Coluna Bernadete Alves - dia 02/04/2018

Em tempo de intolerância, presidente do STF pede serenidade e respeito

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, em pronunciamento hoje às 19 horas na TV Justiça, prega o respeito a opiniões para que diferenças ideológicas não sejam fonte de desordem social. A presidente do STF pediu serenidade ao povo brasileiro e disse que, fora da democracia, “não há respeito ao direito, nem esperança de justiça e ética”. A ministra reafirmou a confiança na Justiça como pilar da sociedade e pediu serenidade contra ‘desordem social’.

“A democracia brasileira é fruto da luta de muitos. E fora da democracia não há respeito ao direito, nem esperança de justiça e ética. Vivemos tempos de intolerância e de intransigência contra pessoas e instituições.

Por isso mesmo, este é um tempo em que se há de pedir serenidade. Serenidade para que as diferenças ideológicas não sejam fonte de desordem social. Serenidade para se romper com o quadro de violência. Violência não é justiça. Violência é vingança e incivilidade. Serenidade há de se pedir para que as pessoas possam expor suas ideias e posições, de forma legítima e pacífica.

Somos um povo, formamos uma nação. O fortalecimento da democracia brasileira depende da coesão cívica para a convivência tranquila de todos. Há que serem respeitadas opiniões diferentes.

Problemas resolvem-se com racionalidade, competência, equilíbrio e respeito aos direitos. Superam-se dificuldades fortalecendo-se os valores morais, sociais e jurídicos. Problemas resolvem-se garantindo-se a observância da Constituição, papel fundamental e conferido ao Poder Judiciário, que o vem cumprindo com rigor.

Gerações de brasileiros ajudaram a construir uma sociedade, que se pretende livre, justa e solidária. Nela não podem persistir agravos e insultos contra pessoas e instituições pela só circunstância de se terem ideias e práticas próprias. Diferenças ideológicas não podem ser inimizades sociais. A liberdade democrática há de ser exercida sempre com respeito ao outro.

A efetividade dos direitos conquistados pelos cidadãos brasileiros exige garantia de liberdade para exposição de ideias e posições plurais, algumas mesmo contrárias. Repito: há que se respeitar opiniões diferentes. O sentimento de brasilidade deve sobrepor-se a ressentimentos ou interesses que não sejam aqueles do bem comum a todos os brasileiros. A República brasileira é construção dos seus cidadãos”.

A pátria merece respeito. “O Brasil é cada cidadão a ser honrado em seus direitos, garantindo-se a integridade das instituições, responsável por assegurá-los.”

Brasília treme após abalo sísmico na Bolívia

Pessoas que trabalham ou moraram na área central de Brasília foram surpreendidos com tremores e balanços, por volta das 11 horas da manhã. Ao avisarem os Bombeiros ficaram sabendo que tratava-se de um terremoto que ocorreu no sul da Bolívia, na região dos Andes.

Conforme o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), o tremor de 6,8 de magnitude, foi sentido em Brasília, São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. O professor da Universidade de Brasília, Marcelo Rocha, do Observatório Sismológico, explicou que na escala de intensidade de 1 a 12, o abalo na capital ficou entre 3 e 4.

De acordo com informações do Serviço Geológico dos Estados Unidos, o terremoto na Bolívia aconteceu a 557km de profundidade, a cerca de 13km de um local chamado Carandayti, próximo da fronteira com a região norte do Paraguai. O epicentro do terremoto na céu Bolívia aconteceu a 209 quilômetros de Tarija, uma cidade ao sul do país próxima a fronteira com Paraguai e Argentina.

Conforme relatos, os abalos sísmicos ocorreram na Asa Norte, Esplanada dos Ministérios, antiga Rodoferroviária, nos setores Comercial Sul e de Indústrias Gráficas, entre outros pontos da capital. O Setor Comercial Sul foi uma das áreas mais afetadas, segundo o Corpo de Bombeiros. Com o balanço algumas pessoas sentiram náuseas e sensação de vibração. Os locais foram evacuados. As pessoas se aglomeraram nas ruas em razão do medo. Ainda bem que ninguém se feriu e também não houve rachaduras nem fissuras nos edifícios.

Depois do tremor, o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal recebeu vários pedidos de avaliação da estrutura de prédios, em Brasília. A Defesa Civil vistoriou 28 prédios.

Temer empossa novos ministros e diz que país está acima de todos

A segunda-feira foi movimentada no Palácio do Planalto. O presidente Michel Temer deu posse aos novos ministros da Saúde, Gilberto Occhi, e dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro Silveira, e a Nelson Antônio de Souza como presidente da Caixa Econômica Federal. Occhi (PP) deixou a presidência da Caixa Econômica Federal para assumir a pasta da Saúde, até então comandada por Ricardo Barros (PP), que deixou o cargo para se candidatar nas eleições de outubro. Nelson Antônio, agora presidente da Caixa, era vice-presidente de Habitação do banco. Valter Casimiro, diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), ficou no lugar de Maurício Quintella (PR), que também disputa cargo eletivo. O prazo final para a chamada desincompatibilização do cargo é o dia 7 de abril.

Temer agradeceu o trabalho dos que hoje deixam o governo, destacou suas realizações e deu boas-vindas aos novos comandantes dos ministérios e da Caixa. O presidente disse que os problemas do país exigem trabalho com união e diálogo e que, acima de tudo estão o país e as instituições. “Sabemos todos que o Brasil tem pressa e os problemas diante de nós exigem união e diálogo. Continuaremos a dedicar toda nossa energia com os novos ministros e presidente da Caixa para construir um país melhor para todos e que todos colaborem sem nenhuma tendência à separação. Acima de todos nós está o país, as instituições”, declarou.

Temer disse ainda que preserva as instituições e a separação, independência e harmônia entre os poderes. “A mensagem que se deu a todos nós que somos servos da Constituição foi conduza-se pelos termos dessa Constituição. Não saia dela, pois sair dela é desviar-se dos propósitos democráticos”.

O presidente Michel Temer, ao saudar o senador Eunício Oliveira, cometeu uma gafe. Chamou-o de “presidente do Supremo”. Depois do constrangimento no palco e na plateia Temer tentou minimizar dizendo que se confundiu porque tudo no País “começa no Legislativo”, por isso Eunício poderia ser o “presidente do Supremo”, afirmou Temer arrancando risos e aplausos dos presentes. A cerimônia realizada no Palácio do Planalto, às 10h30, foi bem prestigiada.

Após a posse, o novo ministro da saúde, Gilberto Occhi, afirmou que vai focar na gestão eficiente dos recursos da saúde pública. Já o dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, disse que vai dar andamento à gestão anterior com foco na entrega de obras paralisadas e projetos estratégicos vinculados ao Programa Avançar. O presidente da Caixa, Nelson Antônio, enfatizou o caráter público do banco e disse que buscará resultados financeiros, sociais e ambientais para atender as necessidades dos clientes mais desfavorecidos da sociedade.

Curtas

Morre Wildemir Demartini, presidente da Lopes Royal, vítima de um infarto na madrugada desta segunda-feira. O empresário atuava no setor imobiliário há 41 anos e foi fundador, dirigente e conselheiro da Ademi. Nossos sentimentos a esposa, filhos, familiares e amigos. Que Deus lhes conceda força para superar o momento de dor.

Justiça Eleitoral autoriza transexuais e travestis a pedirem a inclusão do nome social no título de eleitor. A medida também atualiza a identidade de gênero no cadastro eleitoral.O interessado deve procurar o cartório eleitoral de sua localidade para solicitar a mudança, que será feita por autodeclaração, até o dia 9 de maio.

Morre Winnie Madikizela-Mandela, ex-mulher do líder sul-africano Nelson Mandela. A noticia foi dada pelo seu assistente pessoal Zodwa Zwane, ao Jornal sul-africano Times. A ativista anti-apartheid, ícone da luta contra a divisão racial da África do Sul, faleceu depois de um longo período de doença. Winnie tinha 81 anos e estava hospitalizada no Joanesburgo.

Dia Mundial da Consciência do Autismo, mostra ao mundo que há pessoas um pouco diferentes das outras, mas que, na sua essência, são tão humanas quanto todos. O autismo é uma disfunção reurológica que afeta o desenvolvimento relacionado à comunicação, interação social e imaginação e que, na maioria das vezes, dificulta o exercício da vida autônoma, dentro dos padrões ditados pela normalidade, daí a necessidade de que a criança seja estimulada e atendida o mais cedo possível. Em alusão à data o Palácio do Buriti ficará iluminado de azul, cor-símbolo da campanha, de hoje até sábado dia 07.

Detran-DF promove ações de educativas pelos 21º anos da Faixa de Pedestre, a faixa da cidadania. A marca de respeito ao pedestre ficou conhecida em todo o território nacional e adotada em muitas capitais. Respeitar a faixa é respeitar a vida. Todos nós somos responsáveis por proporcionar segurança as pessoas e isso começa no trânsito. Ao dirigirmos temos que ficar atentos as leis de trânsito. Afinal, a vida passa pelo trânsito.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 01/04/2018

Construções inovadoras que lembram Ovos de Páscoa

O poeta e dramaturgo alemão, Bertolt Brecht, dizia que “perante um obstáculo, a linha mais curta entre dois pontos pode ser a curva”. Mas para os profissionais da arquitetura e engenharia, construir um empreendimento em formato não linear, arredondado ou oval, é um super desafio. Arquitetos e engenheiros gostam de desafios e para eles as construções curvas trazem uma liberdade criativa e poética refletidas em arquiteturas com conceitos inovadores. No mundo merece destaque o Torre Agbar do arquiteto francês Jean Nouvel; o St. Mary Axe, assinado por Norman Foster; o Cybertecture Egg, projeto desenvolvido pelo arquiteto James Law; o Davos Hotel, projetado pelos arquitetos do escritório Oikos; e o The Oval assinado por Tom Wright.

The Oval: Com 16 andares, localizado em Limassol, no Chipre (Europa), o empreendimento tem uma vista para o mar de tirar o fôlego. O projeto assinado por Tom Wright, arquiteto e co-fundador da WKK Arquitects e patenteado pela empresa Atkins, trata-se de um edifício comercial, voltado para locação de escritórios.

Torre Agbar: Barcelona impressiona a todos por sua arquitetura mista. Mas o que chama a atenção dos visitantes é o prédio de 142 m de altura e 34 andares, além de quatro pisos subterrâneos. O imóvel é considerado o terceiro mais alto da cidade. Foi projetado pelo arquiteto francês Jean Nouvel que se inspirou nas obras gaudianas, como os campanários da Sagrada Família, bem como os característicos pináculos da montanha de Montserrat. Iniciado em 1999, a construção prolongou-se por seis anos e foi inaugurada em 2005 pelo Rei da Espanha. A torre é propriedade do grupo multinacional Agbar, que no edifício possui sua sede corporativa. O edifício oval tem estrutura composta por lâminas de vidro que transparecem as cores no interior, que variam de tons avermelhados, a azuis e brancos.

Cybertecture Egg Building projeto desenvolvido pelo arquiteto James Law, esboça toda criatividade e modernidade. O edifício exótico de 32 mil m², totalmente espelhado, estende sua singularidade às propostas internas e explora sistemas inteligentes e ecológicos que visem inovar o mercado de Mumbai, na Índia. Mumbai é uma cidade que reúne cores e uma cultura rica, cheia de diversidades. É também na cidade de um dos países mais populosos do mundo. O edifício é imponente e moderno, ele mostra que a arquitetura evoluiu muito nos últimos anos e é capaz de criar elementos incríveis. A construção desafia a gravidade e mostra que o ser humano é capaz de tudo.

O St. Mary Axe: Apelidado de The Gherkin( pepino, em inglês) pelo seu formato oval, o prédio fica localizado em Londres e foi o primeiro arranha-céu construído no meio da cidade. A torre tem 180 m de altura, 47 mil m² e 40 andares. No topo, há restaurantes que recebem eventos privados e oferecem jantares com vistas panorâmicas para Londres. A variação do diâmetro, que mede 49 m na base, 56,5 m na parte mais larga, estreitando-se para 26,5 m no último andar, confere ao prédio a forma oval que lhe valeu o apelido de pepino, mas que, favorece o fluxo dos ventos ao redor da fachada, diminuindo a pressão sobre a estrutura do prédio e evitando que se direcionem para o nível do solo, onde poderiam afetar os pedestres. O projeto foi assinado por Norman Foster, construído entre 2001 e 2004, hoje pertencente ao Grupo Safra. É o sétimo arranha-céu mais alto da cidade e fica no principal distrito financeiro londrino.

Davos Hotel: Considerado “inconstrutível” por especialistas, o hotel projetado pelos arquitetos do escritório Oikos, na Suíça, apresenta uma fachada oval inovadora. Usando técnicas de modelagem e parametrização digitais, os arquitetos desenvolveram um sistema de fachada que apresenta um painel 3D de aço e mais de 62.000 peças individuais envelopadas. A inspiração dos arquitetos foi nas pinhas, que se assemelham aos elementos que revestem o empreendimento e a natureza que o envolta.

O Egg Building construído na China, a bela estrutura conhecida como “O Ovo”, é um Centro Nacional de Artes Cênicas da China. Com formato de cúpula, submerso em água, o Ovo contém uma ópera, uma sala de concertos e um teatro. A construção é tão intrigante abaixo da superfície que é lar de corredores submarinos, uma garagem submarina e até mesmo um lago artificial. Grande Teatro Nacional de Pequim, na China, é uma preciosidade da arquitetura moderna. Projetado pelo arquiteto francês Paul Andreu, a cúpula elíptica de titânio sobreposta por vidro, abriga 5,452 pessoas em 3 andares, numa área de 12000m². A estrutura da concha é formada por 148 vigas de aço embutidas na parte inferior num anel de concreto, e fixadas na parte superior a um anel de aço de 1.460mm de diâmetro. O teatro é rodeado por água, criando um efeito belíssimo com o reflexo da água, ainda mais a noite com suas luzes. A região de Pequim é a uma zona com atividade sísmica moderada. A concha, na sua estrutura, está totalmente independente dos outros volumes do edifício por intermédio de apoios elásticos e sua geometria, com duplo eixo de simetria, permite a limitação dos esforços sísmicos.

No Brasil nós temos o ‘Orquidário Professora Ruth Cardoso’, localizado no Parque Villa-Lobos, São Paulo, projeto de Decio Tozzi, inaugurado em 2010, que se inspirou nas formas de “habitat” de culturas africanas, indígenas e pré-colombianas. Para alguns lembra um ovo, para outros uma oca. O nível do orquidário implanta-se 1,5 m abaixo da linha de terra. Essa solução cria naturalmente um embasamento, a 1,20 do nível do Parque, onde pousa a forma de oca transparente. Uma viga vazada, em arco, estrutura a forma e sugere a escala do orquidário oferecendo o volume de ar necessário para o deslocamento permanente do ar, necessário à delicadeza das orquídeas.

Maior casa de chocolate do mundo fica no Brasil

A maior casa de chocolate do mundo está em Uberaba, no Triângulo Mineiro e foi feita por 25 pessoas. A estrutura tem 15 m², divididos em dois cômodos e 2,40 metros de altura, cheia de detalhes como telhas, janelas e portas.Para a construção foi utilizado 10.488 quilos de chocolate e levou 180 horas para ficar pronta.

A coordenação da obra foi do chef chocolatier Alexandre Bispo, profissional de Recife (PE), que há 30 anos trabalha neste ramo.Os cômodos da casa foram ‘mobiliados’ com móveis e esculturas. A obra homenageou três personalidades bastante conhecidas do público: o médium Chico Xavier, que viveu parte de sua vida na cidade mineira, a apresentadora Ana Maria Braga, que completa 69 anos de idade neste domingo e do personagem Louro José. Um trabalho cuidadoso dos confeiteiros.

De acordo com a organização do evento, a ‘Casa do Chocolate’ quebrou o recorde na categoria de “maior escultura de chocolate do mundo”. A certificação foi realizada na manhã de hoje, 1º de abril, pelos avaliadores do Guinness World Records, durante a 2ª edição da Expocolate.

As estruturas estão envernizadas e mantidas em refrigeração adequada para compor o Museu do Chocolate, que ficará instalado no interior da loja Casa do Chocolate do Praça Uberaba Shopping. O espaço ficará aberto para visitação durante todo o ano.

Feliz e Abençoada Páscoa!

Páscoa significa Renascimento. Que renasça dentro de nós sentimentos puros de amor, fraternidade e carinho. Que nossa transformação se faça através de pequenos atos e sentimentos. Que aprendamos o valor de um sorriso, de uma palavra, de um gesto bom. Que nos realizemos em nós mesmos e não no personagem que imaginamos ser o ideal. Que sejamos cada vez mais leais aos princípios da vida.

Vamos celebrar este Domingo de Páscoa com o coração repleto de paz, alegria e esperanças renovadas. Renovemos nossa fé e o propósito de sermos e fazermos felizes todos aqueles que nos cercam. Vamos renascer a cada dia como a luz da manhã. Que a ressurreição de Jesus nos encha sempre de fé e coragem para que façamos renascer um mundo de Justiça, Sabedoria e Fraternidade.

Curtas

Zilá Costa Raymundo, professora de Ikebana e fundadora da Sogetsu em Brasília, é a aniversariante deste domingo. A mestra do caminho da flor recebe hoje muitas homenagens. Zilá é professora credenciada para utilizar a mesma metodologia de ensino do Japão. Suas composições florais seguem a linha estética da Escola Sogetsu, com sede em Akasaka, Tokyo. Parabéns pela vida e pelo lindo trabalho compartilhado com as inúmeras alunas.

O 21º Aniversário do Respeito ao Pedestre na Faixa, será comemorado neste domingo, com a 8ª Corrida “No Trânsito Somos Todos Responsáveis”. A abertura do evento será feita pelo super-herói dos pedestres, o Super-Ando, no estacionamento entre a Torre de TV e a Funarte. A Diretoria de Educação de Trânsito do Detran-DF realizou ontem uma série de ações educativas com a participação especial do Super-Ando. E as ações continuam a partir de amanhã nas faixas de pedestres das regiões administrativas. No trânsito somos todos responsáveis.

Denise Zuba e Felipe Zuba, apresentam hoje a Mostra Artefacto 2018, com uma requintada festa na QI 21 do Lago Sul para convidados e profissionais da arquitetura e decoração. Os sócios vão apresentar doze ambientes que mostram a integração do design com o cinema, a cultura e as artes. O domingo de Páscoa terá a participação do cantor Fiuk e do ator Ricardo Pereira, da novela Deus Salve o Rei.

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, regida pelo maestro Cláudio Cohen, realizará no mês de abril quatro concertos gratuitos. O primeiro espetáculo será na terça-feira, dia 03, às 20 horas no Cine Brasília, em homenagem a obras do compositor Béla Bartók, da Hungria. No dia 10 a musicalidade brasileira será exaltada com a suíte de Mulher Rendeira, de Fernando Morais; Miniatura Pernambucana, de Beetholven Cunha; e Concerto para Bandolim e Orquestra de Cordas, de Radamés Gnattali, que terá como solista convidado o bandolinista Victor Angeleas.

Procon-DF faz mutirão para renegociar dívidas de cartão de crédito. A força-tarefa será de 2 a 13 deste mês, para clientes do BRBCard, com faturas vencidas há mais de 180 dias. Os interessados devem ligar para o telefone (61) 3048-8020. O dia e o horário do atendimento serão agendados pela administradora do cartão, que enviará mensagem de texto para o número de celular cadastrado na base de dados da empresa.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 31/03/2018

Contra sedentarismo, tudo ajuda garante a ciência

A ciência vem demonstrando através de diversas pesquisas que, quando o assunto é atividade física, o que conta é a intensidade e não a duração. Todos sabemos que para minimizar a deterioração física do envelhecimento, combater as doenças associadas com o sedentarismo, como a hipertensão, cardiopatia, acidente vascular cerebral, determinados tipos de câncer, e a obesidade, temos que fazer alguma atividade física. A novidade é que exercícios em poucas doses leva a uma maior adesão do que se for em grande quantidade.

Um dos grandes problemas enfrentados pelos profissionais do esporte é conseguir a adesão à atividade física de pessoas que não têm uma mentalidade voltada para ela. Ao que parece, se os momentos de atividade moderada a intensa são divididos em frações de cinco minutos, em vez dos 10 sugeridos pelo Departamento de Saúde dos EUA, o exercício fica psicologicamente mais fácil de fazer.

Essas são as conclusões de um estudo realizado por diversas instituições, incluindo a Universidade Harvard (EUA) e a University College of London (Reino Unido). A pesquisa indica que caminhar rápido durante cinco minutos, parar e retomar a marcha funciona melhor do que fazê-lo por 10 minutos até perder o fôlego. E, com essa técnica, pode-se duplicar o número de pessoas entre 70 e 93 anos que conseguem completar os 150 minutos de exercício por semana recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para quem acha que este tempo é muito, os cientistas do Departamento de Saúde de Taiwan, dizem que é possível reduzir em 14% a incidência todos os tipos de doenças não genéticas associadas com o sedentarismo se a pessoa caminhar 92 minutos por semana.

Segundo a Academia Americana de Medicina Esportiva,quem tem mais de 65 anos deve dedicar 2 dias por semana ao treinamento de força para não perder potência músculo-esquelética. Já um estudo do Veterans Affairs Medical Center (EUA) diz que a pessoa pode conseguir os mesmos efeitos malhando só uma vez por semana.

Um artigo publicado na revista Physiological Reports mostra que passar mais tempo na academia levantando peso não vai deixar a pessoa com mais músculos. O estudo revela melhores resultados em séries de quatro a cinco repetições a 90% da intensidade máxima do que em 10 ou 12 repetições a 70%. Em outras palavras: levante mais peso, menos vezes, e verá melhores resultados do ponto de vista do aumento de força e da hipertrofia.

O médico Francisco Camarelles, do Grupo de Educação Sanitária e Promoção da Saúde da Sociedade Espanhola de Medicina de Família e Comunitária (semFYC), conta que quando ele diz a uma paciente sedentária que ela deve caminhar meia hora por dia, ela acha a tarefa impossível e alega falta de tempo. “Mas se lhe propusermos dividir a caminhada em pequenos fragmentos de tempo, ela muda de atitude”. Segundo o médico, o importante é se exercitar. “Não é preciso que ela saia especificamente para caminhar. Pode sair para comprar pão ou para buscar os filhos na escola sem o carro. No final das contas, tudo isso ajuda.”

Dr. Camarelles chama a atenção para as pessoas que passam muito tempo sentadas. “Elas têm um pior perfil cardiovascular e metabólico do que as que fazem breves pausas para se mover ou alongar em sua jornada de trabalho”. A dica do médico é: se levantar da cadeira um minuto e 40 segundos a cada meia hora. Quanto ao treino, a ciência tem várias rotinas para as pessoas com tempo escasso, preguiça ou que preferem realizar o exercício em pequenas doses. Das 24 horas do dia, basta reservar quatro minutos.

Para quem precisa fazer exercício físico, a ciência deixa claro: é melhor fazer pouco exercício e ser constante do que não fazer nada.

Especialistas asseguram que exercícios físicos moderados são essenciais para manter a saúde e uma atitude equilibrada diante da vida, evitando as causas do estresse e tensão.

Símbolos da Páscoa

Para muitas pessoas a Páscoa é uma das datas mais esperadas. Isso porque além dos muitos significados como renovação, esperança, felicidade, que a comemoração traz, há uma tradição de presentear com ovos de chocolate. A sua origem é pagã e possui grande importância para o judaísmo e o catolicismo, mas atualmente até os ateus fazem parte da celebração por meio dos símbolos.

No geral, os mais conhecidos símbolos da Páscoa são o coelho e o ovo. O coelho foi escolhido por ser um símbolo de fertilidade e vida, afinal esse animal costuma se reproduzir com grandes e frequentes ninhadas. Presentear com ovos já era um costume antigo dos povos do mediterrâneo para celebrar a chegada da primavera e da época de plantio, a prática foi incluída na data comemorativa pelo ovo representar a vida.

Atualmente a celebração recebeu uma releitura que globalizou a festividade: o ovo passou a ser de chocolate e o coelho a ter como função entregá-lo. Com isso, o Domingo de Ramos, como é conhecido pelos cristãos, passou a ser o dia para entrega de presentes de Páscoa como os ovos de chocolate. Outros preferem entregar no Domingo de Páscoa de forma criativa e só para as crianças.

O consumo de ovos de páscoa tem diminuído nos últimos anos por causa do preço elevado cobrado pelas grandes lojas de varejo. Para atrair o público infantil, lojas e supermercados têm alguns ovos que vêm acompanhados de brinquedos, fones de ouvido e até mesmo bolsas em formato de concha. O consumidor busca qualidade e bom preço em tudo que adquire. E como as lojas especializadas em chocolate trabalham com preço tabelado, inviabiliza os descontos.

Como alternativa de presente as pessoas estão optando por barras de chocolate e bombons. Outros preferem personalizar os presentes e fazem os próprios ovos, em vez de comprá-los, dando menos importância para a forma, mas sem deixar de lado o sabor ou a qualidade do chocolate. Quem ainda não comprou o ovo de Páscoa pode ser beneficiado pela grande quantidade de ovos ainda em estoque na véspera da Páscoa. Isso tem levado alguns supermercados a baixar os preços. É só pesquisar.

Páscoa é renascimento, é recomeço. É uma nova chance para a gente melhorar. Vamos dizer SIM ao amor e à vida. Vamos vivenciar a solidariedade. Mais importante que dar um ovo de chocolate é estar com as pessoas que amamos. O abraço sincero é o melhor presente em tempos de turbulências econômicas. Abraços são como bálsamos para a alma.

Dizem que na vida quem perde o telhado ganha as estrelas. É assim mesmo. Às vezes a gente perde o que não queria, mas conquista o que nunca imaginou.

Curtas

A brasileira Thaís Vasconcelos, 29 anos, ganhou o prêmio anual John C Marsden Medal, da Linnean Society, de Londres. A ex-aluna da UnB ganhou uma das mais prestigiadas condecorações do mundo da ciência. Thaís é a primeira latino-americana a ganhar a melhor tese de doutorado em Biologia. Ela foi estudar no Reino Unido graças a uma bolsa da Capes e do Programa Ciências sem Fronteiras.

Remédios sobem de 2,09% a 2,84% a partir de hoje. A resolução do Conselho de Ministros da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) foi publicada no dia 29, no Diário Oficial da União. O Cmed é um órgão do governo integrado por representantes de vários ministérios. O percentual de reajuste tem como base a inflação acumulada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no acumulado de 12 meses, de março de 2017 a fevereiro deste ano.

Escritora Laurel Niedospial critica pais que não conseguem controlar as crianças e que não se importam delas estarem atrapalhando o voo dos outros passageiros. “Não é aceitável os pais deixarem as crianças correr pelo corredor, gritando a plenos pulmões ou fazendo o que parece um sapateado no encosto do acento da frente”. A escritora tem razão. Viajar de avião com criança não é fácil nem para os pais e nem para as outras pessoas, por isso é preciso disciplinar os filhos para não incomodar os passageiros. Quando viajamos esperamos uma certa dose de conforto e privacidade.

Governo Federal faz 53% das compras sem licitação. Dos R$ 3,558 bilhões gastos de janeiro até o fim deste mês, apenas R$ 1,666 bilhões foi para o pregão, a concorrência, a tomada de preço ou o convite para selecionar as empresas envolvidas, como manda a Lei Geral de Licitações – nº 8.666/1993. “ Alguns órgãos criam situações de emergência a fim de solicitar até mesmo a liberação de recursos contingenciados. Muitas vezes, isso acontece de forma intencional para fugir do certame licitatório, por isso, não só o Ministério Público e os Tribunais de Contas precisam ficar de olho, como todos os cidadãos”, alerta o professor de Administração e Políticas Públicas José Simões. O pregão eletrônico foi criado exatamente para facilitar a contratação e diminuir os custos bem como reduzir os casos de subornos, propinas e vantagens.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 30/03/2018

Grupo Globo entrega o Prêmio Faz Diferença

O GLOBO, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, entregou o Prêmio Faz Diferença, uma homenagem aos brasileiros, que, nas mais diversas áreas de atuação, serviram de inspiração para o país e o mundo em 2017. Os três indicados em cada uma das 16 categorias foram escolhidos pelos votos de jornalistas do GLOBO, de dirigentes da Firjan, dos ganhadores do ano passado e do público em geral. A cerimônia de entrega do prêmio Faz Diferença O Globo 2017, 15ª edição, foi apresentada por Míriam Leitão e Ancelmo Gois e aconteceu no Golden Room do Belmond Copacabana Palace,no Rio de Janeiro.

Dentre as personalidades, instituições e pessoas que contribuíram com suas iniciativas, trabalho e talento para tornar o país melhor está a cientista Joana D’Arc Félix, PhD em Química pela Universidade de Harvard. A pesquisadora foi agraciada como Personalidade do Ano de 2017, o principal prêmio do evento, das mãos do diretor-geral de mídia impressa do Grupo Globo, Fred Kachar, e do diretor de redação do GLOBO, Alan Gripp.

Frederic Kachar, ressaltou a importância dedicada à educação pela edição deste ano do Prêmio Faz Diferença.“Hoje, mais uma vez, trouxemos pessoas que são exemplo de ética, de coragem, determinação e cidadania, mesmo. E a educação, foi a tônica deste ano. Foi uma marca desta edição e mostra como a educação transforma e está na base de tudo, é a base do respeito”, declarou Kachar.

A pesquisadora de 54 anos entrou para a Unicamp aos 14, terminou o mestrado aos 19 e aos 25 anos passou para Harvard, nos EUA. Joana D’Arc Félix, emocionada, relembrou sua trajetória marcada por muita luta e preconceito, desde os seis anos de idade.

A cantora Anitta recebeu o Prêmio Faz Diferença na Categoria Música,das mãos de Fátima Sá, editora de Cultura, e de Rolland Gianotti, editor do site do GLOBO.

Jackson Follmann, goleiro sobrevivente do acidente aéreo com o time da Chapecoense recebeu o Prêmio Faz Diferença na categoria Esporte em seu nome e dos também sobreviventes Alan Ruschel e Neto, das mãos de Alexandre Freeland e Márvio dos Anjos. Ele dedicou o troféu aos companheiros mortos na tragédia de novembro de 2016.

O escritor Silviano Santiago recebeu o Prêmio Faz Diferença na categoria Segundo Caderno/Livros, das mãos de Aluizio Maranhão e do colunista Merval Pereira. O casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank recebeu o Prêmio Faz Diferença na categoria Diversidade das mãos da editora-executiva Viviane Cohen, do editor dos Jornais de Bairros, Milton Calmon Filho, e do editor de redes sociais, Sergio Maggi.

O pesquisador Sérgio Lucena recebeu o Prêmio Faz Diferença na categoria Sociedade/Ciência e Saúde, das mãos de Paulo Celso Pereira, chefe de redação da Sucursal de Brasília e de Bernardo Mello Franco.

A estilista Lenny Niemeyer recebeu o troféu na categoria ELA das mãos de Bruno Astuto, editor chefe da plataforma Ela e da colunista Marina Caruso.

Roberto de Oliveira Ferreira recebeu o prêmio na categoria Rio pelas mãos da editora-executiva Maria Fernanda Delmas e da editora de Rio, Gabriela Goulart.

O ator Vladimir Brichta recebeu o prêmio na categoria Segundo Caderno/Cinema, das mãos do editor de fotografia, André Sarmento, e a colunista Cora Rónai.

Os demais agraciados nas categorias foram: País: Professora Heley de Abreu Batista ("In memoriam"). Heley teve 90% do corpo queimado e morreu para salvar crianças no incêndio criminoso a creche de Janaúba (MG). O irmão Marcôney de Abreu recebeu a homenagem da editora de País, Maiá Menezes, e da diretora editorial, Ruth de Aquino. Ele disse que o reconhecimento dela vai dar forças à família. Rio: Roberto de Oliveira Ferreira; Economia: Fernanda Giannasi, auditora fiscal do trabalho; Desenvolvimento do Rio: Subsea7 ; Mundo: Andrêza Trajano; Segundo Caderno/ Artes Visuais: Abraham Palatnik; Segundo Caderno/Teatro: José Celso Martinez Corrêa; Sociedade/ Educação: Escola Municipal Infante Dom Henrique (SP); Segundo Caderno/ Artes Visuais: Abraham Palatnik; e o jornalista Pedro Bial recebeu o prêmio na categoria Segundo Caderno/TV.

A festa reuniu inúmeras personalidades e Vips no Copacabana Palace.

Via Sacra no Morro da Capelinha une fé e tradição

O caminho percorrido por Jesus Cristo até a crucificação e ressurreição foi encenado no Morro da Capelinha, em Planaltina, no Distrito Federal, a cerca de 45 quilômetros de Brasília. O espetáculo cristão, realizado pelo Grupo Via Sacra Ao Vivo, acontece há 45 anos com 800 atores nos papeis dos personagens bíblicos e 600 no apoio técnico.O tema da tradicional encenação neste ano foi Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida.

A primeira montagem da via sacra no Morro da Capelinha aconteceu em 1973. Em 1986, o evento foi incluído no calendário oficial do DF e, em 2008, foi decretado como Patrimônio Imaterial do DF. A encenação é considerada uma das mais importantes do contexto cultural e religioso do Distrito Federal.

Ao longo do dia, muitos fiéis foram ao cruzeiro no alto do morro para acender velas, fazer pedidos e pagar promessas. Algumas subiram de joelhos ou carregando cruzes para agradecer as graças recebidas. Os fiéis percorrem 14 estações até o alto do morro. Em cada uma delas, uma passagem da Bíblia é lembrada, desde a prisão de Cristo até sua morte. A 15ª estação encena a ressurreição de Cristo.

A Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal, o Detran-DF e as policias civis e militares, garantiram a tranquilidade da celebração no Morro da Capelinha.Bombeiros militares e profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), da Secretaria de Saúde e da Cruz Vermelha, garantiram o atendimento de ocorrências médicas em cinco pontos fixos com médicos e enfermeiros A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) distribuiu cerca de 13 mil litros de água em pontos espalhados desde a entrada do evento até o topo do morro, onde ocorreu a encenação.

O corpo de Jesus foi tirado da cruz ao som da canção Metade de Mim, de Chico Buarque. O momento foi de silêncio e comoção generalizados entre a plateia. Antes do momento da ressurreição, a Banda da Via Sacra divertiu o público. O brasiliense Marcelo Augusto, advogado da Terracap, interpretou Jesus. Milena Guimarães, Maria, Gledson Gratão interpretou Pôncio Pilatos e Sandra Alves, o papel de Maria Madalena.

Um show de pirotecnia com representantes dos arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael, surpreendeu o público de cerca de 60 mil pessoas que acompanhou o julgamento, a prisão, o sofrimento, a crucificação e a ressurreição de Jesus ao longo de uma ladeira com 1 km de extensão, aproximadamente. Em uma tenda exclusiva, havia intérprete de libras e um telão.

Curtas

Papa pede vergonha e esperança para a humanidade. Francisco pediu aos fiéis e aos clérigos que redescubram a capacidade de sentir vergonha por seu papel em relação aos problemas do mundo. Na via-crúcis, tradicional rito das celebrações de Páscoa, no Coliseu de Roma,o pontífice fez apelo pelo perdão e pelo fim das guerras, divisões e egoísmo. “Olhe para o Cristo Crucificado, n’Ele brota a esperança que dura para a vida eterna”, declarou.

Projeto Cosmos de universitários de Manaus, foi selecionado para ser apresentado em Atividades de Educação Espacial, em Budapeste, na Hungria, de 11 a 13 de abril. O projeto social voluntário surgiu em 2015 para levar astronomia e conhecimentos de matemática, física, química e ciência a escolas públicas da cidade. A iniciativa tem o apoio da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA).

A casca de ovo possui osteopontina, uma proteína determinante para a resistência, proteção e nutrição do pintinho embrionário. A conclusão é de Cientistas da Universidade McGill, no Canadá. Os estudos foram publicados na última edição da revista Science Advances e podem ajudar no melhoramento da produção de alimentos para o consumo humano.

‘Billie Holiday, a canção’ está em cartaz de hoje até domingo às 21 horas no Teatro dos Bancários, na EQS 314. Ingressos a R$ 80 e R$ 40 podem ser adquiridos na bilheteria do teatro. O musical, originário de Sergipe, é dirigido por Raimundo Venâncio e conta a história da cantora americana, interpretada pela atriz Tânia Maria. Depois de Brasília segue para São Paulo e Atlanta nos EUA. Vale a pena conferir.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 29/03/2018

Prêmio Brasil Olímpico 2017 destaca Marcelo Melo e Mayra Aguiar

A festa de gala do esporte olímpico nacional, organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro, foi marcada por tributo a Bebeto de Freitas. A 19ª edição do Prêmio Brasil Olímpico foi realizado na noite de ontem, no Rio de Janeiro, e elegeu os melhores atletas olímpicos de 2017 de 51 modalidades. O anfitrião Paulo Wanderley, presidente do COB, disse que premiar é reconhecer o mérito dos maiores expoentes dos esportes olímpicos no país.

“O ano de 2017 foi de muitas mudanças no esporte brasileiro. Um ano de readaptação à realidade do país e do próprio esporte. As dificuldades foram imensas, mas juntos – COB, Confederações, Ministério do Esporte, Forças Armadas, clubes, treinadores e atletas, conseguimos superar os desafios e evoluir. E seguiremos assim, baseados na meritocracia, austeridade e transparência, até os Jogos Olímpicos Tóquio 2020”, declarou o presidente Paulo Wanderley.

A escolha dos vencedores do Troféu de Melhor Atleta do Ano foi realizada por um júri formado por jornalistas, dirigentes, ex-atletas e personalidades do esporte.Os grandes vencedores da noite foram Marcelo Melo e Mayra Aguiar, que conquistaram o principal troféu da noite nas categorias masculina e feminina, respectivamente. O mineiro de 34 anos,Marcelo Melo, confirmou o favoritismo e ficou com o prêmio de melhor atleta. Afinal, o tenista terminou 2017 como número 1 do mundo nas duplas e formou a melhor parceria da temporada, ao lado do polonês Lukasz Kubot. Foram seis títulos no ano, incluindo a inédita conquista do Grand Slam de Wimbledon e três Masters 1.000 (Miami, Madrid e Paris).

A gaúcha de 27 anos, Mayra Aguar, foi medalha de ouro no Mundial de Budapeste. Duas vezes medalhista olímpica começou 2017 se recuperando de uma cirurgia no ombro e acabou com o bicampeonato mundial em Budapeste, na categoria meio-pesado (-78kg). Um título que fez a judoca superar Ana Marcela Cunha (maratonas aquáticas) e Ana Sátila (canoagem slalom) para ficar com o prêmio de melhor atleta feminina.

O prêmio de atleta da torcida, que tinha votação aberta do público, ficou com o brasiliense Caio Bonfim, da marcha atlética. Ele desbancou nomes como Ana Marcela Cunha, Gabriel Medina, Bruno Fratus e os próprios vencedores de melhor atleta para ficar com o troféu. O Atleta da Torcida teve um simbolismo especial nesta edição do Prêmio Brasil Olímpico. Caio Bonfim, que tanto sofreu preconceito durante seus treinos por causa do movimento da marcha atlética, mostrou que quebrou barreiras e caiu nos braços da galera. Depois de conquistar a inédita medalha de bronze no Mundial de Londres na marcha de 20km, ele foi o vencedor em votação popular.

“Fico muito agradecido por esse prêmio. É um tipo de competição que não estou acostumado. Sou do esporte individual, e esse prêmio veio coletivo. A galera que votou me surpreendeu muito. Não esperava esse título. Os concorrentes eram de peso. Quando vi os nomes, disse: "Vixe, tô lascado" (risos), mas estou aqui. É uma honra. Eu lembro que em 1996 fui buscar minha mãe no aeroporto, que ela tinha ganho um Campeonato Brasileiro de marcha atlética. Voltei para casa pensando: "Cara, quero isso para mim". Toda a torcida. Hoje, em um esporte que foi tão discriminado, tanto preconceito que tem a marcha atlética por um homem estar rebolando, e você ganhar um título de votação popular. Quer dizer, a gente conseguiu quebrar esse preconceito”, declarou na entrevista.

Os melhores atletas em suas respectivas categorias são: Atletismo: Caio Bonfim; Badminton: Ygor Coelho; Basquete: Vitor Benite; Basquete 3x3: Luiz Felipe Soriani; Beisebol: Eric Eiji Taniguchi Pardinho; Boxe: Beatriz Ferreira; Canoagem Slalom: Ana Sátila; Canoagem Velocidade: Isaquias Queiroz; Ciclismo BMX (Freestyle): Eduarda Bordignon; Ciclismo BMX (Racing): Priscilla Carnaval; Ciclismo Estrada: Flávia Paparella; Ciclismo Mountain Bike: Henrique Avancini; Ciclismo Pista: Gabriela Yumi Nishi Gomes; Desportos na Neve: Michel Macedo; Desportos no Gelo: Edson Bindilatti e Edson Martins; Escalada Esportiva: Felipe Ho Foganholo; Esgrima: Nathalie Moellhausen; Futebol: Luan Guilherme de Jesus Vieira (Grêmio); Ginástica Artística: Thais Fidelis; Ginástica Trampolim: Camilla Gomes; Ginástica Rítmica: Jéssica Sayonara Maier; Golfe: Herik Frederico Machado Oliveira; Handebol: Eduarda Amorim; Hipismo adestramento: João Victor Oliva; Hipismo CCE: Márcio Carvalho Jorge; Hipismo saltos: Pedro Veniss; Hóquei sobre grama: André Luiz Couto ; Judô: Mayra Aguiar; Karatê: Douglas Brose; Levantamento de pesos: Fernando Saraiva Reis; Maratona Aquática: Ana Marcela Cunha; Natação: Bruno Fratus; Nado Sincronizado: Maria Clara Lobo; Pentatlo moderno: Danilo de Moraes Fagundes; Polo Aquático: Illana Pinheiro; Remo: Uncas Tales Batista; Rugby: Rachel Cristina Kochhann; Saltos Ornamentais: Isaac Nascimento de Souza Filho; Skate: Pedro Barros; Softbol: Fernanda Ayumi Shiroma; Surfe: Gabriel Medina; Taekwondo: Iris Sing; Tênis: Marcelo Melo; Tênis de mesa: Hugo Calderano;Tiro com arco: Marcus Vinícius D´Almeida; Tiro esportivo: Felipe Wu; Triatlo: Vittória Lopes de Mello; Vela: Martine Grael e Kahena Kunze; Vôlei: Natália Zilio; Vôlei de praia: André Stein e Evandro Gonçalves; e Wrestling: Joilson de Brito Ramos Jr.

A solenidade teve dois momentos família. Depois de Torben ganhar o Troféu Adhemar Ferreira da Silva em 2013, foi a vez do irmão Lars Grael receber o tributo, uma homenagem aos grandes nomes que representem os valores positivos do esporte, como ética e respeito. Mais uma premiação para a família, já que Martine Grael levou o título de melhor velejadora de 2017 ao lado de sua proeira Kahena Kunze. E depois foi a vez da campeã mundial e vice olímpica do basquete, Hortência, subiu ao palco para entregar uma estatueta ao filho João Victor Marcari Oliva, o melhor do ano no hipismo de adestramento.

Os comandantes das Seleções Brasileiras também foram premiados. José Roberto Guimarães, Mario Tsutsui e Kiko Pereira são os melhores técnicos do Prêmio Brasil Olímpico 2017. José Roberto Guimarães, da seleção feminina de vôlei, conquistou a categoria de melhor treinador de esportes coletivos. Na categoria melhor técnico de esportes individuais, o prêmio foi dividido entre Mario Tsutsui, da Confederação Brasileira de Judô, e Antonio Carlos Pereira, o Kiko, da Sociedade de Ginástica Porto Alegre (Sogipa). Eles guiaram a medalhista olímpica Mayra Aguiar ao bicampeonato mundial na categoria meio-pesado.

A noite foi também de homenagens para ícones esportivos do Brasil. Recém-falecido, Bebeto de Freitas, comandante da Geração de Prata do vôlei brasileiro, foi um dos lembrados e emocionou o público, inclusive o lendário técnico Bernardinho, da mesma modalidade. Por outro lado, Lars Grael recebeu o Troféu Adhemar Ferreira da Silva, que homenageia grandes nomes que representam os valores positivos do esporte no Brasil.

O Prêmio Brasil Olímpico também premiou jovens que são promessas do país e se destacaram nos Jogos Escolares. Na categoria entre 12 e 14 anos, os vencedores foram Joon Shin (tênis de mesa) e Layane Miranda (wrestling). Na categoria entre 15 e 17 anos, os prêmios foram para André Luiz Souza (natação) e Amanda Kunkel (ciclismo). Houve ainda o anúncio da cidade de Natal (RN) como sede da etapa nacional dos Jogos Escolares de 2018.

Colunista Isadora Campos ganha homenagem das madrinhas

Isadora Campos, colunista do Metrópoles, filha de Ivonice Campos e José Ribamar Dias, foi homenageada pelas madrinhas Duda e Koka Piran, com um caprichado chá bar no Lago Norte. Um brinde a amizade, a beleza e ao amor.

Isadora recebeu amigas e familiares com look assinado por Oscar la Renta, e enriquecido com brincos de turmalina paraíba, esmeralda e brilhantes. Dentre as lindas amigas da homenageada destaque para Carol Pellegrino, Sofia Peixoto, Tatá Canhedo, Melissa Gontijo, Karina Curi, Vanessa Lemos e Carol Kalil.

A bela advogada está ultimando os preparativos para o tão esperado SIM no dia 28 de abril com o empresário carioca Jorge Paulo Palhares, filho de Christiana Palhares.

Isadora Campos é o retrato da felicidade porque sabe que as coisas boas acontecem para quem distribui o bem por onde passa.

Curtas

Denise Gebrim é mãe pela segunda vez. Nasceu de parto normal, às 2h30 da madrugada do dia 28, Maria Helena, filha de Denise Gebrim e de Ueliton Caetano, no Hospital Santa Lúcia, na Asa Sul, para fazer companhia a Maria Antônia. Mamãe e bebê passam bem para a alegria dos avós Hassan e Cossete Gebrim. Parabéns! Bem-vinda princesa Maria Helena.

Malala Yousafzai, ganhadora do Nobel da Paz em 2014, visita o Paquistão pela primeira vez depois do ataque Talibã de 2012. Malala, símbolo mundial de defesa dos direitos humanos e ativista da educação de meninas, estava acompanhada dos pais e foi escoltada do aeroporto internacional Benazir Bhutto, em Ialamabad, sob um forte esquema de segurança.

PaulOOctávio Investimentos Imobiliários foi agraciada com dois troféus nas categorias: “Empresas que mais lançaram imóveis em 2017 no DF” e “Empresas que mais venderam imóveis em 2017 no DF”, durante o Painel Imobiliário realizado ontem no auditório do Sinduscon-DF. O empresário Paulo Octavio recebeu o Prêmio Top Imobiliário by Lopes Royal de Wildemir Demartini, presidente da Lopes Royal.

Dança das cadeiras acaba dia 07 de abril, data limite para que políticos com mandato possam mudar de sigla sem que sejam enquadrados na infidelidade partidária. Já trocaram de partido as distritais Sandra Faraj e Celina Leão.

Iate Clube de Brasília vai comemorar seu 58º aniversário com show de Sidney Magal, apresentação de DJ, Open Bar e buffet de empratados. A festa de aniversário será realizada no dia 20 de abril a partir das 22h, no Salão Social. Os ingressos podem ser adquiridos na secretaria do Clube.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 28/03/2018

Irany Poubel está em cartaz na Pousada dos Pirineus

Irany Vidigal Poubel é dedicada em tudo que faz. Na arte não poderia ser diferente. A marca das obras da artista que chegou em Brasília em 1961 é a força que dela emana. Irany produz trabalhos figurativos e abstratos por meio de lápis, carvão, pastel, aquarela, têmpera, acrílica ou com qualquer material.

Ao longo de seus 25 anos de carreira Irany já participou de diversas mostras e faz questão de dividir os seus conhecimentos com atividades culturais em Brasília e na Embaixada da Grécia. A espetacular artista já foi premiada no Brasil e na Itália.

“Desenho e pinto sem grande pressão do racional, procurando expressar pensamentos, sonhos, sentimentos, que deixo fluir no momento em que uma ideia surge. Em cada risco e cada traço, antecipo o prazer advindo da interação da obra comigo.Independente da fase pictórica que atravesse, minhas telas possuem um denominador comum, e quando chega a realização artística, sem qualquer cerceamento à liberdade própria de meu ato de criar, permito-me ficar descompromissada de toda imposição.Esse momento indescritível, de pura energia e emoção intensas, só é comparável ao que suponho seja o orgasmo cósmico”, declara a artista.

Irany Vidigal tem o dom de captar cenas raras em refinados traços e movimentos. Com cores vivas e brilhantes suas obras nos remetem as mais diversas expressões culturais. É uma força feminina na difusão da arte e cultura.

A forma peculiar de retratar o cotidiano e as imagens dos olhos do coração podem ser vistas na exposição em cartaz até 17 de maio na Pousada dos Pirineus, a convite da empresária Mércia Crema, em Pirinópolis, Goiás. Na abertura, no dia 17 deste mês a artista foi prestigiada pelas amigas brasilienses, Jane Godoy, Vera Coimbra e Moema Leão.

Vale a pena conferir, como a mineira de nascimento e brasiliense de coração, dá cor e vida as cenas do cotidiano.

Taguatinga ganha primeira Árvore Digital

A Praça do Relógio, em Taguatinga, ganhou uma árvore digital, equipamento que funciona com uso de energia solar e que oferece acesso à internet via Wi-Fi e permite carregar celulares e outros aparelhos de forma gratuita. Alunos do Centro de Ensino Médio Escola Industrial de Taguatinga,testaram a conexão assim como a advogada Karolyne Guimarães, administradora regional de Taguatinga.

Thiago Jarjour, secretário-adjunto de Ciência e Tecnologia, disse que a de Taguatinga é a primeira de 50 árvores digitais que devem ser espalhadas pelas regiões administrativas, em locais de grande alcance da população,até o fim do ano. “Funciona semelhante a outras parcerias, como das bicicletas compartilhadas e das conexões em aeroportos. A gente cede o espaço público por um período, e a empresa pode usar a publicidade”, explicou.

Valdir Oliveira, secretário de Economia, Desenvolvimento, Inovação, Ciência e Tecnologia, disse que a medida é um marco no DF. “Precisamos mudar o polo de desenvolvimento, descentralizar do Plano Piloto, e Taguatinga tem uma economia pujante”. O secretário disse que é muito bom ver os jovens ávidos por conhecimento e que o Wi-Fi gratuito vai ampliar os horizontes.

Para usar a internet, que tem velocidade prevista de 480 megabytes e alcance de 200 metros, não é preciso se cadastrar. Além do acesso gratuito e de tomadas para recarregar aparelhos eletrônicos, o terminal digital tem duas lâmpadas de LED acopladas, com o intuito de aumentar a segurança no período noturno.

O Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek será o próximo a receber a Árvore Digital com 240 mega de velocidade. Os equipamentos não acarretarão custos adicionais ao governo de Brasília. São fornecidos e bancados pela iniciativa privada, por meio da empresa Sunkit, que também fará a manutenção.Pelo espaço público cedido, a prestadora do serviço pode tanto comercializar nos terminais, fisicamente, quanto de forma digital, no momento da conexão. A empresa também poderá fazer propaganda virtual, quando o usuário acionar o Wi-Fi. Para isso, é necessário seguir as regras previstas no Marco Civil da Internet.

Curtas

Brasil ocupa a 161ª posição no Ranking de Presença Feminina no Poder Executivo, dentre os 186 países analisados pelo Projeto Mulheres Inspiradoras 2018. Os dados são baseados em informações das Nações Unidas, do Banco Mundial e do instituto de pesquisas The Heritage Foundation.O ranking é baseado em um índice que sintetiza dados que medem a representatividade feminina nas chefias de governo; a representatividade nas chefias de Estado; o número e a proporção de habitantes governados por mulheres e a proporção de cargos em ministérios ocupados por lideranças femininas.

Governo do Distrito Federal vai demolir e reconstruir viaduto do Eixão Sul que desabou em fevereiro. O anúncio foi feito hoje, pelo secretário da Casa Civil, Sergio Sampaio, acompanhado do diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem do DF, Márcio Buzar, e do presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital, Júlio Menengotto.Além do viaduto, serão revitalizadas as áreas inferiores, onde fica a Galeria dos Estados.A licitação pública para escolher o consórcio responsável pelas obras deverá ser publicada até o início de junho.

Valter Casimiro Silveira, atual diretor-geral do DNIT, vai assumir o Ministério dos Transportes, no lugar de Maurício Quintella, que entregou hoje a carta de demissão ao presidente Michel Temer. Quintella pediu para que sua exoneração ocorresse somente amanhã (29), após a cerimônia de inauguração do novo aeroporto de Vitória, no Espírito Santo. Valter Casimiro Silveira foi indicado pelo PR.

Vocalista Bruno Cardoso deixa o Sorriso Maroto. O cantor foi diagnosticado com miocardite, uma inflamação na camada muscular do coração, e precisa ficar em repouso absoluto por recomendações médicas expressas. Bruno também está com pneumonia. Enquanto Bruno cuida da saúde, Thiago Martins, Dilsinho e Mumuzinho, serão os responsáveis pelo repertório do Sorriso Maroto. Nas redes sociais, Bruno desabafou sobre a situação e disse que Thiago Martins, Dilsinho e Mumuzinho irão substituí-lo muito bem nos shows.

Gisele Bündchen diz que as agências têm uma parcela de culpa pelo assédio ocorrido no mundo da moda. A declaração foi feita ontem em entrevista ao The Wall Street Journal. A defensora fervorosa a favor do meio ambiente e dos direitos das mulheres declarou:"Se existe alguém responsável pelas modelos, são os agentes", opina Gisele. "Como você espera que uma menina como eu, que saí do Brasil para ir morar em Nova York aos 16 anos, saiba o que acontece? Não conhecia nenhuma dessas pessoas, não tinha ideia. Mas os agentes trabalham com isso há 20 anos, eles sabem."

 
Coluna Bernadete Alves - dia 27/03/2018

OAB/DF entrega medalha Myrthes Campos em noite de emoção

O Conselho Pleno da OAB/DF entregou na noite de ontem, a medalha Myrthes Campos, a mais alta comenda da advocacia, a doze personalidades, como reconhecimento aos relevantes serviços prestados à Justiça e ao Direito. Myrthes Gomes de Campos foi a primeira mulher a exercer a advocacia no Brasil e a medalha representa a luta e o talento das mulheres da advocacia. A condecoração foi criada, em 2016, pela Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Distrito Federal em homenagem a ousadia e o pioneirismo da advogada Myrthes Gomes de Campos.

As homenageadas da edição de 2018 foram: a advogada-geral da União, ministra Grace Mendonça; a ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luciana Lóssio; a desembargadora Federal, Maria do Carmo Cardoso; a juíza do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) Rejane Jungbluth Suxberger; a delegada da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher, Sandra Gomes; as advogadas Maricí Giannico, Maria Claudia Araujo, Ana Ribas, Saba Macedo (representada pelo filho Alexandre Macedo); a co-fundadora do Sabin, Janete Vaz (representada por Lidia Abdalla, presidente executiva do Sabin); o assessor legislativo da Câmara dos Deputados, Claudio Lima e a professora Maria Cristina Barreiros.

O presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto, enalteceu as qualidades das mulheres no exercício da advocacia. “Os números mostram que as mulheres formam um verdadeiro exército no mundo jurídico. Com características intelectuais e de personalidade diferentes, as mulheres trazem perspectivas diferentes para a análise dos fatos. Aqui na OAB/DF, a Casa da democracia, o lugar da mulher é onde ela quiser”, declarou Costa Couto.

Juliano Costa Couto disse que a participação feminina na advocacia ajuda a combater os estereótipos na sociedade, mostrando que os tribunais não são lugar exclusivo de homens. As mulheres exercem a missão de forma honesta, com independência, autonomia e coragem. “É com alegria que o sistema OAB se esforça para ter cada vez mais a representação significativa de mulheres nos nossos quadros”, declarou o presidente.

As agraciadas com a medalha Myrthes Gomes de Campos receberam flores dos integrantes da mesa do presidente, Juliano Costa Couto; da vice-presidente, Daniela Teixeira; do secretário-geral adjunto, Cleber Lopes; do diretor-tesoureiro, Antonio Alves; do conselheiro federal e diretor da OAB nacional, Ibaneis Rocha; do conselheiro federal, Severino Cajazeiras; do secretário-geral da CAADF, Maximiliam Patriota; do diretor-tesoureiro da CAADF, Marcelo Lucas; da diretoria da Comissão da Mulher Advogada, a presidente, Cristina Alves Tubino; da vice-presidente, Thayrane da Silva; da presidente da Comissão Especial de Combate à Violência Familiar da OAB/DF, Lucia Bessa; e da diretora executiva da Associação Brasileira de Advogadas (ABRA), Deirdre Neiva.

A advogada-geral da União, ministra Grace Mendonça, ao receber a medalha, disse que Myrthes fez do não a força motivadora para romper barreiras e abrir portas. “Ela esteve a frente de seu tempo e nós temos que agradecê-la. Recebo essa medalha em nome de todas as mulheres que vivem sob o jugo da exclusão. Rogo para que elas também transformem o não em sim, como fez Myrthes Campos”, disse.

A ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luciana Lóssio, agradeceu a OAB por homenagear a inclusão da força feminina no Judiciário. “No universo judiciário, as mulheres vêm ampliando seus espaços , especialmente as advogadas, a exemplo da pioneira causídica Myrthes Campos que, em 1910 requereu com base na Constituição Federal o alistamento eleitoral, naquela época ainda negado às mulheres, a demonstrar um legado de ousadia e relevante contribuição social que as advogadas têm deixado ao País.

A desembargadora Federal Maria do Carmo Cardoso lembrou que ao longo das décadas, as mulheres obtiveram muitas conquistas, como o aumento do número de postos no mercado de trabalho, nos bancos acadêmicos, nas lideranças de empresas e no poder público. No entanto, a batalha por igualdade de gênero e direitos para as mulheres ainda não chegou ao fim. “Precisamos assumir mais postos de comando. Os avanços foram muito, mas temos que crescer muito mais. Competência e determinação temos de sobra”,declarou a desembargadora.

Cristina Alves Tubino, presidente da Comissão da Mulher Advogada e conselheira seccional, foi a relatora do processo na sessão do Conselho Pleno. Ela falou sobre a escolha da medalha batizada de Myrthes Gomes de Campos e sobre o trabalho realizado pelos homenageados em prol da coletividade. Após refletir sobre a trajetória de Myrthes no ingresso da política, Cristina enfatizou que “todas as vezes que tentarem calar nossa voz ou nos despertarem a vontade de desistir, olhemos para histórias como a dela e sigamos em frente”.

“A diretoria da OAB e a Comissão da Mulher Advogada recebem com muita honra essas grandes juristas que são exemplos e inspiração para todas nós mulheres advogadas”, declarou Cristina ao entregar a medalha a uma das personalidades homenageadas de 2018. A honraria também foi entregue pela vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/DF, Thayrane da Silva; pela conselheira e presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB/DF, Maria Dionne; pelo presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto; pela presidente da Comissão Especial de Combate à Violência Familiar da OAB/DF, Lucia Bessa; pelo secretário-geral adjunto da OAB/DF, Cleber Lopes; pelo diretor-tesoureiro da Caixa de Assistência dos Advogados, Marcelo Lucas, pelo conselheiro da OAB/DF, Ronald Barbosa; pela conselheira e presidente da Comissão de Direito das Famílias da OAB/DF, Liliana Marquez; pela conselheira seccional, Cristiane Damasceno; pela vice-presidente da OAB/DF, Daniela Teixeira; e pelo diretor-tesoureiro, Antonio Alves.

O advogado Antonio Alves Filho, tesoureiro-geral da OAB/DF, entregou a medalha para Ana Maria Ribas, a primeira advogada a ser eleita diretora da OAB/DF e Conselheira Federal da OAB. Antonio Alves falou que a pioneira é uma “protagonista feminina forte que orgulha a classe”. E disse do orgulho de estar ali homenageando o pioneirismo, a força e a capacidade de trabalho das mulheres em todas as atividades.

O ex-presidente da OAB/DF,Ibaneis Rocha, diretor da OAB Nacional, lembrou que em sua gestão instituiu o mínimo de 30% de mulheres em todas as Comissões e incentivou o ingresso e a participação delas na Casa. “Este ato contribuiu para que o Conselho Federal criasse a sua própria cota de gênero”. O conselheiro federal disse a Seccional do Distrito Federal trabalha para a inclusão de mulheres nos quadros da Ordem. “Nós não queremos uma cota fictícia, nós queremos que as mulheres ocupem os lugares que desejarem na instituição”, declarou Ibaneis.

A vice-presidente da Seccional, Daniela Teixeira, parabenizou os homenageados e disse estar emocionada com a cerimônia. “Com o exemplo de Myrthes, a primeira advogada do Brasil, homenageamos hoje grandes juristas que nos enchem de orgulho e nos inspiram sempre. Uma noite feliz e de reencontros com grandes personalidades que ajudaram e ajudam as advogadas brasileiras nos dando exemplos de perseverança e busca da justiça”, declarou Daniela.

As demais personalidades falaram dos desafios e preconceitos enfrentados no inicio da empreitada. Lembraram da luta na busca pela paridade com os homens que foi historicamente negada. A gente sabe que a presença cada vez maior das mulheres nas profissões relacionadas ao Direito, tem diminuído a discriminação e os resquícios patriarcais em relação ao trabalho da mulher advogada. Foi uma solenidade recheada de depoimentos emocionantes, aprendizados e muitas lições de vida para as jovens advogadas.

Myrthes nasceu em Macaé, na então província do Rio de Janeiro em 1875 e, desde cedo, mostrou gosto pelo aprendizado das leis. Na época, porém, era impensável que uma mulher construísse uma possibilidade de existência fora do casamento. Sua família ficou escandalizada quando a jovem expressou o desejo de ir para a Capital, ingressar na Faculdade Livre de Ciências Jurídicas e Sociais do Rio de Janeiro e seguir a carreira de advogada. Concluiu o bacharelado em Direito em 1898 e estreou no Tribunal do Júri do Rio de Janeiro em 1899 para defender um homem acusado de ter agredido um terceiro a golpes de navalha. A defesa se transformou em fato público porque era a primeira vez que uma mulher patrocinaria uma causa judicial , o que gerou até uma crónica do escritor Arthur Azevedo. O criminalista Evaristo de Moraes referia-se a ela como "[...] pequenina e vivaz, dominando logo pela sua agudeza de espírito e a amenidade do trato".

Devido as fortes discriminações, apenas em 1906 conseguiu ingressar no quadro de sócios efetivos do Instituto dos Advogados do Brasil, que antecedeu a OAB, na condição necessária para o exercício profissional da advocacia.De 1924 até a sua aposentadoria, em 1944, exerceu o cargo de encarregada pela Jurisprudência do Tribunal de Apelação do Distrito Federal, que funcionou no antigo Palácio, de 1926 até 1946. Myrthes também se dedicou profundamente aos estudos jurídicos.Foi colunista efetiva do Jornal do Commercio, responsável pelo preparo das matérias judiciárias e assinou artigos em jornais e periódicos especializados, como a Revista do Conselho Nacional do Trabalho, a Folha do Dia e a Época, as duas últimas dirigidas pelo advogado Vicente Piragibe. Foi autora, também, de importantes obras no campo da jurisprudência.

Myrthes enfrentou preconceitos da sociedade e da própria família, mas não se intimidou. Levantou bandeiras como a do voto feminino, além de ser pioneira na luta pelos direitos femininos. A sua ousadia e determinação servem de inspiração.Cada vez mais as mulheres vêm conquistando seu espaço no mundo jurídico tanto no Brasil quanto em outras partes do mundo, como advogadas, promotoras de justiça, magistradas, ministras.

Mesmo com todo este avanço, as mulheres ainda sofrem diversos tipos de repressão tanto no âmbito profissional, quanto no moral. O contexto social e cultural, colocam homens e mulheres em dois mundos, a ponto de serem tidos como sexos opostos, e não sexos que se complementam. Por isso é necessário olhar a mulher, em relação ao Direito, a partir do conceito de gênero e não como sexo biológico propriamente dito. Vamos nos fazer respeitar por nossa qualidade de trabalho com força, foco e fé.

E como bem disse o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Distrito Federal, Juliano Costa Couto, o lugar da mulher é onde ela quiser.

Curtas

Brasilienses em Luziânia representam 23,15% do quantitativo populacional migratório. Os dados da Pmad, foram divulgados pela Codeplan nesta terça-feira e apontam que o município goiano abriga grande concentração de migrantes. Dos 199.462 moradores, 57,49% (114.669) não nasceram nela. Os mineiros somam 6,07%, os baianos 5,83% e os maranhenses 5,14%. Lucio Rennó, presidente da Codeplan, disse que a intenção é aperfeiçoar o conhecimento das regiões próximo ao DF e trabalhar uma base de dados para aprimorar o serviço e a comunicação entre as duas cidades.

A embaixada do Reino do Marrocos recebe convidadas para almoço de homenagem as ministras Cármen Lúcia Rocha, presidente do Superior Tribunal Federal, e Laurita Vaz, presidente do Superior Tribunal de Justiça. A anfitriã embaixatriz Siham Belamine junto com as integrantes do Grupo de Cônjuges dos Embaixadores Africanos em Brasília,presidido pela embaixatriz do Gabão Julie Pascale Moudoute-Bell.

Morre o youtuber Gustavo Infanger Vincentin, de 15 anos, conhecido como Crowley, de mal súbito durante uma aula de educação física ontem, no Sesi de Vinhedo. De acordo com o Jornal EPTV, Gustavo chegou a ser socorrido, mas morreu em seguida. De acordo com a entidade “o jovem não possuía nenhum tipo de impedimento para a realização das atividades físicas”.Através da hashtag #LutoCrowley, diversos internautas se mobilizaram para ajudar o canal de Gustavo a bater um grande número de inscritos.

Palácio do Buriti está com iluminação roxa desde ontem para conscientizar as pessoas sobre a epilepsia, uma doença que afete cerca de 40 mil pessoas no Distrito Federal. A epilepsia é um distúrbio em que a atividade elétrica do cérebro entra em sobrecarga sem qualquer aviso prévio, gerando momentos passados em branco e podendo chegar a crises convulsivas generalizadas com perda de consciência. O principal desafio dos doentes com epilepsia é lidar com o preconceito. A data busca desmistificar o preconceito e disseminar informações sobre uma das condições mais antigas que atingem o ser humano.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 26/03/2018

Moema Leão festeja a vida em Pirenópolis

Uma das pessoas mais queridas da sociedade de Brasília, Moema Leão, comemorou seus 72 anos, com almoço oferecido pela amiga Mércia Crema, na sua Pousada dos Pireneus, em Pirenópolis, Goiás. A festa foi no domingo dia 18 e reuniu mais de 150 pessoas de Brasília, entre familiares e amigos, como a primeira-dama de Goiás Valéria Perillo.

A decoradora Valéria Leão Bittar, filha primogênita da aniversariante, criou um jardim de flores na mesa do bolo para celebrar a mãe, sua inspiração, ao lado dos irmãos Francisco Flávio, Narcisa e Vivianne Piquet. O almoço especial de aniversário, teve apresentação das freiras da Aldeia da Paz e da banda de Brasília.

A aniversariante, ao lado do marido Celso Martins, recebeu os convidados com sua peculiar simpatia, alto astral e elegância em um belo vestido vermelho. A empresária Moema Leão é uma das responsáveis pela Casa Cor Brasília e na década de 1970 era considerada a “locomotiva da sociedade” por conta das belíssimas festas na sua Mansão dos Flamboyants.

Amiga há 40 anos e anfitriã, Mércia Crema, caprichou nos detalhes. A mesa com comidas e doces típicos de Goiás foram regados com espumantes e vinhos. O bolo de três andares, confeccionado por Maria Amélia, tinha bonequinhos feitos de açúcar em representação aos filhos, netos e bisneta da aniversariante e amigos.

Moema era só alegria, alegria contagiante! Ela merece todas as homenagens.

Curtas

Marinhas da América Latina promovem o Velas Latinoamérica no RJ para fortalecer os laços de amizade entre as diferentes marinhas e a população dos países e portos visitados. O encontro é realizado a cada quatro anos com navios veleiros estrangeiros, como o espanhol Juán Sebastián de Elcano, e o navio veleiro brasileiro Cisne Branco. De hoje até sábado (31), os navios ficam atracados entre os armazéns 1 e 7 do Cais do Píer Mauá e estarão abertos para visitação pública gratuita.

OAB/DF outorga medalha Myrthes Campos, a mais alta comenda da advocacia, para mulheres que prestaram relevantes serviços à Justiça e ao Direito. Dentre as homenageadas desta noite, as ministras Grace Mendonça da AGU, e Luciana Lóssio do TSE, desembargadora Maria do Carmo Cardoso, Juiza Rejane Jungbluth Sexberger, delegada Sandra Gomes, professora Maria Christina Barreiros e a empresária Janete Vaz, diretora do Sabin. A iniciativa é da Comissão da Mulher Advogada.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 25/03/2018

Embaixada da Grécia comemora Data Nacional com tradições

A Grécia comemora hoje a sua data nacional. A independência da República Helênica foi instaurada no dia 25 de março de 1821.O fato histórico é lembrado como feriado nacional na Grécia e festejado pelos gregos presentes nos quatro cantos do mundo, inclusive no Brasil.

Em Brasília o embaixador Ioannis Pediotis recebeu cerca de 500 convidados no dia 23, na sede da representação do país europeu no Brasil para celebrar a data nacional da Grécia com a execução dos hinos nacional do Brasil e da Grécia pela banda do Corpo de Bombeiros.

O hino nacional da Grécia e de Chipre foi extraído de um longo poema de 158 estrofes, todavia somente as duas primeiras são parte oficial da composição musical. O texto foi escrito por Dyonísios Solomós e musicado por Nikolaos Mantzaros, tendo sido oficialmente adotado em 1864. Trata-se duma ode à liberdade alcançada em 1821, após séculos de domínio otomano.

O embaixador Ioannis Pediotis ao lado de Aliki Pappas, saudou os convidados e falou da importância do 25 de março para os gregos e da luta do povo para se tornar independente do poderoso Império Otomano, hoje Turquia. Ioannis lembrou da imigração grega no Brasil quando os primeiros chegaram aqui entre 1900 e 1910, em Florianópolis. “Eram apenas 60. A imigração aconteceu mais fortemente depois da Segunda Guerra e principalmente no início da década de 1950, quando a Grécia se encontrava desestruturada após uma guerra civil entre comunistas e monarquistas”. Hoje existem cerca de 50 mil gregos no Brasil.

Além da representação diplomática em Brasília, a Grécia tem consulado em São Paulo e Rio de Janeiro. O embaixador falou da importância das relações bilaterais entre Brasil e Grécia e da sólida amizade entre os dois países. Pediotis disse que nos últimos 10 anos a aproximação foi intensa com a visita de uma delegação parlamentar brasileira na Grécia e uma “visita recíproca” por uma delegação parlamentar grega, uma reunião entre os dois Ministros das Relações Exteriores e a visita do primeiro-ministro grego.

Os imigrantes deixaram para trás a pátria, mas não as tradições, mantidas pela maioria. O embaixador fez um brinde as tradições e à amizade entre Grécia e Brasil. Em seguida jovens da comunidade grega em Brasília apresentaram a dança tradicional da nação europeia. Quem ama a Grécia ou que já teve a oportunidade de conhecer aquele maravilhoso país, sabe que a dança sempre desempenhou um papel importante na vida dos gregos.

A Grécia é um dos poucos países do mundo onde as danças populares são praticadas hoje com o mesmo entusiasmo com que eram antigamente. A dança é uma das mais elevadas formas de arte. Celebra a vida, expressa sentimentos, e supera até depressão.

Platão e Sócrates diziam que todo homem culto deveria saber dançar com desenvoltura, já que o exercício mantém o corpo forte e preparado para cumprir seu dever no campo de batalha. Por isso que a dança tradicional é transmitida de geração em geração e, desta forma mantém-se a identidade nacional.

Além da culinária e dos vinhos gregos, da dança típica, os gregos expressam sua alegria de uma forma bem peculiar: jogar pratos no chão para quebrá-los. Este tradicional modo de expressar a felicidade foi sendo ampliado a diferentes comemorações como data nacional, aniversário, casamento e reuniões familiares. A quebra de pratos, feitos de gesso, é uma prática que acompanha a população há milhares de anos e além de expressar alegria também representa desapego das coisas mundanas. Os gregos antigos acreditavam que o barulho afastava os maus espíritos.

Os gregos também têm o hábito de comemorar o dia do santo ao qual devem o seu nome. Quem tem nome de um santo da Igreja Católica festeja o seu dia e na data recebe a visita de amigos e familiares e ganha presentes. Para os gregos o dia do santo é tão importante quanto a data de nascimento.

Os Gregos do Brasil têm mantido, na medida do possível, os seus ritos e costumes, das Comunidades Helênicas que existem em várias cidades, como Brasília, São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Florianópolis, Porto Alegre, Vitória, dentre outras. Essas Comunidades mantêm uma Igreja Grega Ortodoxa, onde os membros se reúnem e celebram as datas cívicas e religiosas mais importantes. Dos membros da Comunidade Helênica de Brasília muitos são aqueles que chegaram junto com os primeiros pioneiros da nova Capital.

A bandeira da Grécia baseia-se em nove listras horizontais iguais de azul que alternam com branco. Existe um quadrado azul no canto superior da tralha, designado por cantão, que contém uma cruz branca. A cruz simboliza a ortodoxia grega, a religião tradicional do país, e cada uma das nove listras corresponde a uma sílaba da frase "Liberdade ou Morte" Elutheria i Tanatos. O azul claro remete à pureza do céu na região mediterrânea e o branco significa a libertação da tirania turca. O esquema de cores de azul e branco foi pela primeira vez usado na década de 1820, mas a forma atual só foi adotada como bandeira nacional em 1978.

A recepção organizada pela competente Irany Poubel, reuniu embaixadores de vários países, comunidade grega no Brasil, parlamentares, sociedade de Brasília e jornalistas. Uma noite de aprendizado na companhia de pessoas especiais.

Curtas

Zoológico de Brasília perde girafa Yvelise devido a uma obstrução no cólon que levou a uma necrose. A equipe veterinária considerou “fatalidade” a morte da girafa. “Mamíferos ruminantes estão sujeitos a esse tipo de alteração no sistema digestório, que muitas vezes não permite tempo para uma intervenção, e compete à equipe veterinária ser ágil e resoluta”, destacou o comunicado da Fundação Zoológico de Brasília.

O engenheiro Martín Vizcarra Cornejo assumiu o Peru e prometeu defender “a integridade física e moral do Estado e a independência das instituições democráticas”. O primeiro vice-presidente assumiu o cargo em substituição ao ex-banqueiro de investimentos Pedro Pablo Kuczynski que renunciou depois de um processo de perda de poder político. O ex-governador regional de Moquegua disse que é hora de dizer basta ao período de “perturbação institucional. O que aconteceu deve ser o ponto final de uma política de ódio e confrontação, e devemos apontar objetivos claros para o Peru”, exigiu ao Parlamento.

Guto Jabour inaugurou a Wine’n Music no Iguatemi Brasília. O lançamento ocorreu no dia 22 com coquetel do buffet Sweet Cake e bebidas da GB Vinhos. Os 80 convidados foram brindados com apresentação do cantor Thiago Saty. A loja é o principal ponto de venda dos ingressos da festa Wine’n Music, que vai movimentar Brasília no dia 11 de maio, no Centro Internacional de Convenções do Brasil – CICB.

Embaixador Raul de Taunay lança em Brasília seu nono livro, “A Lucidez da Lenda: Um Ensaio Sobre o Futuro”. O Embaixador do Brasil na República do Congo, recebe convidados no dia 26 de abril, às 19 horas, na Biblioteca Nacional. Em seu novo romance, o bisneto do Visconde de Taunay, aposta em uma trama épica e futurista, na qual uma jovem ribeirinha luta contra a destruição da Amazônia. O autor lançou o primeiro livro em 1972.

 
Coluna Bernadete Alves - dia 24/03/2018

Todos juntos contra a Tuberculose

No Dia Mundial de Combate à Tuberculose o Ministério da Saúde conscientiza as pessoas, por meio da Campanha Tuberculose Tem Cura, a procurarem unidades de saúde para o diagnóstico, e o tratamento completo para atingir a cura. Para tanto um novo medicamento para tratar a doença deve chegar à rede pública de saúde em maio. Trata-se de nova apresentação do medicamento isoniazida, de 300 miligramas (mg), que permitirá a substituição de três comprimidos por apenas um. A expectativa é que a mudança garanta mais conforto aos pacientes.

O secretário de Vigilância em Saúde, Adeilson Cavalcante, diz que foram adquiridas 5 mil caixas do remédio, que correspondem a 2,5 milhões de comprimidos. Para o acompanhamento da implantação da isoniazida 300 mg, será financiada uma pesquisa desenvolvida pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Os estudos terão apoio de pesquisadores externos nos estados do Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e no Distrito Federal, que receberão, inicialmente, o medicamento.

“Nosso objetivo é garantir o que há de mais inovador no tratamento da doença. Estamos investindo na cura, mas precisamos garantir que o paciente inicie e conclua o tratamento. Com a nova apresentação, vamos facilitar a vida do paciente que precisará tomar apenas um comprimido por dia”, declara Adeilson Cavalcante.

A tuberculose é uma doença causada pela bactéria Bacilo de Koch (BK) que, geralmente, afeta os pulmões, mas que pode afetar qualquer outra área do corpo, como os ossos, intestino ou bexiga. A doença causa sintomas como cansaço, falta de apetite, suores ou febre, falta de apetite e mal-estar geral, mas de acordo com o órgão afetado, pode ainda causar outros sintomas específicos como tosse com sangue ou perda de sangue.

A tuberculose é considerada pelo Ministério da Saúde uma doença extremamente contagiosa, pois na maioria dos casos, é transmitida pelas vias aéreas por meio da inalação de partículas contaminadas através da tosse, fala ou espirro do paciente com a doença. Qualquer pessoa que tenha tosse por três semanas ou mais deve ser investigada para a tuberculose. O sangue no escarro ocorre em fases mais tardias da doença e pode estar relacionada a complicações.

O tratamento para a tuberculose é gratuito e, geralmente, é feito com a dose diária de comprimidos para combater o bacilo e inclui o uso de antibióticos, como Rifampicina ou Isoniazida por exemplo, durante 6 meses. Porém, o tratamento pode demorar 2 anos ou mais, se não for seguido corretamente, ou se for uma tuberculose multirresistente, por exemplo.

Todos juntos contra a tuberculose!

A brasileira Havaianas estampa carros da Force India

O halo dos carros da equipe Force India, exibe em 2018 a brasileira de chinelos Havaianas. A marca será usada em corridas selecionadas e terá início já no primeiro GP do ano, na Austrália. A expectativa é de que a parceria apareça também nas competições europeias e claro, no Brasil, a penúltima da temporada.

Márcio Utsch, diretor-executivo da Alpargatas, dona da marca Havaianas, disse que é uma grande notícia para as Havaianas. " Nós queremos trazer nossa diversão e vibração positiva para a F1 e a oportunidade apresentada pela Force India realmente chamou nossa atenção. Nas Havaianas , nós nos orgulhamos de ouvir os fãs da nossa marca, e nos últimos meses nós vimos muita gente associar nossos chinelos com o novo halo nas redes sociais”, afirmou Utsch.

Otmar Szafnauer, diretor de operações da Force India, disse em comunicado que a equipe sempre foi aventureira em marketing e, que depois de apresentar a decoração rosa em 2017, espera que a parceria com a Havaianas atraia todos os fãs de Fórmula 1 amantes de diversão em 2018. “Nós estamos muito felizes em trazer a Havaianas para dentro da F1 . Onde melhor que o halo para carregar o famoso logo da Havaianas? É uma jogada inteligente da marca brasileira, que vai trazer um toque de praia ao paddock durante a temporada”.

Curtas

Boletos vencidos acima de R$ 800 poderão ser pagos em qualquer banco a partir de hoje. A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos. A partir de 26 de maio, serão permitidos os boletos acima de R$ 400 e a expectativa é que até setembro deste ano o processo seja concluído. O sistema de boleto de pagamento anterior foi criado em 1993 com o início do procedimento de compensação eletrônica. Após 25 anos, a avaliação do setor bancário é que ele precisava ser modernizado.

Antonio Carlos Drummond, ex-diretor de jornalismo da TV Globo em Brasília, conhecido como Toninho Drummond, morreu neste sábado, aos 82 anos, após falência múltipla de órgãos. O mineiro Araxá dirigiu a sucursal da emissora na capital federal durante 25 anos até se aposentar, em 2012. Casado com a portuguesa Palmira residia em Brasília e Portugal. Deixa os filhos Antonio Carlos Drummond Filho, João Cláudio, Anna Luisa e o genro Elsinho Cascão e os netos João Felipe, Maria Luisa e Maria Clara. Uma perda para o jornalismo brasileiro. Nossa solidariedade a família e amigos.

Cães influenciadores digitais é o mais novo meme do Twitter. Nos últimos tempos as pessoas descobriram como fazer sucesso usando apenas o poder das redes sociais para se tornar ‘celebridade’. Surgiram então os influenciadores digitais. Apesar da fama, os internautas gostam de brincar e zoar deles de vez em quando, e a mais nova ideia foi usar os animais para isso. Com o auxílio de fotos, os pets foram descritos a partir de esteriótipos de pessoas e se tornaram os novos influenciadores digitais.

Lucélia Santos está de volta a TV depois de 11 anos longe de gravações. A famosa atriz que ficou conhecida no mundo inteiro como a escrava Isaura, fará o papel de uma secretaria debochada e disposta a tudo para se dar bem. No seriado para TV paga Lucélia vai contracenar com a célebre chacrete Rita Cadillac.

Governo iniciou vistoria em todos os viadutos do centro de Brasília. A análise das estruturas está sendo feita pela Novacap e deve durar 15 dias. O presidente Júlio Menegotto disse que uma das preocupações é com os parapeitos no Eixão. “É uma estrutura pesada e se passar um veículo e bater pode cair. Por isso estamos fazendo uma minuciosa verificação e se necessário faremos a substituição”, declarou Menegotto.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 3 de 240
RocketTheme Joomla Templates