Coluna Bernadete Alves - dia 15/08/2017

Lúcia Itapary festeja aniversário no La Tambouille

Lúcia ItaparyLúcia Itapary

A neuropsicóloga Lúcia Nobre Itapary, que reside também no Rio de Janeiro, festejou sua vida com um requintado almoço em Brasília no restaurante La Tambouille, no Park Shopping, organizado pela Sintonia BSB de Danielle Antoni e Tathny Kefalas.

Lúcia ItaparyLúcia Itapary

Lucinha reuniu uma legião de amigos e admiradores que conquistou na capital federal. Elegante e com um sorriso sincero ela cativa por onde passa. Suas festas são sempre muito prestigiadas. E esta não foi diferente. Um momento especial para desfrutar da companhia de amigos e de pessoas de alto astral.

Lúcia ItaparyLúcia Itapary

As dezenas de convidados saborearam as delícias preparadas pelo famoso restaurante La Tambouille, uma franquia de São Paulo, com cardápio franco-italiano. Com culinária autoral, refinada e diversificada,servida em louça linda e talheres de prata.

Bernadete Alves

O almoço em homenagem a Lúcia Itapary foi em um ambiente bonito e intimista. Um local charmoso para combinar com a elegância da aniversariante e suas convidadas.

Lúcia ItaparyLúcia Itapary

De entrada um maravilhoso carpaccio servido com um suave molho de mostarda acompanhado de torradas fininhas e saborosas, e também uma gostosa salada tropical. Prato principal nas opções de carne vermelha, risoto de camarão, pescada amarela e cordeiro e de sobremesa a Sopa de frutas vermelhas com sorvete de baunilha estava uma delicia.

Lúcia ItaparyLúcia Itapary

O atributo mais bonito de uma pessoa é a sua simplicidade. Lúcia Nobre Itapary é grandiosa na prática do bem. Ela sabe que as flores do amanhã nascem das sementes de hoje. E ela é uma jardineira do bem.

Lúcia ItaparyLúcia Itapary

Lúcia escolheu ser a alegria que queria sentir. Transforma o dia simples em um dia incrível e está sempre de alto astral. Brilha e irradia em todos os momentos pois sabe que o melhor look do dia é a auto estima elevada. Uma amiga especial para se guardar dentro do peito.

Lúcia ItaparyLúcia Itapary

A sintonia também foi grande na hora do parabéns. Lúcia fortaleceu os laços de amizade com seu carinho, respeito e admiração. Felicidades eternas! Que você possa ter muitos anos de vida, felizes e abençoados. Que seu coração esteja sempre em festa porque você querida Lúcia é especial.

Lúcia ItaparyLúcia Itapary

Para fechar com requinte a comemoração da vida de Lúcia Nobre Itapary os convidados saborearam bolo e docinhos com o melhor chocolate belga, da cake designer Alessandra Lima e o brindaram a aniversariante com Veuve Clicquot. Foi tudo de bom!

 
Coluna Bernadete Alves - dia 14/08/2017

Alimento diet engorda tanto quando o original

Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade Yale, nos Estados Unidos, descobriram que, ao ingerir um alimento adoçado artificialmente no qual a doçura continua igual a da versão original, mas com uma quantidade de calorias bem menor, o metabolismo desacelera e não registra a dose ingerida. O estudo foi publicado recentemente no periódico científico Current Biology.

Para chegar a este resultado os pesquisadores analisaram, por meio de imagens de ressonância magnética, o cérebro de 15 participantes enquanto tomavam bebidas diet e a versão normal. Também foi monitorada a quantidade de energia gasta pelo corpo após esses eventos.

De acordo com o estudo as bebidas e os alimentos diet podem promover o ganho de peso e servir de gatilho para o diabetes. Quando os produtos são doces demais para as calorias que contêm, eles podem confundir o cérebro e desacelerar o metabolismo. Dana Small, professora de psiquiatria da instituição e principal autora do estudo, explica que ao longo da nossa evolução, o cérebro aprendeu que quanto mais doce, maior energia ou calorias um alimento fornece. Quando esses dois fatores não estão juntos, o cérebro fica confuso, achando que tem menos calorias para queimar do que o que foi ingerido de fato.

“Uma caloria não é uma caloria. Ela é apenas metade da equação. Nossos corpos evoluíram para usar eficientemente as fontes de energia disponíveis na natureza. A dieta moderna, entretanto, é caracterizada por fontes de energia que nossos corpos nunca viram antes.”, explica a pesquisadora.

Para os autores, o novo achado ajuda a explicar estudos anteriores, nos quais os níveis de glicose no sangue dos pacientes se mostraram maiores, mesmo em dietas restritas a adoçantes artificiais, elevando o risco de diabetes. Segundo os especialistas os adoçantes artificiais são aditivos alimentares sintéticos que imitam o sabor doce do açúcar contendo menos ou zero calorias. Muitos produtos que os contêm são rotulados como “diet” ou “zero” e alegam serem benéficos na perda de peso, o que é contestado pela nova análise.

Pesquisadores da Universidade de Manitoba, no Canadá, analisaram 37 estudos já realizados sobre os efeitos das substâncias adoçantes, com a participação de mais de 400.000 pessoas em um período de dez anos. Sete deles foram ensaios clínicos randomizados, um tipo de estudo considerado de referência em pesquisas científicas, que acompanharam como pessoas acima do peso reagiam a dietas que utilizavam adoçantes como alternativa ao açúcar. Ao longo de seis meses, alguns participantes emagreceram, mas os outros não tiveram perdas significativas.

De acordo com o relatório, publicado em julho deste ano, no periódico científico Canadian Medical Association Journal, os adoçantes artificiais compostos por sucralose, aspartame e glicosídeo de esteviol (Stevia), ao contrário do que se pensa, não ajudam na perda de peso e, pior ainda, podem aumentar a probabilidade de desenvolver diabetes, pressão alta, doenças cardíacas e obesidade.

“Quando lhe perguntarem açúcar ou adoçante? É bom repensar a escolha porque há mais do que as calorias sozinhas”, diz Meghan Azad, principal autora da pesquisa.

Um outro estudo feito no Hospital Geral Massachusetts, em Boston, nos Estados Unidos, e coordenado pelo pesquisador Richard Hodin, sugere que a quebra do aspartame, aquele adoçante utilizado em bebidas diet ou zero, no intestino interage com uma enzima crucial para o bom funcionamento do nosso corpo e pode causar aumento de peso, inflamação e desenvolvimento de doenças crônicas como diabetes e síndrome metabólica.

Para chegar a este resultado os cientistas alimentaram um grupo de ratos com uma dieta rica em gordura durante 18 semanas. Os resultados mostraram que aqueles que também receberam aspartame engordaram mais do que aqueles que não ingeriram o adoçante.

Caio Bonfim conquista bronze para o Brasil em Londres

O marchador Caio Bonfim se tornou o único brasileiro medalhista no Mundial de Atletismo de Londres no domingo. A partida não foi animadora, mas o brasileiro conseguiu um bom ritmo e seguiu forte na conquista para garantir o pódio. Um bronze com gosto especial para o Brasil e para o brasiliense de 26 anos.

O brasileiro conquistou o bronze com o tempo de 1h19m04, um novo recorde nacional. Caio foi o único brasileiro medalhista na competição e entrou para um seleto grupo de atletas do país a conquistarem uma medalha na história da competição. O Brasil teve bom desempenho na marcha atlética e, por pouco, não faturou outra medalha. Na prova feminina, Erica Sena terminou os 20 km feminino em quarto lugar.

Em entrevista ao SporTV, o brasileiro Caio Bonfim contou detalhes da conquista do terceiro lugar que conseguiu na marcha atlética, no Mundial de Atletismo de Londres. “ Eu não acreditava. Olhava para o céu e falava "Deus, eu não acredito". Eu ser medalhista mundial? Foi isso que eu pensei no final. Eu queria bater o recorde brasileiro. Foi emocionante”, declarou Caio Oliveira de Sena Bonfim.

O brasiliense de26 anos trocou a pista do estádio de Sobradinho, onde treina normalmente, para se preparar em grandes altitudes. “Fiz treinos em Serra Nevada, região montanhosa na Espanha, com altitude em torno de 2.300 metros. Cheguei na altitude com uma forma física melhor ainda com a preparação aqui em Brasília”, conta ele, que sempre faz treinos deste tipo próximo de torneios maiores.“É melhor contabilizar e parar para pensar nos títulos quando eu encerrar a carreira. Prefiro estar dia por dia focado no que me leva para frente”, afirma Caio.

A Marcha Atlética é um esporte que ainda enfrenta preconceito. “Eu marcho e não tenho problema nenhum. Isso nunca me incomodou e nem incomoda. As pessoas não estavam acostumadas com a marcha atlética, pura ignorância. Após a Olimpíada, as coisas melhoraram muito. Hoje eu tenho mais palavras de incentivo do que ofensas. Só de ter popularizado o esporte já é fantástico”, comenta. Ele salienta que a preparação para o mundial começou há 10 anos, quando iniciou no esporte.

O corredor comemora o apoio pessoal e profissional dos pais. “Ser treinado por eles é fantástico. No mundo de hoje, que é tão difícil confiar nas pessoas, você ter treinadores que são seus pais é uma relação de gratidão”, conta Caio. Ele conta com o suporte familiar desde os 16 anos.

Caio é treinado pela mãe Gianetti Sena, a primeira brasileira a ser campeã internacional, em Medelín, na Colômbia, no Campeonato Ibero-Americano de Atletismo de 1996. “O Caio é muito inteligente, sabe administrar e identificar bem a estratégia na hora da prova. É o filho e atleta que toda mãe e treinadora queria ter. É um privilégio e uma honra muito grande”, declara a orgulhosa mãe, Gianetti Sena.

Zoológico de Brasília vai receber novos integrantes

O Centro de Estudos Ambientais da Norte Energia doou para a Fundação Zoológico de Brasília um casal de filhotes de cachorro-vinagre, também conhecido por cachorro-do-mato-vinagre ou simplesmente cachorro-do-mato. O macho tem 4,3 kg e a fêmea 3,3 kg. Brasília foi o endereço indicado pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.

Considerados vulneráveis à extinção, os filhotes de cachorro-vinagre estão sendo transportados pela Norte Energia, companhia responsável pelo empreendimento da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, com quem estavam sob os cuidados desde junho, após o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ser acionado para buscar os animais em um sítio de uma moradora da área rural de Altamira, município do sudoeste do Pará.

O Speothos venaticus, nome científico do cachorro-vinagre, é encontrado em quase todos os biomas brasileiros, com exceção da caatinga. A espécie é considerada “quase ameaçada” pela International Union for Conservation of Nature (IUCN) e “vulnerável à extinção” pelo Ibama.

Os filhotes participarão do programa de reprodução da Fundação Jardim Zoológico de Brasília, tendo como fim a preservação da diversidade genética de animais sob cuidados humanos, e serão integrados ao Stud Book brasileiro (livro de registros genealógicos) e ao programa internacional para a conservação desta espécie, conforme diretrizes estabelecidas no Plano de Ação de Nacional do Cachorro-vinagre, do ICMBio.

O cachorro-vinagre é um dos membros menos conhecidos da família dos canídeos. Possui membros curtos, corpo atarracado e pode chegar aos 7 quilos. O cachorro-vinagre caça de dia. De noite se recolhe para dormir em tocas ou cavidades de árvores. Alimenta-se de presas de pequeno porte, mas pode caçar em grupo para abater animais maiores – como emas ou capivaras. O cachorro-vinagre se sente confortável na água. Seus dedos são ligados por membranas que ajudam na natação.

Esta não é a primeira vez que a Fundação Zoológico de Brasília recebe animais acolhidos pelo CEA, por meio do Ibama. Em outubro de 2016 recebeu uma espécie de macaco guariba-de-mãos-ruivas (Alouatta belzebul).

 
Coluna Bernadete Alves - dia 13/08/2017

TST entrega Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho a personalidades

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Ives Gandra Martins Filho, entregou em Brasília 40 medalhas da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho. A cerimônia ocorre anualmente sempre no dia 11 de agosto, feriado no Judiciário, e destina-se a agraciar personalidades e instituições civis e militares que tenham se distinguido no exercício de suas profissões ou servido de exemplo para a coletividade.

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, recebeu o Grão Colar da Ordem do Mérito do Trabalho, o mais alto grau da condecoração. No Grau Grã-Cruz, os comandantes da Força Aérea Brasileira, tenente-brigadeiro do ar Nivaldo Luiz Rossato, e da Marinha do Brasil, almirante de esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, com o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Peter Michael McKinley, com os ministros José Coêlho Ferreira, presidente do Superior Tribunal Militar e a ministra Laurita Hilário Vaz, presidente do Superior Tribunal de Justiça.

O Instituto Ayrton Senna recebeu a comenda na categoria Instituição. A ONG foi criada pela família Senna em 1994 e atua no sentido da ampliação das oportunidades de crianças e jovens por meio da educação. Anualmente, o instituto capacita 60 mil educadores, e seus programas beneficiam diretamente cerca de 2 milhões de alunos em mais de 1.300 municípios nas diversas regiões do Brasil.

“A gente trabalha pela educação, com mais de 1,5 milhão de crianças da rede pública, e receber uma homenagem do TST é mais um incentivo para continuarmos batalhando pelas crianças do país”,declarou Viviane Senna. A presidente disse que o Instituto trabalha para que todas as crianças tenham direito a uma educação de qualidade, e que um dos reflexos disso é afastá-las do trabalho infantil. “Os pais tiram os filhos da escola quando eles fracassam e os põem para trabalhar. É importante que se crie uma política de educação de qualidade para evitar esse tipo de destino, que extermina o futuro das crianças”, finalizou Viviane.

A Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho post mortem foi para o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal. Francisco Zavascki ficou muito honrado de receber a condecoração em nome de seu pai. “Acho que isso demonstra que ele procurou trilhar um caminho muito correto na magistratura, procurou buscar o que era melhor para o país, fez um trabalho correto e se tornou merecedor desta homenagem”, assinalou. “Somos muito gratos por isso”. Francisco lembrou que o ministro Teori, antes de ingressar na magistratura, atuou como advogado e conhecia bem a Justiça do Trabalho. “Depois acabou indo para a magistratura federal, mas sempre teve essa ligação com a origem. E, no STF, se reencontrou com o Direito do Trabalho”.

Dentre os agraciados de 2017 também estavam a presidente e o vice-presidente da Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação, Lúcia Willadino Braga e Álvaro Massao Nomura e com os professores Paulo de Barros Carvalho, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e da Universidade de São Paulo (USP), Ibsen José Casas Noronha, da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (Portugal) e Beatriz Maria Eckert-Hoff, reitora do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), entre outras personalidades, advogados, pesquisadores, jornalistas e magistrados do trabalho. No Grau Oficial as jornalistas Renata Lo Prete, da TV Globo e Ana Dubeux, editora-chefe do Correio Braziliense. Também integram a relação dos agraciados a empresária de joias Carla Amorim, magistrados, advogados e professores.

A Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho foi instituída em 11 de novembro de 1970 com o objetivo de reconhecer o trabalho de pessoas que tenham contribuído para o engrandecimento do país. Agraciar personalidades civis e militares, nacionais ou estrangeiras, que tenham se distinguido no exercício de suas profissões e se constituído em exemplo para a coletividade, bem como as pessoas que, de qualquer modo, hajam contribuído para o engrandecimento do país, internamente ou no exterior, da Justiça do Trabalho ou de qualquer ramo do Poder Judiciário, do Ministério Público ou da advocacia. Não há número fixo de homenageados por ano.

A indicação para a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho só pode ser feita por Ministro do TST, e é submetida à apreciação do Conselho da Ordem, composto de seis membros: Presidente, Vice-Presidente, Corregedor-Geral, Ministro Decano e mais dois Ministros, eleitos pelo Órgão Especial, para mandato de quatro anos. Atualmente, o Conselho da Ordem está assim constituído: Ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho Presidente do TST, Grão-Mestre, Ministro Emmanoel Pereira - Vice-Presidente, Ministro Renato de Lacerda Paiva - Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho, Ministro João Oreste Dalazen – Decano, Ministro Antonio José de Barros Levenhagen e o Ministro João Batista Brito Pereira.

“É uma oportunidade de mostrar o que a Justiça do Trabalho representa para o Brasil e, ao mesmo tempo, o que ela valoriza nas pessoas em termos de contribuição para que as relações de trabalho sejam melhores”, declarou o presidente do TST, ministro Ives Gandra Martins Filho.

Dilma: ‘A Perda de um Companheiro’

A ex-presidenta Dilma Rousseff homenageou, na manhã de hoje, o ex-marido Carlos Araújo, falecido ontem em Porto Alegre em virtude de complicações de doença pulmonar crônica. Intitulado 'A Perda de um Companheiro", o texto publicado no seu blog chama o advogado e o ex-deputado gaúcho Carlos Araújo, com quem foi casada por mais de 20 anos de "um bravo lutador" contra a ditadura militar e pela reconstrução do trabalhismo no Brasil.

"Perdi hoje um parceiro de uma vida.

Carlos Araújo foi um bravo lutador. Foi um bravo lutador no enfrentamento da ditadura militar, que não conseguiu destruir nem sua força vital, nem seu caráter, nem sua coragem. Foi um bravo lutador no esforço pela reconstrução do trabalhismo no Brasil, missão à qual ele e muitos companheiros se dedicaram. Carlos Araújo amou a vida, e lutou por ela, tanto quanto lutou por uma vida melhor para todos.

Morreu ontem, mas viverá para sempre: em sua família, em sua companheira Ana, em seus filhos Leandro e Rodrigo, em nossa filha, Paula, em nossos netos, Gabriel e Guilherme, nos muitos amigos que fez e nos muitos admiradores que conquistou.

Viverá nas nossas fortes lembranças do esforço comum pela sobrevivência, das lutas que travamos lado a lado, dos sacrifícios e das dificuldades pelas quais passamos, e também das conquistas que alcançamos juntos. Aprendi com ele. E agradeço a oportunidade de tê-lo conhecido e de ter convivido tantos anos com um ser humano tão generoso, afetuoso e correto.

O mundo nos impôs desafios que tivemos de vencer. Enfrentamos percalços que poderiam ter nos destruído. Mas vencemos muitas dessas dificuldades, uma a uma. Em qualquer circunstância, sempre pude contar com ele, com sua inteligência, com sua capacidade e com sua força. Vai fazer falta aos nossos netos, fará falta à nossa filha, fará falta a todos que o amam e que o amaram, e fará muita falta a mim.

E é para honrá-lo e prestar-lhe tributo que continuarei lutando por um mundo melhor, por um Brasil mais justo e pela emancipação do povo do meu país. Exaltarei sempre a sua coragem, enaltecerei sempre a sua bravura e a grandeza com que lutou sempre por seus ideais. Não cedeu, não se deixou vergar. Partiu, ontem, como viveu toda uma vida: digno, altivo, sereno, amoroso, amigo e parceiro. Carlos Araújo viveu visceralmente e brilhou intensamente.

Agradeço por sua existência e por ter feito parte da minha vida. Carlos encantou a todos os que tiveram o privilégio de conhecê-lo."

DILMA ROUSSEFF

Brasília perde a galerista Celina Kaufman

Celina KaufmanCelina Kaufman

Faleceu em São Paulo, na noite de ontem, aos 71 anos a empresária Celina Leite Ribeiro Kaufman, proprietária da Art & Art Galeria, na QI 21 do Lago Sul. Celina estava internada no Sirio Libanês e teve uma parada cardíaca. O corpo será velado no Cemitério São Paulo Cardeal, em São Paulo. Celina era casada com o empresário Celso Kaufman e não teve filhos.

A galerista e marchand representava artistas brasilienses e brasileiros. Em fevereiro deste ano ela apresentou a exposição Quatressência, no Espaço Cultural do Superior Tribunal de Justiça, com obras do autêntico candango Luiz Costa. Celina também apresentou em Brasília as obras da fotógrafa paulista Bianca Cutait.

Celina Kaufman

Celina também era jornalista e fez assessoria na Caixa Econômica Federal. Brasília perde uma de suas maiores marchands. Uma profissional da arte que vai deixar saudades.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 12/08/2017

Brasília é palco do Campeonato Mundial de Asa Delta

Brasília é um dos locais ideais para a prática de voo livre devido a altitude adequada, correntes favoráveis de ventos predominantes do quadrante Leste, que, combinados com clima seco deste período, proporciona voos excepcionais de até cinco horas de duração. Além disso a beleza arquitetônica e o céu indescritível, fascinam os pilotos.

Estão na capital do país os melhores pilotos de voo livre do mundo. Eles participam do Campeonato Mundial de Asa Delta, realizado pela Confederação Brasileira de Voo Livre (CBVL), Federação Aeronáutica Internacional (FAI) e Confederação de Aerodesporto Brasileiro (CAB). A produção é da Zenith Marketing. A competição, que teve inicio no dia 06, está na 21ª edição para os homens e na 14ª para as mulheres.

142 pilotos de 29 países decolam de Formosa, Goiás, no Vale do Paranã, a 92 quilômetros do Distrito Federal, local considerado ideal para esse tipo de competição por brasileiros e estrangeiros. O Vale do Paranã conta com uma rampa a cerca de 1.000 metros de altitude e, por possuir clima seco e vento constante, atrai atletas brasileiros e estrangeiros praticantes do esporte, recebendo anualmente, desde 1984, uma das etapas do Campeonato Brasileiro de Asa Delta.

No ar, a distância de um voo direto é de 73 km, mas como o percurso da prova passa por pontos obrigatórios os pilotos voam de 90 a 150 km, de acordo com os pontos escolhidos pelos organizadores. Este trajeto é definido de acordo com a previsão meteorológica do dia de cada etapa.Os competidores chegam em Brasília por volta das 15 horas, na Esplanada dos Ministérios.

Do Japão vieram 13 pilotos, do Brasil participam 12 e dos Estados Unidos 10. Os outros vieram da Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Canadá, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, França, Grã-Bretanha, Guatemala, Holanda, Hungria, Israel, Itália, Liechtenstein, México, Noruega, Nova Zelândia, Paraguai, Rússia, República Tcheca, Suécia, Suíça e Venezuela.

O favoritismo masculino é do atual campeão mundial, o italiano Christian Ciech, vencedor em 2015 no Valle de Bravo, no México. Também estão cotados ao título masculino, o australiano Jonny Durand, número 1 do mundo e vencedor do Pré-Mundial em 2016, disputado em Brasília, o brasileiro André Wolf, e o austríaco Thomas Weissenberger. Entre as mulheres, as favoritas são a japonesa Yoko Isomoto, atual campeã mundial, e a alemã Corina Schwiegershausen, que ocupa a segunda posição no ranking femimino da FAI.

Campeonato Mundial de Asa Delta é promovido pela Confederação Brasileira de Voo Livre e tem a Secretaria Adjunta de Turismo de Brasília como parceira. A competição vai até o dia 19 e a expectativa da Secretaria de Turismo é que o campeonato mundial tenha criado 200 empregos e que movimente R$ 2,4 milhões na economia local. Jaime Recena, secretário adjunto de Turismo, diz que a competição traz muitos turistas e colabora com a geração de empregos e renda. “A vinda desses eventos ajuda a movimentar o cenário do turismo voltado para o esporte, além de oferecer uma opção de lazer para os brasilienses”, declara.

O campeonato tem como patrocinadores máster a Caixa e o Governo Federal. O evento conta com os apoios de Gollgi, Governo de Formosa, CONFAE, Secretaria do Esporte e Lazer de Brasília, Museu Nacional, Secretaria de Cultura, Aeroporto de Brasília, Força Aérea Brasileira (FAB), Bombeiros de Goiás, Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, Rádio Transamérica, Home – Hospital Ortopédico e Medicina Especializada, Sportfisio, Super Ar – Escola de Voo Livre, Sol Paragliders e o Grupo Voe Tur, como a agência oficial de turismo.

Morre o ex-deputado gaúcho Carlos Araújo fundador do PDT

Faleceu na madrugada deste sábado o advogado trabalhista Carlos Paixão Araújo aos 79 anos. Ele estava internado no Hospital São Francisco, do complexo Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre, desde o dia 25 de julho. Segundo o hospital, ele “era portador de doença pulmonar obstrutiva crônica, complicada por quadro de miocardiopatia dilatada isquêmica”. O quadro médico de Araújo “evoluiu com infecção generalizada, determinando colapso circulatório e, finalmente, refratariedade às medidas, com óbito”, explicou o médico Sadi Schio.

Araújo foi casado com a ex-presidenta da República Dilma Rousseff por mais de 20 anos com quem teve a filha Ana Paula em 1976, que lhe deu dois netos, Guilherme e Gabriel. Mesmo separados, era na casa de Carlos, na zona sul de Porto Alegre, à beira do rio Guaíba, que a família se reunia nos finais de semana. Araújo era um conselheiro político de Dilma Rousseff.

O advogado trabalhista Carlos Franklin Paixão Araújo nasceu em São Francisco de Paula, em 1938 e era filho do também advogado trabalhista Afrânio Araújo. Foi um dos fundadores do PDT. Foi eleito três vezes deputado estadual pelo Rio Grande do Sul, de 1983 a 1995, e concorrer à Prefeitura de Porto Alegre. Depois de 2000 abandonou a política e passou a se dedicar ao escritório de advocacia trabalhista na capital gaúcha. Contudo, nunca deixou fazer análises e participar da vida política brasileira.

Nos anos 50 se juntou a Juventude Comunista, e durante a ditadura militar ajudou a formar uma organização que atuou contra o regime militar. Na época Carlos Franklin Paixão de Araújo era conhecido como Max. Foi quando conheceu Estela, pseudônimo usado por Dilma Rousseff para se proteger durante a ditadura militar. Os dois se conheceram em 1969, se casaram, foram presos juntos, torturados pelo Governo Militar. Dilma deixou a cadeia em 1973, Araújo em 1974. Depois dos anos de tortura, os dois viveram juntos até 2000, tendo continuado amigos próximos depois da separação. O advogado Carlos Araújo foi uma figura marcante na luta armada contra a Ditadura Militar.

A bancada do PT na Câmara dos Deputados divulgou nota de pesar pelo falecimento do ex-deputado. “A combatividade de Carlos Araújo e a defesa de ideais para a construção de um Brasil desenvolvido, justo, solidário e democrático ficam como exemplo para todos”, diz a nota.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 11/08/2017

Construção a Seco é tema de encontro regional na UnB

Luana Carregari

Com o objetivo de apresentar um sistema industrializado que permite uma obra rápida, racional e limpa, a empresa TK Comunicação promove no dia 17 deste mês o 1º Encontro Regional do Centro-Oeste de Construção a Seco, o Light Steel Framing, na Fundação de Empreendimentos Científicos do Distrito Federal, localizada no Campus Darcy Ribeiro - UnB.

O sistema LSF é uma modalidade construtiva a partir do aço galvanizado, amplamente utilizada em países como Japão, Estados Unidos, Canadá, Chile, e em muitos países da Europa. No Brasil este sistema construtivo foi utilizado nos projetos de estádios construídos para a Copa do Mundo de 2014, e na Vila Olímpica do Rio de Janeiro. O sistema também está sendo empregado em shoppings, Unidades Básicas de Saúde, creches, hotéis, aeroportos, Indústrias e residências de alto padrão.

Luana Carregari, idealizadora e diretora do encontro regional de Construção a Seco diz que o evento surgiu da necessidade de fomentar discussões acerca do desenvolvimento tecnológico e permitir que os profissionais da área conheçam sobre os parâmetros técnicos e normativos do LSF. Luana informa que atualmente os componentes do sistema construtivo têm garantia de qualidade e são todos produzidos em solo brasileiro. “A proposta é promover e difundir a tecnologia, o desempenho e a resistência do sistema em Brasília, uma cidade conhecida mundialmente pela sua construção e arquitetura”, declara Luana.

O encontro se destina a engenheiros, arquitetos, construtores, técnicos, tecnólogos, entidades de classes, universidades, representantes da indústria e de fornecedores, que poderão conhecer tecnicamente o sistema construtivo LSF e constatar seu crescimento no Brasil, bem como os empreendimentos e as práticas que vem sendo adotadas pelo setor.

O 1º Encontro Regional do Centro-Oeste de Construção a Seco, tem o apoio das da Associação Brasileira da Construção Metálica, Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção, Instituto de Metais não Ferrosos, Centro Brasileiro da Construção em Aço, Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura, Conselho Regional de Agronomia e Engenharia, também do Conselho de Arquitetura e Urbanismo e de Faculdades da UnB.

Além das palestras realizadas por profissionais que são referência no setor, em paralelo ao encontro, acontece uma exposição de fornecedores da construção industrializada, que levarão ao público seus principais produtos. A programação completa e as inscrições estão disponíveis no site http://construcaoasecolsf.com.br/#footer.

Discutir a construção a seco na capital do país é oportuno porque este é um método que pode reduzir o desperdício de materias primas e de recursos naturais. Zero de desperdício é o que todos queremos.

Essa técnica construtiva recebe esse nome por não precisar de água na formulação dos materiais da estrutura. Além da água, a areia e o cimento são dispensados. O sistema prevê a utilização de módulos, que chegam prontos ao local da obra.

Os módulos são compostos por duas placas de concreto armado com um vão no meio por onde passam as instalações. Esse espaço pode ou não ser preenchido com materiais como cimento, EPS e lã de rocha, dependendo do desempenho esperado. Isso faz com que a fase mais demorada seja a de projeto, já que a localização de janelas, portas e tomadas não pode ser alterada.

Planaltina recebe Circuito Cerrado de Rodeio

Começa hoje a 5ª etapa do Circuito Cerrado de Rodeio 2017, no Parque de Exposições de Planaltina, a cidade mais antiga do Distrito Federal, às 21 horas com show da dupla Rick e Rangel e os cantores Ronaldo Guerra, Bob Nickson e Júnior Vilar. A programação faz parte das comemorações do aniversário de 158 anos da cidade e traz grandes nomes da música sertaneja nacional e local.

Até domingo os brasilienses vão poder conferir grandes disputas entre os melhores peões de rodeio em touros profissionais, com pontuação válida para o ranking nacional. Vinte peões de vários estados brasileiros e do Distrito Federal, serão avaliados por um juiz e o peão que obtiver a maior pontuação em todas as etapas ganhará uma moto. Só é pontuado aquele que conseguir ficar em cima do animal por no mínimo 8 segundos.

Além do mais a população vai poder dançar embalada pelo ritmo sertanejo, comandado atrações musicais como as aclamadas duplas Pedro Paulo e Matheus, Rick e Rangel, são alguns dos destaques da festa. Amanhã a animação fica por conta das duplas Bonni e Belluco, Rose e Raíssa e a Banda Explosão do momento.

No domingo Dia dos Pais, o último dia de evento começa a partir das 10h da manhã e com entrada franca. O público poderá acompanhar provas de laço, visitar uma exclusiva exposição de carros antigos e participar de sorteios, além se deliciar com o melhor da gastronomia no complexo alimentício construído no local. Shows das duplas sertanejas Pedro Paulo e Matheus, Adelson e Renato e do cantor Marcos Vinicius, encerram a festa na arena do Parque de Exposições, próximo ao Campus da UnB, a partir das 21 horas.

Os ingressos podem ser adquiridos no site sympla.com.br, e custam R$ 20,00 no setor pista. Para o Camarote Prime open bar, ambiente exclusivo para 400 pessoas que oferece cerveja, vodka, refrigerante e água, além de uma boate com apresentações especiais com os Dj’s Arthur Jhon, Bob Mix, Gelin e Dj Carlin, os ingressos estão à venda no República Beer, Taj Mahal e Armazém Adega em Planaltina – DF e custam entre R$ 60 e R$ 80.

O presidente do evento, Orleans Araújo, assegura que o Circuito Cerrado de Rodeio 2017está estruturado com arquibancadas, camarotes, área VIP, palco para shows, banheiros químicos, praça de alimentação, área de exposições e conta com total equipe de segurança. “A estrutura foi pensada e montada, com o intuito de dar maior comodidade, segurança, conforto e acessibilidade à população”, declara Orleans.

 

 
Coluna Bernadete Alves - dia 10/08/2017

MPF desiste de reajuste dos procuradores

O Conselho Superior do Ministério Público Federal decidiu em reunião nesta quinta-feira retirar da proposta de orçamento de 2018 o reajuste de 16,38% ao salário dos procuradores que havia sido aprovado no dia 27 de julho. A decisão foi tomada um dia após o Supremo Tribunal Federal votar contra o reajuste dos próprios salários.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, votou a favor do aumento de 16,7% proposto por sua sucessora, Raquel Dodge. Na ocasião não ficou definida a fonte dos R$ 116 milhões necessários para aumentar os salários dos procuradores. Janot e Dodge se comprometeram a montar um grupo de transição que apontará quais áreas sofrerão cortes para permitir a absorção do aumento.

Ao justificar o recuo, a próxima procuradora-geral, Raquel Dodge, disse que a regra do teto de gastos públicos limita o reajuste. "Como teto constitucional não há como nós insistirmos na revisão de vencimentos, é o caso de acompanhar o voto do relator e não insistir na elevação de investimentos", afirmou Dodge.

A rejeição do aumento salarial pelo Supremo, decidida ontem ameaçou o pedido de reajuste feito pelos procuradores da República. Como o salário do procurador-geral é o mesmo dos ministros do STF, o reajuste para os procuradores só seria possível caso o salário dos ministros, que é o teto do funcionalismo, também fosse reajustado.

Tanto no caso os ministros do Supremo quanto dos procuradores, as duas propostas de orçamento serão agora enviadas ao Poder Executivo, a quem cabe enviar ao Congresso o projeto de lei com o Orçamento da União para o próximo ano.

Tailandesa se forma em Ecologia Humana aos 91 anos

Kimlun Jinakul

“Já não tenho mais idade para estudar” é a justificativa que a grande maioria dá para não voltar à sala de aula e realizar o sonho de ter um diploma superior. Pois uma senhora tailandesa deixou a desculpa de lado e superou o preconceito da idade.

Kimlun Jinakul, de 91 anos, obteve o diploma de bacharelado em ecologia humana na Universidade Aberta de Sukhothai Thammathirat, um estabelecimento de ensino superior público situado nos arredores de Banguecoque. A formanda recebeu seu título universitário das mãos do rei Maha Vajiralongkorn Bodindradebayavarangkun da Tailândia, como manda a tradição.

Kimlun Jinakul, moradora de Phayao, capital da província de mesmo nome no norte do país, disse ao canal de televisão TPBS que quando jovem não teve a oportunidade de estudar e que depois precisou cuidar da família. A Vovó disse que sempre quis ir à universidade e que encorajou e apoiou seus filhos para que estudassem e conseguissem um diploma universitário.

Quando fez 72 anos se inscreveu na universidade, Rutchaneekorn Chotchaisathit, onde os maiores de 60 anos não pagam matrícula. Ela conta que quando estava realizando o sonho de ser universitária, sua filha que também estudava no mesmo curso, veio a falecer e aí ela precisou de um tempo para se recuperar do luto. problemas familiares a afastaram do curso, retornou ao curso de Ecologia Humana quando estava com 85 anos.

Kimlun JinakulKimlun Jinakul

“Se você não estuda ou lê, não vai aprender nada”, declarou Kimlan ao canal de televisão TPBS. “Desta vez a missão foi cumprida, completou. De acordo com a universidade, Rutchaneekorn Chotchaisathit, as pessoas com mais de 60 anos que desejam estudar, podem matricular-se pelo correio. Recebem posteriormente todo o material da aula referente ao curso escolhido para fazer a distância.

A senhora Kimlun Jinakul é um extraordinário exemplo de superação. Provou que nada é obstáculo para um coração cheio de vontade. A vida, muitas vezes, toma novos rumos fazendo com que a pessoa adie os planos. No entanto temos que seguir em frente com fé porque no momento certo aquele sonho do passado pode se tornar presente.

Voltar a estudar traz tantos benefícios para a vida como um todo. Eleva a autoestima, melhora a memória e a visão crítica, motiva e dá confiança. Para quem não consegue conciliar a rotina diária com os estudos, a saída é buscar por um curso a distância. Esta opção é interessante porque permite organizar o dia a dia, família, lazer e trabalho, com momentos de dedicação aos estudos.

Vamos lembrar que na escada da vida cada degrau é uma conquista e cada escorregão é uma lição. Viver esta jornada incrível cheia de aventuras depende de cada um de nós.

Tite convoca Luan do Grêmio para Seleção Brasileira

Luan SeleçãoLuan Seleção

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, anunciou hoje os jogadores para a disputa contra Equador no dia 31 de agosto pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. No dia 5 de setembro, o desafio da seleção será contra a Colômbia, fora de casa. O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, foi confirmado como chefe de delegação na viagem.

O atacante Luan, que vive grande fase no Grêmio,é uma das novidades ao lado do goleiro do Corinthians Cássio.Luan participou do amistoso da seleção contra a Colômbia, em janeiro, quando Tite chamou apenas jogadores dos times brasileiros.

Tite disse que a convocação se deve ao passado no clube e seleção, momento presente e projeção futura para a Copa.“O Luan fez uma grande Olimpíada, manteve regularidade de desempenho, exceto no início do Gaúcho, mas é o principal jogador de articulação da equipe gaucha que mais faz gols no Brasil”, disse Tite em coletiva de imprensa.

O técnico garantiu que a convocação não afetará os times na disputa do Campeonato Brasileiro. Haverá um intervalo na tabela entre a rodada 22, marcada para os dias 26 e 27 de agosto, e a rodada 23, que terá início no dia 9 de setembro. Os jogadores se apresentarão no dia de 27 de agosto à noite para iniciar a preparação para os duelos.

Luan e Cássio se juntam ao lateral-direito Fagner, do Corinthians, e o zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, no quarteto nacional da seleção brasileira. Os outros 19 jogadores atuam na Europa. Goleiros: Alisson (Roma), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City). Zagueiros: Marquinhos (PSG), Miranda (Inter de Milão), Thiago Silva (PSG) e Rodrigo Caio (São Paulo). Laterais: Daniel Alves (PSG), Fagner (Corinthians), Marcelo (Real Madrid) e Filipe Luis (Atlético de Madrid). Meias: Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Giuliano (Zenit), Luan (Grêmio), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Philippe Coutinho (Liverpool), Renato Augusto (Beijing Guoan), e Willian (Chelsea). Atacantes: Neymar (PSG), Gabriel Jesus (Manchester City), Taison (Shakhtar) e Roberto Firmino (Liverpool).

Depois dos jogos contra Equador e Colômbia, o Brasil ainda enfrentará a Bolívia, em La Paz, e o Chile, no estádio do Palmeiras, em São Paulo, no mês de outubro. Em novembro, há a expectativa de dois amistosos, mas o coordenador Edu Gaspar espera pela próxima rodada das eliminatórias europeias para anunciar os rivais. Um deles deve ser a Inglaterra, desde que assegure a classificação para a Copa do Mundo agora em setembro.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 09/08/2017

Barroso alerta para ‘operação abafa’ e pede punição para quem desvia dinheiro público

O ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, fez um duro discurso contra os escândalos de corrupção no país, alertando para a necessidade de se resgatar a credibilidade da política nacional e sobre a ‘operação abafa’. A declaração de Barroso foi dada em São Paulo durante palestra promovida pela consultoria de negócios Consulting House.

O ministro afirmou que o Brasil é um país que “se perdeu na história” e defendeu punição às pessoas que se acostumaram a viver com “dinheiro desviado do povo brasileiro”. Barroso criticou a disseminação da corrupção no país. "É sistêmica, plural e pluripartidária, envolvendo empresas estatais, empresas privadas, agentes públicos, agentes privados, partidos políticos, membros do Congresso. Ela se disseminou de uma maneira espantosa, com esquemas profissionais de arrecadação e de distribuição. É impossível não sentir vergonha do que aconteceu no Brasil".

O ministro do STF voltou a criticar o que chama de “operação abafa”, referindo-se a investigados que atuam para encerrar inquéritos. "Que se cumpra a lei, que se puna adequada e proporcionalmente essas pessoas todas que se acostumaram a viver com dinheiro dos outros, com dinheiro desviado da sociedade e do povo brasileiro. Por essa razão, eu tenho sido um opositor da ‘operação abafa’."

“Nós somos um país que se perdeu na história, que se desencontrou de si mesmo, que se desencontrou da sua gente, que se desencontrou do seu destino. É preciso começar a mudar a partir dessa constatação evidente”, afirmou o ministro em evento destinado a executivos.

Para o ministro, é “impossível não sentir vergonha” da corrupção no Brasil. Ele fez uma referência às delações do Grupo J&F, do empresário Joesley Batista, que gravou o presidente Michel Temer. Foi essa delação que embasou a denúncia de corrupção passiva do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o peemedebista.“Os áudios, os vídeos e as malas de dinheiro”, afirmou Barroso.

“As provas saltam de qualquer espaço.” O prosseguimento da denúncia contra Temer foi barrado pela Câmara dos Deputados na semana passada. Um dia depois da votação no plenário, em um simpósio de Direito, Barroso havia afirmado, sem citar nomes, que havia uma “operação abafa” em curso contra a Lava Jato, de acordo com divulgação do jornal Valor Econômico. O ministro Barroso também citou a importância da reforma política, atualmente em discussão na Câmara dos Deputados.

Governo de Brasília lança Plano de Ciclomobilidade

O governador Rodrigo Rollemberg inaugurou na manhã desta quarta-feira, um dos cinco novos pontos e 50 bikes compartilhadas na Universidade de Brasília. E lançou o Plano de Ciclomobilidade de Brasília, o +Bike, que consiste na ampliação de ciclovias, integração com outros transportes e mais bicicletas públicas.

A solenidade foi no auditório do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília com a presença da reitora Márcia Abrahão e do secretário de Mobilidade do DF, Fábio Damasceno, do secretário adjunto de Relações Institucionais e Sociais, Igor Tokarski e da secretária de Esporte, Leila Barros.

O governador disse que o plano +Bike considera tanto as ciclovias que serão usadas como meio de deslocamento de pessoas que usam esse meio de transporte para se locomover pela cidade quanto as destinadas ao lazer. “O nosso objetivo é que, no futuro, todo o DF possa ser ligado por uma malha cicloviária”, declarou Rollemberg.

Brasília conta com 420 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas. A meta é ampliá-las em 50%, chegando ao fim de 2018 com mais 218 quilômetros. Até 2022, o plano prevê ampliar para 1,2 mil quilômetros o alcance das ciclovias de Brasília. Diversas medidas serão articuladas para esse fim, desde mais quilômetros de ciclovias, a instalação de bicicletários nos terminais de ônibus e um novo sistema de compartilhamento de bicicletas integradas ao BRT.

O investimento será de R$ 20 milhões, sem contar os valores aplicados em 72 quilômetros de projetos já em andamento, como a ciclovia da Estrada Parque Taguatinga (EPTG), a do Lago Oeste, a do Trevo de Triagem Norte e a da Ligação Torto-Colorado.

Com o lançamento de novos pontos de bicicletas compartilhadas, o DF passa a ter 45 locais para entrega e retirada dos equipamentos. Desses, 16 foram inaugurados no atual governo. Entre as prioridades está a ampliação para regiões que contam com o transporte de metrô, distribuindo 60 pontos por Águas Claras, Taguatinga, Samambaia, Guará e Ceilândia.

Fábio Damasceno, secretário de Mobilidade do DF, disse que a iniciativa é uma forma de integrar a bicicleta ao sistema de transporte como um todo, garantir mais segurança e sustentabilidade para a cidade. “Vamos oferecer melhor infraestrutura para aqueles que já usam a bicicleta, além de favorecer quem quer começar a usar”, explicou.

A Secretaria de Mobilidade também trabalha em campanhas educativas em todo sistema de transporte público para estimular a boa convivência no trânsito. O secretário lembrou que as vantagens do sistema incluem a melhoria da saúde da população e um trânsito mais fluido. “Queremos mudar os paradigmas, ser referência em respeito ao ciclista e incentivar ao máximo o uso desse meio”, declarou Damasceno.

Com o objetivo de integrar o uso da bicicleta com outros modais, bicicletários serão instalados em dez terminais do sistema de transporte público coletivo. De uso gratuito, cada um deles terá capacidade de 30 a 50 vagas. O usuário deve levar um cadeado para prender a bicicleta no local. Cada empresa de ônibus que opera na cidade ficará responsável pela instalação de dois bicicletários.

STF diz NÃO ao aumento dos próprios salários

O Supremo Tribunal Federal decidiu em sessão administrativa no início da noite desta quarta-feira, por 8 votos a 3, não inserir na proposta de orçamento para 2018 a previsão de aumento nos salários dos ministros da Corte. Votaram contra o aumento a presidente Cármen Lúcia e os os ministros Gilmar Mendes, Luís Roberto Barroso, Celso de Mello, Dias Toffoli, Rosa Weber, Edson Fachin e Alexandre de Moraes.

A favor do aumento dos próprios salários os ministros Luiz Fux, Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski, por entenderem que uma decisão contrária poderia sinalizar ao Congresso que a Corte não tem interesse em um futuro reajuste. Se a proposta fosse aceita, a remuneração mensal dos ministros passaria de 33,7 mil reais para 39,2 mil reais e teria efeito cascata nos salários do funcionalismo, já que o subsídio dos magistrados é o teto salarial no serviço público.

Representantes das entidades de classe dos juízes estiveram nos gabinetes dos ministros do Supremo em busca de apoio para a inclusão de reajuste de 16,8% na proposta orçamentária da Corte, que deve ser enviada ao Ministério do Planejamento até o dia 31 deste mês para compor o orçamento dos Três Poderes que será analisado pelo Congresso.

Após encontro com a presidente do STF, Cármen Lúcia eles foram alertados que o aumento não seria colocado na proposta por causa da crise econômica do país e porque não caberia no orçamento da Corte. "Eu nunca vi nos meus 40 anos, quase, de serviço público um momento de tamanha gravidade econômica financeira", disse a ministra.

A não-inclusão do aumento dos salários dos ministros no orçamento do Supremo de 2018, representa uma sinalização política para que o Senado barre o aumento.

Em julho, sessão do Conselho Superior do Ministério Público Federal, aprovou um reajuste de 16,7% nos contracheques dos procuradores da República, atendendo a uma reivindicação da categoria. O aumento foi proposto por Raquel Dodge, futura procuradora-geral da República, que votou favorável ao aumento qe provocará um impacto de 116 milhões de reais.

Muitos servidores, inclusive no Judiciário e no Ministério Público, superam o teto de 33,7 mil reais por conta de adicionais incorporados ao salário. Tanto Dodge quanto Janot, por exemplo, recebem R$ 39 mil brutos por mês. O valor está no Portal da Transparência da PGR.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 08/08/2017

Contra-Almirante Sérgio Goldstein assume Comando do 7º Distrito Naval

O Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília, às margens do Lago Paranoá, foi palco da linda e prestigiada cerimônia de Transmissão de Cargo do Comando do 7º Distrito Naval no dia 02 deste mês. O Comandante de Operações Navais, Almirante-de-Esquadra Sérgio Roberto Fernandes dos Santos, transferiu o cargo de Comandante do 7º Distrito Naval do Vice-Almirante Marcos Silva Rodrigues, para o Contra-Almirante Sérgio Natan Goldstein.

O Comando do 7º Distrito Naval tem como propósito, contribuir para o cumprimento das tarefas de responsabilidade da Marinha do Brasil na sua jurisdição. Está sob sua subordinação as seguintes Organizações Militares: Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília, Hospital Naval de Brasília, Centro de Instrução e Adestramento de Brasília e a Estação Rádio da Marinha em Brasília.

O Comandante do 7º Distrito Naval, Vice-Almirante Marcos Silva Rodrigues passou para o seu sucessor Contra-Almirante Sérgio Goldstein, a responsabilidade de cuidar das águas interioranas de uma área de mais de 625 mil km² que compreende o Distrito Federal, Goiás, Tocantins, parte do Pará, Maranhão e Mato Grosso.

O Almirante-de-Esquadra Fernandes, reconheceu o valor e a importância do trabalho do Vice-Almirante Silva Rodrigues no comando do 7º Distrito Naval e enalteceu os seus feitos na Marinha do Brasil. O Vice-Almirante Silva Rodrigues assumiu o cargo de Vice-Chefe do Estado-Maior da Armada no dia 13 julho deste ano e estava acumulando os dois cargos.

O novo Comandante do 7º Distrito Naval, Contra-Almirante Sérgio Goldstein, agradeceu a confiança do Comandante da Marinha, o Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, pela designação de tão nobre comando e disse que vai continuar honrando a Marinha do Brasil. “O desafio me estimula a seguir em frente mesmo nos dias de mares revoltos”. Goldstein agradeceu o serviço impecável e a gentileza constante do Vice-Almirante Silva Rodrigues, e o indispensável apoio da esposa Ana Beatriz e da filha Juliana.

Os Distritos Navais têm como propósito contribuir para o cumprimento das tarefas de responsabilidade da Marinha do Brasil, nas suas respectivas áreas de jurisdição. É de responsabilidade dos Distritos Navais: executar operações navais, aeronavais, de fuzileiros navais e terrestres de caráter naval; apoiar as Unidades e Forças Navais, Aeronavais e de Fuzileiros Navais, subordinadas ou não, em operação em sua área de jurisdição; acompanhar o tráfego marítimo e fluvial; controlar as atividades relacionadas com a segurança da navegação marítima, fluvial e lacustre; coordenar e controlar as atividades de Patrulha Costeira, Inspeção Naval e Socorro e Salvamento Marítimo; cooperar para a preservação e utilização racional dos recursos do mar, da plataforma continental e das águas interiores; apoiar o pessoal militar e civil da Marinha e seus dependentes; e orientar, coordenar e controlar as atividades de Assistência Cívico-Social às populações ribeirinhas.

A cerimônia contou com a presença do almirante-de-esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, Comandante da Marinha do Brasil, do presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Joe Valle, diversas autoridades civis, militares, dos governos local e federal, parlamentares, familiares e representantes do setor produtivo de Brasília.

O novo comandante do 7º Distrito Naval, Contra-Almirante, Sérgio Goldstein, recepcionou os convidados ao lado da esposa Ana Beatriz, presidente do Conselho Curador de Cultura da CLDF, e na companhia do Vice-Almirante Silva Rodrigues, Vice-Chefe do Estado-Maior da Armada, e da sua esposa a cirurgiã dentista Elineide Rodrigues.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 07/08/2017

Deam lança projeto “Lidera – Empoderar para Multiplicar”

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher lançou hoje, o projeto “Lidera – Empoderar para Multiplicar”, com o objetivo de formar lideranças comunitárias para auxiliar no combate à violência contra a mulher no Distrito Federal. A iniciativa integra a comemoração dos 30 anos de existência da Delegacia da Mulher, criada em 1º de setembro de 1987.

O evento aconteceu no Departamento de Polícia Especializada, sede da corporação, nesta data em que a Lei Maria da Penha completa 11 anos. A delegada-chefe da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, Sandra Gomes, falou sobre Questões de Gênero, Violência contra a Mulher e o Atendimento no âmbito da Polícia Civil do DF e da Deam.

Sobre o projeto “Lidera – Empoderar para Multiplicar”, a delegada falou: “É uma forma de atuarmos ativamente junto à sociedade para que possamos fazer intervenções mais estruturantes: empoderar as lideranças para que elas multipliquem a prevenção pela educação”, declarou Sandra Gomes.

A população será capacitada, por meio de oficinas para aumentar o conhecimento sobre questões de gênero e as diferentes formas de prevenir a violência, além de sobre como ajudar as vítimas. As atividades para os 80 líderes comunitários selecionados serão ministradas por policiais civis.

Com a capacitação, as lideranças conseguirão reconhecer o impacto da violência contra a mulher, as causas, os instrumentos legais de proteção e enfrentamento e os serviços disponíveis na Polícia Civil do Distrito Federal, em especial na Deam, que fica na 204/205 Sul, e na rede de proteção às mulheres no DF.

A primeira-dama do Distrito Federal, Márcia Rollemberg, prestigiou o evento e falou da importância do trabalho dos voluntários. A colaboradora do governo de Brasília enumerou as ações do Brasília Cidadã como política pública essencial para construir uma nova consciência de paz social no DF. Ela destacou a importância de compartilhar as informações sobre a violência contra a mulher e de mobilizar a população. “Todos temos um papel para construirmos uma sociedade mais justa. A realidade só será mudada com o reconhecimento das nossas responsabilidades e com a participação social como direito”, declarou Márcia Rollemberg.

Eric Seba, diretor-geral da Polícia Civil, parabenizou o trabalho da Deam e ressaltou o papel da corporação como instrumento para a procura de uma sociedade mais justa. “Precisamos empoderar aqueles que buscam uma cultura de paz, sem intolerância de nenhum tipo.”

Quem estiver interessado em colaborar com o projeto, o e-mail é Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. .

Parabéns à Polícia Civil do Distrito Federal por formar líderes comunitários para fortalecer combate à violência contra a mulher.

50º Festival de Brasilia do Cinema Brasileiro anuncia os selecionados

Vitrine do cinema nacional, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro chega a 50ª edição mostrando a força da produção audiovisual brasileira. A edição de 2017 que acontece de 15 a 24 de setembro, no Cine Brasília, homenageia o diretor Nelson Pereira dos Santos, que receberá a medalha Paulo Emílio Salles Gomes pela grande contribuição ao cinema brasileiro.

O mais antigo evento do gênero no País em vez de premiar os vencedores, vai conceder R$ 340 mil em cachês de seleção para os nove longas, os 12 curtas-metragens da mostra competitiva e os longas das exibições paralelas. Longas-metragens: R$ 15 mil, Sessão especial: R$ 10 mil, Curtas-metragens: R$ 5 mil, Mostras paralelas: os longas receberão R$ 3 mil cada um.

“O festival mantém sua tradição, como centro de efervescência de debates estéticos e políticos, mas também se alinha às principais questões do mercado cinematográfico e das novas tendências”, declarou o secretário de Cultura, Guilherme Reis.

O festival será organizado em parceria com o Instituto Alvorada Brasil, organização da sociedade civil selecionada por chamamento público. O instituto promoverá mostras paralelas, como a Futuro Brasil, que servirão de vitrine para cineastas com filmes em finalização que desejam apresentá-los a especialistas de mercados de grandes festivais internacionais. Para lembrar a história do festival acontece a exibição 50 anos em 5 (dias) dedicada a uma retrospectiva de produções significativas que passaram pela tela do Cine Brasília.

Os concorrentes ao Troféu Candango vêm de nove unidades federativas: Arábia, de Affonso Uchoa e João Dumans (MG); Café com Canela, de Ary Rosa e Glenda Nicácio (BA); Construindo Pontes, de Heloisa Passos (PR); Era uma Vez Brasília, de Adirley Queirós (DF); Música para Quando as Luzes se Apagam, de Ismael Cannepele (RS); O Nó do Diabo, de Ramon Porto Mota, Gabriel Martins, Ian Abé e Jhesus Tribuzi (PB); Pendular, de Julia Murat (RJ); Por Trás da Linha de Escudos, de Marcelo Pedroso (PE) e Vazante, de Daniela Thomas (SP).

Os 12 títulos de curta-metragem que concorrem na mostra competitiva, foram selecionados entre 608 inscritos. Brasília participa com Carneiro de Ouro de Dácia Ibiapina. O Troféu Candango será entregue nas categorias melhor filme, direção, ator, atriz, ator coadjuvante, atriz coadjuvante, roteiro, fotografia, direção de arte, trilha sonora, som e montagem.

Entre as mostras paralelas, haverá seleções de filmes que contam a história dos 50 anos do Festival de Brasília, e uma exibição de películas não finalizadas para curadores e diretores de grandes festivais internacionais. Além do Cine Brasília, a organização levará exibição gratuita das mostras para Taguatinga, Sobradinho, Gama e Riacho Fundo I.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 5 de 219
RocketTheme Joomla Templates