Coluna Bernadete Alves - dia 10/09/2017

Setembro Amarelo em prol da vida

Setembro AmareloSetembro Amarelo

A vida é maravilhosa, mas viver não é uma tarefa simples. Somos testados constantemente e sofremos com as frustrações do cotidiano. Se não estivermos fortalecidos mentalmente e emocionalmente, vai ser difícil resistir às decepções e contrariedades, comuns a todas as pessoas. Para construir uma habilidade social para a vida é preciso ter resiliência.

Quem não estiver preparado para as pressões começa a se isolar socialmente e fica sem perspectiva. A pessoa tende a achar que é um fardo para seus amigos e sua família. Fica desinteressada pelas atividades que sempre foram prazerosas, é tomada por um sentimento de inutilidade e de culpa, sente cansaço extremo, irritabilidade, dificuldade de concentração e de tomar decisões, insônia e perda de peso, são comportamentos de alerta.

Setembro AmareloSetembro Amarelo

Para ajudar a pessoa em crise, cuidar e tratar a saúde mental a Associação Internacional para Prevenção do Suicídio, com o apoio da Associação Brasileira de Psiquiatria , do Centro de Valorização da Vida, do Conselho Federal de Medicina , criou o Setembro Amarelo, campanha que busca vivificar reflexões sobre saúde mental e valorização da vida. Com isso o suicídio, que espelha fatores biológicos, genéticos, psicológicos, sociais e também culturais, tem sido desvendado, nos últimos quatro anos, pela campanha.

Setembro AmareloSetembro Amarelo

Familiares e amigos devem compreender que a depressão e o suicídio não são uma estratégia infantil da pessoa para chamar a atenção, nem frescura. Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria, em geral, a vontade de acabar com a própria vida é provocada pela falta absoluta de perspectiva e uma enorme sensação de desamparo e angústia. O que não se destaca é que, na maioria dos casos, o radical desejo é gerado por um quadro de transtorno mental tratável, como depressão, transtorno bipolar afetivo, esquizofrenia, quadros psicóticos graves e transtornos de personalidade.Colegas de trabalho também podem e devem representar um ponto de socorro.

Setembro AmareloSetembro Amarelo

A Organização Mundial de Saúde estima que ocorram, no Brasil, 12 mil suicídios por ano. No mundo, são mais de 800 mil ocorrências. Relatório mundial sobre o tema, divulgado pela OMS, em 2014 apontou uma morte a cada 40 segundos. Esta triste constatação pode ser mudada com a campanha Setembro Amarelo, de conscientização a prevenção do suicídio, com o objetivo de alertar a população a respeito da realidade do suicídio.

Neste Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio vamos todos nos unir pela vida!

Karla Osorio inaugura galeria com seu nome e artista internacional

Karla OsorioKarla Osorio

A conhecida e respeitada galerista Karla Osorio que privilegia a produção mais inovadora em arte inaugurou a Galeria Karla Osório, no Setor de Mansões Dom Bosco, no lugar da galeria Gabinete de Arte K2o, criada em 2013, com a exposição “A semântica do vazio” do artista holandês-americano Roland Gebhardt. Ela recebeu os convidados ao lado do marido Guilherme Magaldi.

Karla OsorioKarla Osorio

“Roland Gebhardt preenche uma lacuna na história do minimalismo e é um dos autênticos renascentes de seu grupo. A obra de Gebhardt nos obriga a repensar a nossa identidade em relação ao vazio”, declarou a anfitriã neste novo momento de sua vida. Além das obras produzidas nas décadas de 1970 e 1980, o artista também apresentou trabalhos inéditos produzidos durante a residência artística no espaço Karla Osorio. Gebhardt já expos ao lado dos artistas famosos como Agnes Martin, Richard Serra, Donald Judd e Carl André.

Karla OsorioKarla Osorio

Gebhardt usou materiais como zinco, alumínio, papel museológico, madeira, mármore e pedras. O uso do vazio (void) tem sido o eixo central de sua pesquisa e produção por décadas. Mas, para Roland, o corte é elemento de união, substitui a linha e o traço tradicional. A tridimensionalidade é também característica marcante de sua obra, mesmo em esculturas efêmeras e até mesmo feitas com frutos e vegetais.

Karla assegura que a galeria que leva o seu nome vai manter e reforçar os ideais de sua criação, para inserção de artistas contemporâneos no mercado e na cena institucional. Vai apoiar pesquisas e projetos inovadores, e promoverá cursos, palestras e intervenções no espaço público.

Karla OsorioKarla Osorio

Karla Osorio participa de feiras de arte em vários países, sendo a única galeria de Brasília em algumas das melhores feiras do mundo como Basiléia, Miami, Nova York e Chicago. A galerista representa artistas brasileiros e estrangeiros, tanto a nível nacional, quanto internacional.

A exposição Roland Gebhardt – Semântica do Vazio pode ser visitada até o dia 13 de outubro de segunda a sexta das 9h às 18h30, mediante agendamento pelo telefone 3367-6303. A Galeria Karla Osorio fica na SMDB conjunto 31 lote 1B, Lago Sul.

 
RocketTheme Joomla Templates