Coluna da Bernadete Alves - dia 28/12/2011

Dr. Marcio Bontempo: o defensor da medicina natural

Tive o prazer de participar da noite de autógrafo do novo manual de medicina natural, do médico Marcio Bontempo, no restaurante Damak, no Deck Norte de Solange Beraldo.

Dr. Marcio é especialista em saúde pública e foi o primeiro médico brasileiro a denunciar os perigos dos agrotóxicos e dos aditivos artificiais nos alimentos. Tem mais de 30 anos de experiência em medicina natural, complementar e integrativa. Para combater o poder da indústria farmacêutica, ele mostra no novo livro como a natureza é eficaz na prevenção das doenças.

O livro é prático, de fácil compreensão, indica recursos naturais e mostra a importância de se conhecer o próprio corpo para cuidarmos melhor da  nossa saúde. O Dr. Marcio promove, com mais este trabalho, a saúde, bem-estar, qualidade de vida e aumenta a nossa estima. Ele tem mais de 57 obras publicadas. Além do mais pratica a responsabilidade social com atendimento multidisciplinar em comunidades carentes.

Dr. Marcio com Solange Beraldo, proprietária do restaurante Damak, e o Secretário-Adjunto de Publicidade do DF, Edgar Fagundes.

 

Doe sangue

Com 2011 fechando as portas, quem tiver entre 18 e 67 anos, pesar acima de 50 quilos, ter boa saúde e portar documento de identificação com foto pode ajudar a salvar vidas. A Fundação Hemocentro de Brasília está com o estoque de sangue em baixa e precisando urgente do tipo O negativo. Este tipo pode ser utilizado por qualquer paciente.

No final de ano sempre há poucos doadores e a demanda aumenta devido aos acidentes. A coleta, depois de verificar a aptidão do doador, tem duração de 10 minutos, com supervisão de enfermeira/médico. O material é individual e descartável, garantindo segurança para o doador. Após a doação o doador recebe um lanche para repor as necessidades nutricionais. O homem pode doar com intervalo de 60 dias e a mulher com 90 dias. A parte líquida do sangue doado é reposta em 24 horas e o número de glóbulos vermelhos após 40 dias. Por isso a exigência do intervalo entre as doações.

Quem quiser doar o Hemocentro fica no Setor Médico Hospitalar Norte, quadra 3 ao lado do HRAN. O atendimento é feito de segunda a sábado das 7h às 18 horas. Mais informações, ligue 160 ou 3327-4424. Doar sangue é um gesto de amor.

 

Atenção com as liquidações de fim de ano

Grande parte da população espera pelas liquidações para economizar nas compras. É preciso, no entanto, verificar o estado do produto. Muitas vezes não vale comprar ponta de estoque porque na maioria das vezes os defeitos em produtos de vitrines e mostruários não estão descritos e nem o consumidor é informado pelo vendedor. Com isso, ele, ao verificar o defeito, pode efetuar a troca que está prevista no Código de Defesa do Consumidor. 30 dias para bens não duráveis, como, por exemplo, sapatos e roupas, e 90 dias para bens duráveis, como os eletrodomésticos.

Além de verificar o estado do produto o consumidor deve, antes de comprar, ter certeza que isto não vai comprometer as finanças da família. De nada adianta aproveitar o preço em conta e começar o ano endividado.  Muitas vezes a gente nem precisa do produto e  se deixa levar pelas promoções achando que terá vantagem. A saúde do bolso é que importa no momento.

 

Curso Internacional de Verão

A Escola de Música de Brasília promove, a partir de 4 de janeiro, o 34º curso de verão. Até o dia 21 de janeiro a música vai estar em pauta com cantores do Brasil e exterior. As inscrições poderão ser feitas até o dia 3 de janeiro pelo site www.se.df.gov.br e a Secretaria de Cultura está estendendo este benefício também para Sobradinho, Taguatinga, São Sebastião e Gama. Para tanto conta com o apoio indispensável das Regionais de Ensino e das Administrações.

O curso de verão destina-se a alunos e professores da área de música que querem se atualizar, aperfeiçoar o trabalho e trocar experiência com brasileiros e estrangeiros. Além disso, o público vai ser beneficiado com ótimos concertos que a Escola de Música proporciona com atrações dos EUA, Canadá, Israel, França e Holanda.
Há mais de três décadas a Escola de Música vem brindando a comunidade e possibilitando novas perspectivas para o campo musical. O trabalho é tão importante que vários estados brasileiros participam e levam esta metodologia para aplicar em suas comunidades.

 

Administração Compartilhada

É muito bom ver que o Governo do Distrito Federal está administrando depois de ouvir a comunidade.  Os administradores regionais foram recebidos pelo governador e pela primeira dama para colocar na pauta de 2012 as prioridades de cada região.

O governador assegurou que em 2012 os administradores terão mais autonomia para atender, de forma rápida, as demandas da comunidade. Em fevereiro será realizado um seminário para que as regiões administrativas façam parte do Plano de Orçamento Participativo.

Qualificar a mão de obra para a Copa do Mundo e implantar uma política pública para dar mais oportunidade aos jovens é a primeira etapa da administração compartilhada, disse o governador Agnelo.

Gestão pública de qualidade e responsabilidade tem que ser assim: ouvir o povo e trabalhar para garantir saúde, segurança, educação e transporte de primeira.

 
RocketTheme Joomla Templates