O campeão Rafael dos Anjos derrota Cerrone em Orlando em apenas 66 segundos

O brasileiro atropela o estadunidense Donald Cerrone em defesa do cinturão dos leves e diz ser “apenas o começo”

 

O combate principal do UFC Dos Anjos x Cerrone acabou com vitória impressionante do campeão dos leves. O brasileiro, em sua primeira defesa de cinturão, não deu chances ao desafiante, conseguindo nocaute técnico com pouco mais de um minuto de combate. 

Após a vitória disse: “Estou muito feliz, acabei de provar que vim para essa divisão para ficar. Todas as acusações que recebi... estou aqui com o cinturão e é apenas o começo da minha carreira. Donald Cerrone é um grande adversário, ele venceu oito lutas seguidas, não é fácil fazer isso nessa divisão, mas eu tenho o melhor time. Estou muito feliz!”.

Ainda respondeu às provocações do novo campeão da categoria dos penas, Conor McGregor, que afirmou que iria subir de categoria para enfrentar o vencedor da luta principal em Orlando. 

“Ei, McGregor, você disse que queria subir de categoria, mas essa é a minha divisão. Se você quiser lutar no Brasil, ou na Irlanda, que seja. Estou aqui para ficar!”. 

 

Antes do combate Rafael já havia manifestado o sonho de ser um dos maiores do UFC. 

"Acho que o esporte está carente de bons exemplos. Eu quero ser uma inspiração para crianças, para pessoas que estão começando, para pessoas que tiveram dificuldades do início, como eu tive. Comecei no UFC perdendo duas lutas, venho de uma família humilde, e consegui chegar no posto de campeão".

"Eu quero passar isso adiante. Quero ser o melhor peso-leve de todos os tempos. Eu quero ser lembrado no futuro. É uma categoria que muda muito, cada hora é um com o cinturão. Acho que o que mais ficou com o cinturão foi o BJ Penn, e eu quero quebrar esse recorde”. 

Veja os resultados completos do UFC Dos Anjos x Cerrone, realizado dia 19 de dezembro, em Orlando (EUA). 

 

CARD PRINCIPAL

Rafael dos Anjos venceu Donald Cerrone por nocaute técnico a 1m06s do R1

Alistair Overeem venceu Junior Cigano por nocaute técnico aos 4m43s do R2

Nate Diaz venceu Michael Johnson por decisão unânime (triplo 29-28)

Karolina Kowalkiewicz venceu Randa Markos por decisão unânime (29-28, 30-27, 29-28)

 

CARD PRELIMINAR

Charles do Bronx venceu Myles Jury por finalização aos 3m05s do R1

Nate Marquardt venceu CB Dollaway por nocaute aos 28s do R2

Valentina Shevchenko venceu Sarah Kaufman por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Tamdan McCrory venceu Josh Samman por finalização aos 4m10s do R3

Nik Lentz venceu Danny Castillo por decisão dividida (29-28, 28-29, 30-27)

Cole Miller x Jim Alers terminou em "No Contest" após golpe ilegal

Kamaru Usman venceu Leon Edwards por decisão unânime (29-28, 30-27, 29-28)

Vicente Luque venceu Hayder Hassan por finalização aos 2m13s do R1

Francis Ngannou venceu Luiz Henrique "KLB" por nocaute aos 2m53s do R2

 

 
RocketTheme Joomla Templates