da Fecomércio, Marcelo Queiróz, a reitora da UFRN Ângela Paiva, o diretor da Tribuna do Norte, Ricardo Alves, e empresários convidados. Após a visita eles participaram de almoço.

A Guararapes é considerada referência da indústria têxtil/de vestuário nacional e produz para a rede varejista Riachuelo, pertencente ao Grupo. A Riachuelo, que completou 70 anos em 2017, é a maior empresa de moda e uma das três maiores redes de varejo do país, com mais de 300 lojas em todo o território nacional e 40 mil funcionários. Destes, 8 mil trabalham na fábrica no Rio Grande do Norte.

O ministro Ronaldo Nogueira disse que a modernização da legislação trabalhista veio para quebrar paradigmas nas relações de trabalho e permitir a volta do emprego ao Brasil. “O empresário precisa de segurança jurídica para contratar e o trabalhador precisa de oportunidades, com garantia de direitos. É isso o que a nova legislação traz para o país”.

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, destacou a importância do grupo para o Brasil e a oportunidade de trabalho, emprego e renda. Disse que o seu governo trabalha para facilitar a vida dos empreendedores do Estado.

O presidente da Riachuelo Flávio Rocha, agradeceu a visita das autoridades e elogiou a qualidade da mão de obra no Rio Grande do Norte. Rocha falou que o Brasil tem dificuldade de contratar, abrir empresa e excesso de judicialização em casos trabalhistas. “São areias nas engrenagens que atrapalham a trabalhabilidade. Isso não faz bem ao trabalhador e não garante conquistas”. Ele disse que o ambiente produtivo não pode continuar enfrentando situação hostil, tanto nas áreas de Meio Ambiente quanto nas relações de trabalho. “Para o Brasil crescer é preciso melhorar o ambiente de negócios”.

 
RocketTheme Joomla Templates