Coluna Bernadete Alves - dia 02/09/2017

Uso consciente de água marca o lançamento da Virada do Cerrado 2017

A Praça dos Três Poderes foi palco, na noite de ontem, do lançamento oficial da Virada do Cerrado 2017 com música, teatro, artesanato e muitas atividades com foco no uso consciente da água e da sustentabilidade. O Maria Sabina & a Pêia, agitou o público presente com uma apresentação que mistura rock com ritmos brasileiros, a exemplo do samba, brega e baião. Depois passaram pelo palco os grupos Pé de Cerrado, Dillo e Mamulengo Presepada. Esta é a terceira edição do programa, que termina amanhã com atividades simultaneamente no Plano Piloto e em outras 27 regiões administrativas.

Além das ações socioambientais, os brasilienses poderão participar de projetos nas áreas educativa, esportiva e cultural com foco na recuperação e conservação de nascentes.“A Virada do Cerrado é um evento transformador, pois cria nas pessoas uma consciência que contribuirá para garantir uma cidade melhor para os nossos filhos”, declarou o governador Rollemberg. governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

A Virada do Cerrado é um programa colaborativo promovido pela Secretaria do Meio Ambiente em parceria com instituições e administrações regionais que promovem ações continuadas de capacitação e sensibilização em torno da sustentabilidade ambiental. André Lima, secretário do Meio Ambiente, destacou o envolvimento da população neste ano. “Percebemos que a sociedade se engajou bastante, com uma consciência ambiental comovente. Será uma edição marcante”, declarou o titular da pasta.

Na manhã deste sábado aconteceu o lançamento do projeto “Como Pode um Peixe Vivo”, que tem como objetivo recuperar rios, riachos, ribeirões e córregos das bacias hidrográficas do Distrito Federal. O nome do projeto refere-se a um clássico homônimo do cancioneiro brasileiro que virou referência a Juscelino Kubitschek após seu retorno do exílio na década de 1970.

O símbolo do projeto é o peixe pirá-brasília, espécie que vive exclusivamente no ecossistema do Distrito Federal e que sofre ameaça de extinção devido à degradação dos rios. “Como Pode um Peixe Vivo”, faz parte da programação da Virada do Cerrado e a cerimônia de lançamento ocorreu no Parque Ecológico e Vivencial do Riacho Fundo I, área de preservação ambiental que abriga o maior conjunto de nascentes do Ribeirão Riacho Fundo.

O governador Rodrigo Rollemberg disse que o projeto será um modelo para outras comunidades. “Tenho certeza que o resto do mundo vai ver no Fórum Mundial da Água um exemplo de como a mobilização social e a conscientização podem transformar nossa cidade em um lugar melhor.”

Jane Vilas Bôas, presidente do Ibram, disse que o trabalho de preservação envolve etapas de mobilização social, educação ambiental e melhorias físicas na malha de cursos d’água do DF. “O projeto Peixe Vivo vai melhorar as condições da água, das margens do rio Ribeirão Riacho Fundo e, principalmente, mobilizar a população para ter consciência de ser dona de uma riqueza, porque água é riqueza”, declarou a presidente do Ibram.

Mayra Aguiar é bicampeã do mundo no Judô

Mayra Aguiar ouroMayra Aguiar ouro

A gaúcha de 26 anos, Mayra Aguiar, torcedora do Grêmio, venceu a japonesa Mami Umeki, no "golden score" na final da categoria meio-pesado, até 78 quilos, e conquistou o lugar mais alto do pódio no Mundial de Budapeste.Para chegar ao ouro, Mayra Aguiar já havia passado pela eslovena Klara Apotekar, pela austríaca Bernadette Graf, pela francesa Audrey Tcheuméo e pela japonesa Ruika Sato.

A atleta da Sogipa foi campeã em 2014. Mayra é a primeira mulher da história do esporte do Brasil a ter dois títulos mundiais em uma modalidade individual. Com o segundo ouro ela se iguala ao atleta João Derly e se torna a segunda brasileira a ser bicampeã do mundo no judô.

Mayra Aguiar ouro

Além das medalhas de ouro de 2014 e agora em 2017, Mayra Aguar tem uma de prata, conquistada em 2010 e duas de bronze, em 2011 e 2013, em Mundiais. A atleta também conquistou duas medalhas de bronze olímpicas em 2012 e 2016.

Mayra Aguiar é um orgulho para o Brasil. Parabéns, supercampeã!

 
RocketTheme Joomla Templates